Resenha "Morte e Vida de Charlie St. Cloud"




Classificação

Informações do Livro
Título: Morte e Vida de Charlie St. Cloud
Autor: Sherwood, Ben
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira/Romance Ficção
Skoob
Meta de leitura de 2013

Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado.
Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam.
É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

Olá amigos tudo bem com vocês?

Vamos para mais uma indicação de livro, você acredita que após a morte de alguém exista uma vida em espírito  e que essa pessoa pode escolher em continuar no mundo dos vivos, vivendo aparentemente uma vida que foi interrompida drasticamente?

Esses assuntos ainda geram grande polêmica entre os mais céticos e religiosos, mas não estamos aqui para falar sobre isso, mas  sim sobre um livro que aborda o tema vida após a morte e milagres, "Morte e Vida de Charlie St. Cloude" de Ben Sherwood que foi adaptado para o filme em 2010 interpretado por Zac Efron (Charlie), Kin Basinger (Louise), Charlie Tahan (Sam), Donal Logue (Tink), Amanda Crew ( Tess), Ray Liotta (Flório).
Um livro que fala não de morte mas da Vida, de companheirismo, fé, amizade e amor, um livro sensível e apaixonante.


A vida parece normal para Charlie um adolescente com seu irmão Sam mais novo apaixonado por Beisebol e uma mãe trabalhadora.
Um dia eles resolvem assistir ao jogo dos Red Fox pegando emprestado o carro da vizinha para chegar ao estádio, e quando parecia dar certo, acontece um trágico acidente onde um caminhão bate no carro na ponte levadiça General Edwards, no momento em que chega o socorro, ambos morrem mas o milagre acontece quando o paramédico Florio Ferrente muito devoto acredita na sobrevivência de Charlei que volta a vida.

Charlie recebe uma segunda chance e continua a viver, mas a dor de perder seu irmão o deixa revoltado e ao voltar para a campina onde ele e Sam jogava Beisebol ele vê seu irmão como se nada tivesse acontecido, selando um pacto que todos os dias no mesmo horário ao por do sol, ele iria até la jogar com Sam.

Ele tem o dom de ver os mortos que não estão prontos para fazer a travessia, e com isso ele se torna uma pessoa completamente reclusa vivendo todos os dias no cemitério onde trabalha e cumprindo a promessa que fez ao seu irmão Sam.

Em um dia que parecia ser normal Charlie encontra Tess uma linda e inteligente jovem velejadora que ira dar a volta ao mundo com seu veleiro. Eles já se conheciam do colégio ondem estudavam, mas nunca  tinham conversado, mas o mistério começa quando ela percebe que ninguém na cidade a vê, e que somente Charlie consegue, atordoada ela vai a procura dele para saber o motivo, o que está obvio para Charlie, que começa a investigar o que aconteceu com Tess.

O livro é narrado pelo paramédico Florio Ferrente.
No filme eu percebi que Sam ao saber de Tess fica magoado com seu irmão por te-lo deixado, mas no livro não é narrado assim, ele incentiva o irmão, pelo menos foi isso que eu entendi, o que vocês acham?
Qual o desfecho dessa história, só lendo para todos vocês saberem, ele é livro super gostoso de se ler, e com acontecimentos prende você a história!

Os personagens são cativantes, e o ambiente onde se passa a história é propicio para uma vida pacata e morna.

Achei muito lindo também o poema citado por Tess dedicado ao seu pai de E.E Cummings citado na página 93...
 ...confie em seu coraçãose os mares explodirem em chamas( e viva pela amor mesmo que as estrelas se movam para trás)...



"Não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual;somos seres espirituais tendo uma experiência humana."- Pierre Teilhard de Chardin

"Há uma terra para os vivos e uma terra para os mortos; e a ponte é o amo, o único que sobrevive, o único significado."-  Thornton Wilder

Gostaram amigos, vejo vocês na próxima resenha, grande abraço!






2 comentários

  1. Ótima resenha, Dani! Ainda não li o livro (nem vi o filme), mas fiquei com muita vontade. Parece ser bem interessante.

    Beijinhos

    www.marianaesuaestante.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, o livro é ótimo e muito sensível, bom de se ler, recomendo!

      Bjs Dani Casquet

      Excluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥