Resenha " O Medo de Virgilia"


                                        

                                                                  Classificação
                                                         
                                                             Informações do livro.  
                                                          Título: O medo de Virgília
                                                             Autor/a: Rosa Mattos
                                                              Editora: Selo Jovem
                                      Genêro: Literatura nacional/ Drama e Romance.  
                                                          ISBN:9788566701265
                                                                Skoob
                                      Livro enviado para resenha em parceria autora.

Oi amigos tudo bem, mês de fevereiro na reta final, e top comentarista chegando ao fim, participem comentando em todos os post para ficar entre os finalistas, mês de março já tenho uma surpresa para o top aguardem!


Em parceria com a autora Rosa Mattos recebi o segundo romance escrito por ela " O medo de Virgília", e mais uma vez li uma história bem estruturada pela autora, com muitas reviravoltas e situações sinistras que rondam os personagens.

Virgília é uma pessoa simples que em comparação a sua família problemática ela tenta se manter sã diante de tudo que ela vai vivenciar em sua vida, ela vive sozinha em seu apartamento em Porto Alegre que foi herdado pela sua mãe quando sua tia Celina morre acidentalmente após a discussão com seu namorado Bernardo que vira a vida dela para o ar.

Sua famíllia, a mãe principalmente dependia dela financeiramente chegando ao nivél totalmente da falta de noção, ela não tinha como sequer negar ajuda quando ela ligava e somente a comunicava suas decisões e situações cabulosas. Ela consegue um bom emprego em uma Joalheria Luc Prado como gerente e está muito entusiasmada para iniciar suas funções e enfim ter sua vida em ordem novamente. Sua vida sentimental também não estava nos eixos, Leo depois de um ano e meio termina com ela de maneira repentina e por telefone, ela ficou mais ainda deprimida ao saber que Leo e Clara sua amiga, quer dizer sua ex amiga, estavam juntos e foi o motivo da separação.

Ao iniciar no seu trabalho, a sua adaptação é rápida e logo se familiariza com todos os procedimentos necessários, e assim ela conhece Alex que é entregador de joias da loja e logo sentem uma atração irresistivél, Alex esconde um lado obscuro paranormal e diferente que fará parte desta trama, algo que irá envolver vários personagens que a autora Rosa Mattos teve o cuidado de descrever de forma breve como cada um era em seu íntimo e entrelaçando ao final da história.

Sua maior preocupação era com sua irmã que era mantida internada em um hospital psiquiátrico após tentar matá-la sem saber o motivo do surto, isso a deixava profundamente triste, mesmo visitando sua irmã frequentemente seu quadro não evoluia para algo bom, e o ódio que nutria por Virgília era nítido.

Imagina uma pessoa como Virgília onde sua mãe era totalmente sem noção no quesito depositar todos os problemas da vida em seus ombros, um pai ausente que esconde um segredo da família a anos, o tio Emeliano que tinha medo de tudo, uma irmã com graves problemas mentais e um irmão ladrão que vai morar com sua esposa e filhos em seu apartamento. Eu já tinha caido fora kkkk.

A trama é narrada em primeira pessoa pela Virgília, onde ela relata todo seu dilema, o livro é curto mas Rosa intercala os capítulos para descrever os personagens secundários, que envolve, roubo, mortes, traições, e que no final tudo se encaixa! A história em si é bem interessante, mesmo com tudo de ruim que acontece, tem o romance entre Virgília e Alex para equilibrar a história. 

Mas parece que nada de bom ronda Virgília, ela literalmente tem o dom de se envolver com pessoas problemáticas e sinistras, achei ela muito permissiva e conformada demais, em vários momentos tive vontade de dar um sacode nessa personagem, ela não tem uma personalidade forte que impede que outras pessoas possa tratá-la com devido respeito, tornando submissa de várias situações e segredos. Mas o final é algo bom no livro que deixa menos mórbido todas as situações, todas os personagens envolvidos tem seu desfecho conclusivo bom ou ruim, o livro se passa de forma rápida, e a narrativa da autora ajuda para instigar a curiosidade.

Uma única coisa que não me agradou foi a formatação do livro feita pela Editora Selo Jovem, algumas páginas pude reparar que as fontes eram diminuidas em certos parágrafos, e alguns erros na revisão do mesmo, conversei com a autora sobre esses pontos e ela me esclareceu que todas essas falhas foram devidamente restauradas para nova edição. Acho importante que a editora tenha cuidado com as obras de todos os autores pois isso reflete muito na conquista dos leitores.

Eu ja havia lido outra obra de Rosa Mattos e a escrita dela é bem sólida e ela solta a imaginação para criar situações bem interessantes, então eu me surpreendi mais uma vez com essa publicação de forma muito positiva e espero que ela nos traga mais história do genêro.





                      


Resenha "Fangril"




Classificação

Informações do livro
Titulo: Fangirl 
Autor/a: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Gênero: Ficção Juvenil
Livro resenhado colaboradora Flavia Gonçalves.

Oi! Tudo bem??

Bom, a resenha de hoje é sobre um livro que me chamou a atenção não pela capa (que é linda), não pela sinopse e sim pela autora.
Bom, conheci este livro através do outro livro da autora, que é o Eleanor & Park que me encantou profundamente.

A autora nos apresenta Cath, uma verdadeira nerd, que é fã da famosa saga Simon Snow, e quando eu digo fã é até sei lá um elogio... Ela é tão fanática pela série que escreve uma Fanfiction muito famosa sobre a mesma.

O livro se passa em uma fase de mudanças para a nossa protagonista, que é a ida dela para a faculdade. O que era para ser um momento de euforia acaba não sendo primeiro pelo fato da nossa personagem não ser do tipo eufórica e segundo, pois a sua irmã gêmea Wren decide não ficar no mesmo alojamento que ela. O que para ela parece ser o fim da picada pois está acostumada a compartilhar tudo com ela, até mesmo sua paixão por Simon Snow.

Cath enfrenta uma certa dificuldade de adaptação por ser uma pessoa mais reclusa, mas encontra com sua colega de quarto Reagan e seu amigo inseparável Levi as pessoas a fazem sair da sua zona de conforto.

Ao longo do livro vamos acompanhar toda a evolução da personagem, acompanhar os seus dramas e entender um pouquinho da personalidade dela. Porque vamos e covenhamos ela é uma menina bem difícil de lidar, sistemática ao extremo e totalmente fechada.
Ela criou um mundo somente seu que incluía apenas ela, sua irmã e seu pai, e cair na realidade foi uma tarefa difícil.

Eu achei o livro bem aquém das minhas expectativas, depois de ler Eleanor & Parker eu pensei que todos os livros delas seriam maravilhosos, e sinceramente, eu pulei todas as partes da fanfic do Simon e Snow, pois sinceramente para mim não existia coisa mais entediante.

Aí você vai pensar Nossa então o livro é ruim..  Bom,  não é o melhor livro do mundo mas, tem muitas partes legais, para mim Reagan e o Levi definitivamente salvaram toda a estória, e é claro que ao descobrir a paixão nossa personagem vai melhorar um pouquinho.

E como eu disse acima, ao descobrir um pouco mais da estaria da personagem, poderemos entender um pouco mais sobre o motivo dela ter criado este mundo particular.

Bom, eu recomendo a leitura, mas com ressalvas. Eu acredito que para ler este livro você terá que dar uma baixada nas suas expectativas, e deixar o livro te surpreender (ou não como no meu caso).
Espero que vocês tenham gostado da resenha! Escrevam nos comentários a opinião de vocês! Ah não se esqueçam de me seguir nas redes sociais!


Facebook: Flávia Gonçalves

Twitter: @AlinneGon

Instagram: alinnegon

Resenhado por:





"Resenha "O Maravilhoso Mágico de Oz"


Classificação


Informações do livro
Título: O Maravilhoso Mágico de Oz
Autor/a: L. Frank Baum
Editora: Vermelho Marinho
Gênero: Literatura internacional/ Fantasia
ISBN: 9788582650196
Livro enviado para resenha em parceria editora.


Olá pessoal tudo bem, como foi o fim de semana de vocês? Eu fiquei de molho em casa por conta de uma gripe que me derrubou, mas estava em companhia dos meus livros que foi muito bom!

Para iniciar a resenha de hoje quero ressaltar o quanto é bom lembrar da infância através dos livros, e esse com certeza trouxe para mim boas lembranças, comecei a ler bem pequena aos 5 anos já iniciava meu gosto pela leitura, essa história dentre outras foram as que mais me marcaram, a fantasia tem o dom de mexer com a imaginação.

A clássica história do Mágico de Oz foi traduzida com todo cuidado pela Carol Chiovatto adaptando a leitura para as crianças de hoje, e realmente a fácil compreensão da narrativa e nomes citados não houve dificuldade.

Dorothy é uma menina órfã que mora com os tios Em e Henry no Kansas, junto totó seu cãozinho inseparável e fofo, todos levam uma vida modesta e tudo muito sem cor, assim foi definido por Dorothy, um cenário triste e mórbido.


E após um ciclone inesperado onde a casa onde eles viviam é arrancada do chão e levado pelos ares, Dorothy é levado para Terra desconhecida de OZ, onde as cores e a beleza são uma surpresa. Logo ela é recebida pelos habitantes desse lugar que ficam gratos com a morte da Bruxa Má do Leste, a casa aterriza acidentalmente em cima dela, libertando o povo da escravidão. E por esse grande feito ela é presenteada pela Bruxa Boa do Norte, com os sapatos de prata da Bruxa Má que contém uma mágica muito poderosa que ela desconhece, e pelo beijo que irá protege-la de qualquer perigo.

E assim começa a grande aventura de Dorothy pelo mundo de OZ e seus encantos e perigos, para tentar voltar para sua família no Kansas. Homem de lata, Espantalho e Leão covarde são os companheiros dessa linda aventura, onde Dorothy aprende os valores de amizade, coragem e inteligência e amadurece muito sua maneira de pensar e como lidar em certas situações.

Os personagens como Homem de lata que quer muito um coração de verdade, Espantalho que quer um cérebro, e o Leão que quer coragem, passam por situações que eles descobrem dentro de si todas essas qualidades, e Dorothy que também está em busco do Grande Terrível Oz para retornar para o Kansas, passa por situações onde sua ingenuidade é amadurecida.

Mostra também como o grande OZ para quem conhece a história que todos na vida pode errar e fazer desse erro um aprendizado, e mostrar as pessoas que é possível mudar.

É uma história de fantasia que traz a mensagem muito linda e união entre pessoas e espécies diferente, onde todos se encaixam sem diferenças, cada um com seu propósito e objetivo.
 O formato laçando pelo editora Vermelho Marinho é compacta, ilustrada e cativante, um ótimo livro para presentear crianças a partir de 7 anos que já conseguem compreender vocabulário e palavras inseridas na história, assim como a Carol informa na nota da tradutora ela escolheu não traduzir os nomes dos povos de Oz pois a tradução não faria sentido, e na minha opinião achei muito válido essa observação, pois hoje em dia vemos muito programas de desenhos animados onde as pronuncias de seus personagens são super apelativas, e no livro as palavras não traduzidas foram colocadas de forma bem simples.

Eu li esse livro com a Bella, demorei um pouco mais para ler, por que a todo momento a curiosidade sobre certa situação era perguntando por ela, mas mesmo assim foi uma leitura super agradável e proveitosa! Recomendo a todos!




Press Play "Sexta Romântica"



Oi amigos tudo bem!

No Press Play de hoje vocês verão algumas das músicas que escuto para embalar um romance, um dos meus gêneros favoritos, eu choro, sofro e fico pensando em tudo que o livro transmite, recentemente li O Lago Místico de Kristin Hanna e vou confessar essa autora gosta de um drama, chorei nesse livro kkkkk Manteiga derretida a parte outro livro que está mechendo comigo é o Entre o Amor e o Silêncio de Babi A Sette muito bom por sinal!

Mas antes de vocês ouvirem as músicas quero que antes mentalmente escolham um número, e vejam qual música é e me contem nos comentários o que achou e se combinou com seu atual momento e digam que livros estão lendo e qual música mais combina, ok!
Algumas são antigas, e eu curto muito rock e música internacional, amo traduzi-las!

Então vamos lá...

1- James Morrison ft Nelly Furtado - Broken Srrings




2- Evanescence - My Immortal




3- Pearl Jam - Sirens ( Eu amo essa banda, eles sempre estarão aqui)




4- Bush - Letting The Cables Sleep



5- The Smashing Pumpkins -1979













Resenha "Morra por mim"


Classificação


Informações do livro
Título: Morra por mim Vol.1
Autor/a: Amy Plum
Editora: Farol Literário
Gênero:Literatura Internacional/ Young Adult- Sobrenatural
Skoob
ISBN:9788562525940
Meta de leitura 2015


Oi genteeeee, sumi no feriado né, mas calma estou de volta! Bom antes de tudo queria informar que as postagens do LJI serão apenas de segunda á sexta, finais de semana serão exclusivos para passear, distrair e curtir tudo que há de bom! E mais um recado, top comentarista de fevereiro vale até o dia 
28/02 ás 23:59, comentários após 00:00 do dia 01/03 não serão aceitos e participante desclassificado
fiquem atentos e não se esqueçam de ativar a participação no post do Top, ok!


Na resenha de hoje tive uma surpresa inesperada á respeito de Morra por mim, comprei ele na bienal
do livro no rio em 2013 por que minha amiga Patty do Coração de Tinta pediu para eu comprar para 
ela, e logo me apaixonei pela capa, até me lembro de pessoas me perguntando sobre ele, mas a questão é que deixei ele de lado na estante, e depois lançou o segundo que comprei na bienal de
sampa 2014.


Porém a leitura só aconteceu em 2015, isso mesmo demorei todo esse tempo para descobrir enfim 
que a história é maravilhosa e diferente, e que me conquistou de todas as formas! Li os dois na
sequência, mas a resenha será do primeiro volume, estou ansiosa pelo último da trilogia, a editora informou que em breve ele será lançado!!!


A história começa apresentando Katie uma adolescente de 16 anos que perde seus pais repentinamente, ela e sua irmã Georgia sai dos Estados Unidos e vão morar com seus avós paternos 
na França na esperança de seguir suas vidas e superar esse trauma, cada um delas tinha um modo de lidar com tudo isso, Katie preferiu ficar reclusa em casa com seus livros e romances, enquanto sua irmã se perdia nas baladas, sempre fazendo novos amigos, namorados estranhos.


As duas tinham uma amizade forte e sincera, sempre se ajudavam no que podiam e essa cumplicidade se fortaleceu ainda mais com a morte dos pais, seus avós Papy e Mamie contribuíram muito também no conforto e 
amor para a duas, tentando suprir a falta que os pais fariam em suas vidas.


O que Katie não esperava era que sua vida mudaria radicalmente. Em uma de suas tentativas 
de sair de casa e conhecer Paris, ela percorre alguns cafés com seu passatempo favorito os livros, ela encontra um lugar aconchegante para passar algumas horas perdidas em suas leituras, e 
inesperadamente Vincent um rapaz enigmático, lindo, quer dizer com uma beleza de tirar o fôlego 
assim imagino, aparece e conquista repentinamente seus pensamentos. Mas isso não acontece por acaso, e por pouco sua vida fica em perigo dentro desse café, tudo acontece muito rápido para ela discernir o que houve!

A leitura do livro narrada em primeira pessoa pela Katie é muito agradavél, aquela leitura que interage com sua imaginação, os detalhes descritos pela autora sobre Paris é uma delicía, o mistério que cerca a vida de Katie e Vicente é convincente e achei o máximo quando descobri a verdadeira identidade de Vicent, a autora explora o tema Revenants que é a verdadeira origem de Vincent de
forma clara e simples. A ação e o romance dos dois são ingredientes que não faltam nessa leitura, é 
um casal que curtir ler cada momento.

Katie é uma personagem observadora e destemida, não sossega seus pensamentos até saber todas suas suspeitas sobre Vincent, e esse fofo o que dizer, ele é apaixonante, amoroso e cria um clima de amor entre os dois. Os personagens secundários são carismáticos e tem seu papel importante na trama da história, Mamy e Papie são uma fofura de avós que mantém as netas unidas, mesmo elas tendo temperamentos totalmente diferentes, e isso que deixa a história dinâmica.


A família de Vicente é um núcleo super importante para a história, os Revenants Jean-Baptiste que é 
o líder sobrenatural da história, que lidera sua família a pulso firme e sempre se mantendo discretos na vida dos humanos. A sacada da autora para esse mistério foi o que ne conquistou, o lance sobrenatural me pegou de surpresa, quem já leu sobre, vampiros, anjos, lobisomens, zumbis vai se surpreender com a trama criada e fantasiada pela autora Amy Plum, o título Morra por
 mim, foi uma icognita até eu descobrir a verdadeira identidade de Vicente, e foi uma revelação boa!

Nesse livro você encontrará romance, ação, revelações, haverá personagens para odiar também, mas repito é uma leitura viciante, engatei o segundo livro na seqüência, e quase enfartei com o final que deixa a gente em choque e com uma dor no coração.

Farol Literário mais nova parceria do LJI, arrasou na diagramação do livro, capa, edição, que fez esse livro ser um dos meus favoritos! Ansiosa para leitura do final da trilogia!








Press Play " Cinquenta Tons de Cinza"



Oi gente tudo bem, ontem faltei no LJI por motivos de força maior kkkkk Fui assistir Cinquenta Tons de Cinza, e confesso que adorei não só o livro e agora o filme que não deixa a desejar!

Agora uma coisa que fiquei mega intrigada foi a polêmica de tantas pessoas enchendo o saco por causa do filme! Gosto não se discute certo, senão o povão não ouvi a poluição sonora que é o funk bléeeeeeee.

Vamos deixar de discussão e aproveitar a sexta, relacionei três músicas gostei do filmes 50 tons de cinza, a ordem está de preferência minha! ❤️❤️❤️

Bom final de semana a todos!!!! ��




1-Ellie Goulding ��

2-Beyonce��





3-Beyonce��




Grey��������








Você sabia? "Parceria com Editora Adonis"




Olá amigos tudo bem, estou muito feliz por mais essa conquista, e mais feliz ainda por que essa conquista merecida não foi minha! Essa nova parceria foi conquistada pela Isabella Casquet conhecida pela família e amigos como Bella, minha querida filha de 8 anos que também ama ler e resenha aqui no LJI!

Todas as resenhas da Bella são postadas na integra, eu apenas coloco no papel o que ela sentiu e compreendeu da mensagem do livro, por mais infantil que seja, pois com o tempo senti o amadurecimento das palavras e opiniões, fico muito orgulhosa com esse desenvolvimento, e foi através disso que Editora Adonis e o LJI firmamos parceria! 

Filha mamãe e papai estamos muito orgulhosos!

Vamos conhecer a Editora Adonis.
Acessem o site



Nosso jeito, nossa históriaSó há uma coisa que nos deixa mais felizes do que ajudar um livro a nascer. É fazer com que ele chegue a quem inspira o nosso jeito de ser e de fazer literatura.Desde que seja criança, nada mais importa: pode ser na idade, na alma, no coração... Mas tem que ser, de alguma forma, criança!Porque nossa literatura é movida pela pergunta curiosa que só ela é capaz de fazer. Pela entrega que só ela é capaz de oferecer. E, principalmente, pelo gesto de agradecimento, muitas vezes singelo, feito apenas com um olhar, por permitir que ela também faça parte das nossas histórias.É essa receptividade que nos move. É isso tudo que nos faz ajudar um livro a nascer.Fazemos literatura porque gostamos de fazer parte desse grandioso universo mágico de onde nascem as histórias. E de tudo o que esse mundo nos permite. Tudo!Fazemos livros para quem gosta de histórias e para que, cada vez mais, as crianças (na idade, na alma, no coração...) gostem de ler.








Resenha " Ligeiramente Casados"



Classificação


Infiormaçãoes do livro
Título: Ligeiramente Casados
Autor/a: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/ Romance de Época
ISBN: 9788580413212
Skoob
Livro enviado para resenha em parceria editora Arqueiro.


Oi amigos tudo bem, aqui tudo ótimo! Está rolando o Top Comentarista Fevereiro e estou muito feliz com todos os participantes, não esqueçam de informar a participação no post do anuncio, pois através dele saberei quem está participando!

Bem, para quem não sabe eu tenho um apreço pelos romances de época, já tinha lido alguns nos tempos da escola e agora como blogueira já defini minhas autoras favoritas, Julia Quinn que sempre leio quando lança a família Bridgertons, Lisa Kleipas que é um pouco mais picante e agora Mary Balogh com Ligeiramente Casados, eu me referi a essas autoras para associar as leituras que estou fazendo nesse momento, sei que existem outras boas autoras e futuramente quero conhecê-las.

A leitura desse livro foi tão prazeroso que fiquei triste quando chegou ao fim, o casal Eve e Aidan são cativantes, o romance que cerca essa história é desafiador em todos os sentidos, e fez com que me apaixonasse pelos dois personagens.

O drama começa quando o coronel Aidan Bedwyn recebe uma missão de ir até o Solar Ringwood e dar a péssima notícia à Eve sobre o falecimento de seu irmão Capitão Morris, e ainda ter a responsabilidade de ajudá-la no que fosse preciso, como ele mesmo disse antes de morrer " Custe o que custar".

A missão de Aidan era bem complicada na verdade, pois ele descobre que Eve com a morte prematura do irmão, iria perder toda sua herança e mais importante o Solar Ringwood onde ela morava com sua tia, e outras pessoas que ela tinha como sua família, pessoas que foram marginalizadas pela sociedade e que tiveram uma segunda chance sendo leais e amigos de Eve acima de tudo.

Os personagens inseridos nesse núcleo de Ringwoods são bem ecléticos, sua tia Mari com seu sotaque galês passará maior parte da sua vida trabalhando em uma mina de carvão, Thelma era preceptora e tinha um filho ilegítimo e foi contratada por Eve para cuidar da educação de Davy de 7 anos e Becky de 5 anos, órfãos de pai e mãe que passaram por várias situações de rejeição, e um parente em comum deixá-os com ela para cria-los, até Muffin o cachorro fiel que fora maltratado pelo antigo dono e que agora recebia o amor de Eve são todos muitos cativantes.

Sabendo disso Aidam  toma a decisão de propor um casamento de conveniência, para ajudar Eve no testamento onde o pai a obriga a casar para manter herança, tudo friamente calculado, e em menos de 4 dias estavam casados e compartilhando acontecimentos que os unirão da forma mais inusitada.

Me agradou muito a evolução de Aidam na história, sua postura austera e imponente e derrubada pela doçura e ingenuidade de Eve, mas ambos tinham suas próprias vidas e obstáculos para superar, e juntos descobrem que são capazes de fazer isso juntos.

Eve teve uma missão grande também, para ser aceita na vida de Aidam teve que ser moldada, mas nunca se curvou para os desaforos que eram dirigidos a ela, mesmo sendo romântica e cuidadosa com todos, ela tinha uma personalidade forte.

As reviravoltas no livro deixa a história ainda mais interessante, a vida simples de Eve difere com a vida da Elite de Aidam, até seu irmão o duque de Bewcastle que se mostra superior acima de qualquer pessoa, e que ainda exige que Aidam a apresente para sociedade, tem um amadurecimento muito convincente, não tem como não simpatizar com sua rispidez.

Ambos fizeram um casal harmonioso, que acabam se entregando a uma paixão avassaladora, a convivência  mostrou a eles cada defeito e qualidade que definiu de vez essa união.
A ambientação da história é o ponto chave para prender a história, onde a autora insere pequenos acontecimentos, e passeios a monumentos para dar vida ao livro.

Simplesmente esse livro me cativou em todos os sentidos, pela simplicidade da autora, pelos personagens fortes, e claro pela ótima diagramação realizada pela editora Arqueiro.

Participe do Top comentarista fevereiro que tem surpresa para os finalistas!

Bjkas




Resenha "Indo longe demais"

Classificação



Informações do Livro
Titulo: Indo longe demais
Autor/a: Tina Seskis
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Internacional/Suspense
ISBN: 9788501068224
Páginas: 302
Livro enviado em parceria Record e resenhado por Roberta Santos.


Oi, gente! Ai, que emoção! Mãe, tô no LJI!!!
Hoje estreio aqui nesse cantinho lindo que adoro com uma resenha de um livro pra lá de perturbador!
Sem mais lenga-lenga. vamos à resenha?

Emily Coleman tem uma vida perfeita e feliz. Ela tem um marido que a ama e um filho lindo e amável, entretanto, numa manhã de verão, ela vai embora sem olhar para trás.
O por quê ninguém sabe. Para onde ela vai, nem ela mesma tem ideia. Tudo o que ela sabe é que precisa ir embora o mais depressa possível.

Nesse novo lugar que ela pretende ir, não há espaço para responsabilidades, marido, filho ou a vida perfeita e pacata que ela tinha. Pra conseguir seguir em frente, ela abandona tudo o que tinha, muda seu nome para Cat Brown e tenta, de todas as formas possíveis, esquecer um passado que parece vir sempre atormentá-la.

Eu nunca havia lido nada nesse gênero antes. O livro é um suspense, um thriller psicológico como dizem. E que trhiller! Confesso que no início, na primeira parte do livro, eu tive dificuldade em me apegar à leitura e em vários momentos me vi xingando a Emily por ser tão egoísta e abandonar o marido e o filho por qualquer motivo que seja que aconteceu em seu passado.

O fato é: é muito fácil julgar as pessoas e condená-las por atitudes que não sabemos bem o por que de terem sido tomadas. E quando descobri o por que da Emily, senti um tapa na cara bem dado, porque acho que no lugar dela eu teria feito algo bem mais extremo do que simplesmente tentar recomeçar.

A narrativa é intercalada entre: primeira pessoa, sendo narrado pela Emily no presente e terceira pessoa variando o ponto de cada personagem importante para a trama em seu passado, e isso ajudou
 demais na leitura e no entendimento da trama.

Aos poucos, você vai começando a encaixar as peças na cabeça com relação ao passado de Emily, mas nada, absolutamente NADA o prepara para o final arrebatador que é este livro.

Você não aprende apenas como não julgar as pessoas sem antes conhecer, mas como também a ver que pequenas distrações, pequenos comportamentos ou atitudes podem ser letais e até mesmo destruidores no dia-a-dia.

Super recomendo a leitura deste livro para todos! Sério mesmo, gente, leiam. Vale muito a pena e é um livro para se pensar.

Espero que tenham gostado da resenha. Leiam e reflitam sobre esse livro e se você já leu, deixe aí nos comentários sua opinião sobre ele. Beijos!



Press Play " Pearl Jam x Bela Distração"


Oi galera animada tudo bem! Fazia meses que não postava o Press Play nas sextas do LJI e me bateu uma vontade de compartilhar com vocês meu amor pela banda Pearl Jam e duas músicas que mais ouvi quando estava lendo o Livro Bela Distração de Jaime McGuire e que achei super a cara de Treton Maddox. A resenha sai ainda esse mês aguardem, enquanto isso, escutem a música e boa sexta a todos!!!!



Here i go!!!!



SIRENS




JUST BREATH




Bom final de semana amigos!








Resenha "Cinder"



Classificação


Informações do livro
Titulo: Cinder 
Autor/a: Marissa Meyer
Editora: Formato Digital
Gênero: 
Skoob
Livro resenhado colaboradora Flavia Gonçalves.


Oi gente! Tudo bem? Na minha segunda resenha para o LJI não poderia deixar de trazer um livro super especial não é mesmo?

 Bom, vou logo começar dizendo que este livro é uma releitura do conto de fadas da Cinderela. Mas de uma maneira totalmente diferente e inesperada, não é nada parecido com os filmes da Disney que fazem uma remontagem deste conto que permeou nossa infância.

Neste livro entraremos em uma Nova Pequin futurística, onde 
nossa heroína é uma mecânica, e se não bastasse isso ela é um ciborgue, eles são considerados seres inferiores, por terem partes robóticas em seus corpos.


Tudo muda na vida de Cinder quando o príncipe Kai aparece em sua oficina para poder consertar seu androide (uma espécie de robô), claro que ela fica abalada pela beleza e simpatia do príncipe, mas custa admitir isso, pois afinal estamos falando de uma menina que não tem nada fácil em sua vida.

Bom, como nem tudo são flores, Nova Pequin e o resto do mundo está passando por uma grande epidemia, uma doença letal assombra  a  todos, quem a pega morre em poucos dias, o que não se esperava é que a irmã mais nova de Cinder a contraísse, quando sua madrasta recebe a notícia que sua caçula ficou doente, entrega a nossa protagonista para ser objeto de pesquisa para a cura dessa doença (eles utilizam ciborgue para fazer os testes) e assim morrer por lá.



Fora isso, o mundo está vivendo uma crise diplomática com os Lunares, pois se o príncipe kai não aceitar se casar com a rainha Lunática, os dois mundo entraram em guerra, o que não é nenhuma vantagem para os terráqueos.



O que posso falar é que acontecem várias reviravoltas na estória, em resumo o livro é fascinante! A autora conseguiu fazer uma releitura nada convencional de um conto super famoso, o que vemos em Cinder é algo espetacular, escrito com tanta propriedade, quem diria que um conto de fadas na versão futurista iria ser tão bom???

O livro está recomendado, e se alegrem pois o segundo livro da série Escarlate já está a venda. Eu espero ler em breve e vir contar para 
vocês o que achei...


Espero que tenham gostado da resenha... Se gostaram, não deixem de comentar, e se tiverem um livro para me indicar sobre o tema, adorarei poder ler e compartilhar com vocês...
Um grande beijo! Até a Próxima!!!





Resenhado por:







Vôce sabia? "Noite Autógrafos Pedro Veludo Ed. Quatro Cantos"

Oi amigos tudo joia!

Meu primeiro evento desse ano foi com a Ed.Quatro Cantos para noite de autógrafos com autor Paulo Veludo com o livro " A cidade das sombras dançantes que aconteceu na Livraria Travessa do Shopping Leblon no Rio de Janeiro!

Tive a honra de conhecê-lo e ter o livro autografado por ele, e conheci enfim Rosana Martinelli autora do livro Seu pesadelo foi quem inventou resenhado pela Bella.




Sobre autor:



Pedro Veludo nasceu no Porto, em Portugal, morou em Moçambique uma boa parte da sua vida, mas adoptou o Brasil como sua terra. 
Formou-se em Engenharia de Telecomunicações e fez Formação de Ator e algumas disciplinas de Direção, na UNI-RIO. Tocou baixo em uma banda de rock, foi vocalista em um dueto de música popular, produziu espetáculos de variedades, foi ator de teatro e experimentou algumas práticas circenses.

Escreveu livros, plantou árvores e gerou filhos, mas... continua não se sentindo realizado. Contudo, como espera viver muitos anos, tenciona ainda escalar as montanhas mais bonitas do Brasil, aprenderp a tocar saxofone, conhecer uma boa parte do mundo, ilustrar um texto de sua autoria e estudar Filosofia.




Pedro Veludo, premiado no Jabuti 2014 pelo infantil "Da guerra dos mares e das areias", autografará seu delicioso romance "A cidade das sombras dançantes".



Sinopse
D. Eronquínea acordou com o maxilar inferior destroncado e a cabeça para os pés da cama. Esses dois fatos, somados, não eram bom presságio. Assim começa a história que se passa em Cidade Nova de Santa Lúcia dos Milagres. Conforme vamos conhecendo as peculiaridades da rica galeria de personagens — às vezes trágicos e reais, outras fantásticos e hilariantes — , passado e presente se fundem na narrativa, que aos poucos vai revelando os trágicos vaticínios pregressos. Mas qual infortunado personagem estará envolvido na próxima tragédia prenunciada por D. Eronquínea nessa cidade onde as sombras dançam ao sol do meio-dia?







Resenha " Esmeralda e Caldeirão de Bruxa"


Classificação


Informação do livro
Titulo: Esmeralda e Caldeirão de Bruxa
Editora: Arwen
Genero: Nacional/Poesia
ISBN: 9788568255001
Livro enviado para resenha em parceria editora.

Olá amigos tudo bem, a resenha de hoje é dupla, os dois livros pertence á autora Cida dos Santos um livro muito bem ilustrado, poético e romântico, onde a autora expressa a história através de versos os sentimentos!

Esmeralda é bem diferente de livros de poesia que já li, em forma de poesias ela canto sua história de amor, um cigano que com seu violão encanta com lindas poesias um dueto lindo e mágico.

Ponte

"E lá construí uma linda ponte, onde meu rio pude admirar."

Meu rio querido,
Te fiz uma ponte

Quando lutei,
Cheguei a chorar,
So porque uma ponte 
Queria lhe dar

Te deram outras pontes,
Mas por elas
Não quis passar.

Te fiz uma ponte ,
Toda curvada
Digna do rio que tenho
Para admirar.

No decorrer da leitura me encantei com a sensibilidade da autora, harmonia entre os versos, e o encantamento com a vida.

Em Caldeirão de Bruxa, vemos também uma coletânea de versos profundos, criados com muito amor, mesmo para quem não tem hábito de ler, ao ter o contato com o livro se encanta.

Mulher II

Não mais se culpe
Pelo que esta a acontecer
Se pelos misterios da vida
Os ocultos pode saber

Deixe-se levar,
Sem medo de falar
Do que vai acontecer.

Ame somente,
Sem querer ter.
Pobreza, e so do espírito,
Beleza, e o tanto quanto
Se quer ver,
Grandeza, e so a do infinito
E é nele que vais viver.


Cida Santos, paulista, 71 anos. Comecou a escrever cedo e incentivada a continuar, acreditou na beleza das suas palavras em forma de poemas. Virou escritora poetisa, que ve a vida de uma forma diferente e escreve a beleza daquilo que vive.


Resenha "Felizes para Sempre"


Classificação


Título: Felizes para sempre
Série Quarteto de noivas Livro 4
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/Romance 
ISBN: 9788580413427
Páginas:293
Livro enviado pela editora em parceria com o blog LJI


Oi amigos tudo bem, que saudades estava de postar resenhas aqui no blog, e para começar o mês de fevereiro super bem, Feliz para sempre é o livro que recomendo para as apaixonadas de plantão!
A série toda foi resenhada pelo LJI e vocês podem acessar clicando no nome de cada titulo aqui: Álbum de casamento, Mar de Rosas, Bem Casados.


Somente para recapitular o enredo, Quarteto de Noivas é uma história de uma linda amizade entre 4 mulheres, tudo começou na infância como uma simples brincadeira, quando elas mesmas realizavam casamentos de mentira, e quando cresceram e amadureceram tornaram esse sonho na Empresa Votos!

Mac em Álbum de casamento se torna a fotografa oficial da Votos, tem um relacionamento conturbado com sua mãe linda, mas conhece Carter um fofo professor desastrado que faz a vida dela ser bem diferente e com altas doses de paixão.

Emma em Mar de Rosas é responsavel pela linda decoração dos casamentos, fazendo seus arranjos e buques que encantam as noivas. E seu romance é com Jack amigo da família e principalmente de Del irmão da Paker. O inicio foi difícil, mas em pouco tempo eles se entregam de corpo e alma.

Laurel é responsavel pelas gostosuras e lindos bolos de casamento, usando seu talento para encantar a todas as noivas. Sua Paixão de anos envolve uma pessoa muito importante da Votos, Del! Ele é o irmão da Parker e cuida delas como suas próprias irmãs e desconhecia que dentro do coração de Laurel pulsava um amor tão grande, que para nossa felicidade engata pra valer.

Enfim nesse quarto livro Parker é o foco do Felizes Para sempre, e para quem leu a série acompanhou a introdução do personagem Malcolm que diferente de Carter, Del e Jack com suas profissões bem sucedidas, ele leva uma vida descompromissada e cuida da sua oficina. Falando isso já podemos imaginar um homem todo sujo de graxa e suado de tanto trabalhar, mas Mal além de todos esses aspectos, é lindo e foi ex-dublê de filmes em Los Angeles.

O fato desse romance ser tão diferente é, Paker Brown tem um sobrenome de peso, mesmo após a morte de seus pais, sua família no caso ela e Del, são exemplos de família rica e bem sucedida, enquanto Mal um simples mecânico não se encaixa nessa equação.

Mas exatamente isso que mais curti nesse romance inesperado, a diferença entre eles, tanto na vida pessoal e profissional, e a dificuldade em transpor essa realidade. Parker sempre muito ocupada com a empresa, atentendo os pedidos mais malucos das noivas, ela organizava a Votos com muita perfeição e isso não permitia espaço para o amor em sua vida.

Mal com seus traumas de infância e na vida adulta, mesmo sendo lindo e a certo ponto um homem de atitudes escondia um lado frágil que Parker conheceu e sente dificuldade em superar. De todos os livros foi o romance que mais gostei, os outros foram rápidos e arrebatador, e Felizes para Sempre me deixou com o coracao na mão, não que ele não tenha sido intenso, ele foi e muito, mas o relacionamento deles foi uma descoberta mais lenta e dolorosa!

Nora criou um enredo gostoso, onde todos os personagens inseridos tem seu lugar e harmoniza com a história, para quem é sensível pode derramar algumas lágrimas, a quem diga que nem é tudo isso, mas clichês a parte é um livro super agradável de ler. Despretensioso e sucinto, fiquei triste que chegou ao fim, deu até uma vontade de ter esses grandes casamentos, mas logo passa por que falta verba impede tamanho luxo, piadas à parte a série é perfeita!

Espero que tenham gostado dessa série resenhada aqui, estou muito satisfeita em finalizar, pois quem é leitor compulsivo sabe o quanto é penoso aguardar o livro ser lancado e descobrir o que vai acontecer no próximo capítulo! Agradeço a Editora Arqueiro pela oportunidade da parceria!


Participem do Top Comentarista!!!



Top Comentarista LJI Fevereiro 2015




Oi galera tudo bem, novidades! Top comentarista com o livro Não olhe para trás de Jennifer L. Armentrout Editora Farol Literário parceiro do LJI.
Para ficar ainda melhor o top será assim, 10 finalistas serão sorteados pelo Ramdon.org o primeiro que sair leva o livro e o marcador personalizado e os demais um kit com 6 marcadores sortidos!!!


Regras do Top Comentarista


- Ter endereço de entrega no Brasil;- Ser seguidor do blog;- Deixar um comentário nessa postagem com seu nome de seguidor e e-mail. Somente se estiver interessado em participar;- Lembrem-se que o comentário deve ser coerente e condizente com o que foi postado;- Comentários em posts de promoções e divulgação de resultados não valerão para o Top Comentarista; E os post com a imagem acima é legível ao top.- Os 10 leitores/seguidores do blog que mais comentarem nas postagens válidas do mês de fevereiro irão concorrer ao livro!- O sorteio será realizado pelo ramdon.org, o primeiro leva o livro e os demais finalista ganhará um kit com 6 marcadores sortidos.- Será validado apenas um comentário por postagem;-Os comentários serão aceitos até as 23:59 do dia 28/02/2015, passado esse prazo nenhum comentário será contabilizado. Caso deixe de comentar em algum post, será automaticamente retirado dos finalistas.- Os ganhador receberá um e-mail do blog solicitando os dados. O prazo para resposta do ganhador é de três dias. Caso não haja retorno o prêmio será passado para a próxima pessoa da lista.- Os livros serão enviados por mim em até 40 dias depois do envio do endereço.-Não me responsabilizo por enderecço informado errado e livro devolvido, extravios e atrasos do correio.

Participem e boa sorte!!!