Resenha "O Teorema de Katherine"





Classificação

Informações do livro
Título: O Teorema de Katherine
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Gênero: Literatura Estrangeira/Romance
Livro meta de leitura

Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.


Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.




Depois de ler o livro A culpa é das estrelas, resolvi arriscar e ler O Teorema de Katherine, ás vezes o fator que mais atrapalha a vida de um leitor assídua como eu é a ansiedade e a expectativa depositada no livro, o livro é bom porém faltou algo para me conquistar, vamos a resenha para todos entenderem.


Quem nunca se perguntou por que os relacionamentos são tão complicado? Colin Singleton não se conteve em só se questionar, ele botou na cabeça que tinha que descobrir através de um teorema a por que que seus supostos namoros com 19 Katherine foi para o ralo.

Depois de tomar mais um fora ele resolve junto com seu amigo Hassan embarcar em uma viagem de carro mais conhecido como Rabecão de Satã carregando seu caderno onde anotava freneticamente todos os dados para descobrir o que leva uma pessoa ser um "terminado ou terminante".

A história é narrada pelo próprio Colin explanando seus namoros com as 19 "Kathy's".


"O teorema se baseia na validade do meu antigo argumento de que o mundo contém, precisamente, dois tipos de pessoas: Terminantes e Terminados. Todo mundo está predisposto a um ser um ou outro, mas, obviamente, nem todos as pessoas são Terminantes ou Terminados COMPLETOS".


Os pais de Colin sempre preocupados com ele, descobrem  que um dia ele poderia ser um possível garoto prodígio, aos dois anos de idade seu pai teve essa constatação quando ele leu um trecho de jornal, mas tempos depois mesmo sabendo tudo ele não conseguia entender por que suas "Kathy's" sempre terminavam com ele.


"Eu não conseguia ouvir mais nada no mundo além de você. E naquele momento, estava tão frio e tão silencioso... E eu te amava tanto. Agora está calor e muito quieto de novo. E eu ainda te amo..."

Seu amigo Hassan sempre bem humorado embarca com ele em uma viagem e durante a aventura eles avistam um placa dizendo túmulo do arquiduque Francisco Ferdinando, ao perguntar informações sobre onde ficava este lugar o nome Gutshot é indicado para eles, o sotaque arrastado dos moradores do Tennessee é evidenciado no livro.

E ao chegar ao seu destino eles se encaminham até uma loja e conhecem a garota Lindsey Lee Wells e tudo começa a mudar na vidas dos dois conhecendo os habitantes da pequena cidade, mas a todo momento Collin está pesando nas Katherines e recordando cada momento em que passou com elas e tentando achar um resultado para o seu teorema.


"Amar alguém ele pensou. Mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela."

O Teorema de Katherine é um livro que tinha tudo para ser legal, por se tratar do autor John Green, seus livros estão em evidência em várias prateleiras, porém a leitura desse livro de somente 285 páginas se arrastou por 4 dias tempo demais para um livro tão pequeno, e vou explicar o motivo.

Em alguns momentos o diálogo de Collin e seu amigo Hassan se tornava arrastado e chato, alguns vezes tornava-se "engraçado", mas isso me desagradou e parei em vários momentos a leitura.

Minha curiosidade em saber o final da história me motivou a continuar, Lindssey foi o elemento essencial para dar equilíbrio a história. 
Outro detalhe que me deixou contrariada foi os cálculos que em alguns momentos se apresentavam no livro, e como eu tenho uma aversão a matemática vou ser sincera que nem prestei muito bem atenção nessas partes, as notas explicativas abaixo da página em alguns momentos tornaram a leitura cansativa.

O livro em si tem seus pontos positivos para os fãs de John Green, as enrascadas que eles se metem nessa viagem maluca de carro é um exemplo, mas também é só isso.

Mas para mim esse livro restringiu o público pelas suas particularidades.
Incentivo a todos a lerem e tirar suas próprias conclusões a respeito da história, a capa do livro é bem interessante e diante de tudo isso no final conseguimos enfim descobrir todo o mistérios de forma simples e conclusiva como um livro deve ser.

O Teorema de Katherine faz parte da minha lista pessoal de livros do projeto Eu vou ler 12 Livros em 12 meses!

Para quem leu o livro um recado:

"10-5 espaço 16-5-14-19-5 espaço 17-21-5 espaço 10-5 espaço 20-1-9-13-5.

Espero que gostem


Suporte denúncia Google

35 comentários

  1. Oi Dani, que pena que não gostou muito... Eu achei super fofo! Claro que eu esperava mais, mas mesmo assim gostei! Abraços, Isabela.

    ResponderExcluir
  2. Ei Dani, adorei a resenha =)
    Eu ainda não li nada do John Green, na verdade estou esperando um pouco, detesto ler coisas com muito hype... sempre vou com a expectativa lá em cima e acabo me decepcionando... tenso rs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Isa, eu gostei e não gostei, teve partes que tive vontade de pular de tão massante ficava a história... Mas continuo Fã do John kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Biel obrigada, confesso que tive dificuldade de escrever, pois tive dificuldade em ler o livro pela falta de atenção que tive com ele.
    Mas continuo gostando do autor!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei do livro, mas achei o Colin bem chatinho no início da narrativa. Até citei isso na resenha lá no blog. A Lindsey é fundamental para a história ficar bem melhor. Gostei da construção do casal, mas tinha adivinhado que o autor faria isso.

    Beijos!

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oii Dani!

    Bem, tenho que dizer que até agora não consegui terminar o livro, pelo mesmo fato que a fez empacar as vezes a leitura! Ele é meio cansativo, meio parado, realmente esperava muito mais! Li Teorema logo após de ter lido A Culpa é das Estrelas, também do John <3, e fiquei encantada com a obra, mas em comparação com Teorema Katherine, os livros são bem diferentes, realmente não curti Teorema :/

    Beijoocas flor,adorei a resenha! :*

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Barbara obrigada pela visita, olha tivemos então a mesma sensação, eu esperava bem mais, como disse a Aline acima no comentário eu tbm saquei que John ai construir um casal no final o que foi bem legal. Mas o livro em si na parte de Colin e Hassan era massante!
    Adorei a Culpas é das Estrelas, mas O Teorema restringiu muito o publico John Green.
    bjkas

    ResponderExcluir
  8. Oi Aline, é verdade Collin é bem chatinhi-inho, não vou comentar aqui pois posso cometer spolier depois a gente troca figurinhas!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Hey!

    Eu particularmente amei. Não virou um favorito porque ás vezes, como você falou, os diálogos cansavam, ainda mais com aquele "sotaque" caipira, que eu acho irritante. Mas me apaixonei pelo Hassan e pela Lindsey, e até o Collin, não achei ele chato como muita gente por aí. Ele só exagerava no drama ás vezes. Amei a resenha!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Amiga olha, sinceramente, eu nunca li nenhuma obra do autor John Green e gostaria de comprovar como é, mas esse ai nunca me chamou muita atenção, até mesmo nas livrarias sabia ?!

    Agora a CULPA é DAS estrelas, estou torcendo para alguém me dar de aniversário, porque dizem que o livro é fantástico de lindo e quero comprovar. Apesar que sempre tive muito receio em compra-lo, ainda mais porque já tive caso na familia que teve cancer e tudo mais. Só que pelo que me falaram, o autor fala numa linguagem...ou melhor, de uma forma diferente sobre o problema e é isso que quero conferir.

    Quanto a sua resenha, eu gostei bastante, até porque vc manda ver no negócio em amiga...Quem dera eu poder escrever desse jeito também =x

    Enfim...

    Olha, antes de ir embora, queria te agradecer pelo carinho que vc vem me dado e também por ter divulgado o meu blog. OBRIGADA amiga, até porque doente como estou, eu nem tenho tido tempo de fazer isso.

    Estou me cuidando, tomando 2 xaropes e que acaba me dando muito sono =[

    Enfim...Mas obrigada viu ?!

    Te desejo muito SUCESSO com o blog e que tudo de bom nessa vida aconteça pra vc, porque vc merece !!

    bjos e meus agradecimentos sinceros

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Dani! :)

    Li sua resenha com muita calma, porque acabei de comprar esse livro. Estava bem curiosa em relação a ele. Fiquei com pena de você não ter gostado muito, como você mesmo disse, tinha tudo para ser um ótimo livro. Mas, vou ler e ver o que vou achar, né?

    Beijos!

    Café com Leituras!

    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga realmente eu gostei mas nao ao ponto de ser favorito, eu gostei da Lindsey ela é bem legal!'
    Colin drama, drama, drama kkkkkkk'
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Flor imagina, vc tbm sempre retribui o carinho né, faz parte da amizade. Toma mesmo todos os remédios pra ficar boa logo!!!
    bjao

    ResponderExcluir
  14. Oi Dani,

    pela leitura da sinopse, esse livro nunca me interessou, parecia ser fraco. Com sua resenha, verifico que realmente não devo ler, acho que também não iria gostar.

    Beijos.

    Cila- Leitora Voraz

    cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. hum, apesar de vc nao ter se empolgado tanto, ainda assim vou ler esse livro. preciso ler alguma coisa desse autor, quero a culpa é das estrelas, mas o que eu conseguir comprar primeiro, eu leio. xD

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Dani.
    Confesso que a premissa desse livro não me atraiu, e depois que comecei a ler algumas resenhas vi que o assunto abordado não me interessava nem um pouco, é um livro que não me enche os olhos apesar de se tratar de John Green.


    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Quero ler pois conheci o autor na Bienal, super fofo!

    Novidade, agora estou com livro publicado pela Novo Conceito!O livro digital "Feitiço".Espero que goste!

    Bjs

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Amei a resenha *-*

    Olha, eu nem posso falar sobre esse livro pois infelizmente ainda não li :(
    Mas está na minha lista de desejados. Na certa vou ler. Vejo muita gente falando sobre ele e quero tirar minhas próprias conclusões. Né?!

    Beijos

    http://euleiosophieoliver.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Eu estou louca para ler este livro, mas ainda não tive a oportunidade. Eu com certeza irei gostar, sou fã de Matemática. *-*

    Beijos,
    Elieny Brandão.

    http://depoisdo-parasempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi amiga lê sim, eu gostei do livro em si, da história, mas achei uns pontos dos diálogos entre os personagens super cansativo e isso desanima a ler, e por ser John Green meu autor favorito do momento admito que fiquei decepcionada, mas não podia deixar de falar desse ponto né!
    Depois me diz o que achou!
    bjkas

    ResponderExcluir
  21. Oi amiga olha quem tem livro eu incentivo a ler, como disse na resenha assim vc terá a sua impressão, mas com certeza não é uma leitura obrigatória infelizmente... :(
    bjkas

    ResponderExcluir
  22. Oi amiga tudo bem, leia sim depois quero saber a sua opinião, mas continuo gostando do John Green.
    bjkas

    ResponderExcluir
  23. É Patyi realmente esse livro não é um dos melhores do autor, fui bem sincere na resenha, não é um livro que vc pega e pensa... nossa preciso ler para ver o que vai acontecer, nada te prende, a ñ ser o fato de querer saber o final kkkk
    bjkas

    ResponderExcluir
  24. Oi Luiza tudo bem, que legal vc conheceu ele, pena que nao deu para eu ir!
    Um mais livros nacionais que ótimo, podemos pensar em uma parceria o que acha?
    bjkas

    ResponderExcluir
  25. Oi Sophei com certeza leia sim, a resenha serve pra isso para vc ter uma noção e trocar informações pode ser que para vc seja interessante, e quero muito saber o que vc achou depois hein!
    bjkas

    ResponderExcluir
  26. Oi Elieny, sério matemática sempre foi meu ponto fraco, sempre o vilão, agora vc que gosto vai gostar muito, e vai ser ótimo por que depois posso tirar algumas dúvidas com vc depois que ler!!! :)
    bjkas

    ResponderExcluir
  27. O Teorema foi o único livro que li do John Green, pelo menos por enquanto. E gostei bastante, sabe. Não é um livro de grandes emoções, mas achei divertido, e os personagens foram o grande destaque da coisa toda. Não achei arrastado e as notas de rodapé, achei-as divertidas, dão uma quebrada no texto de maneira positiva.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  28. Ana Paula C. Belarmino20 de setembro de 2013 21:42

    Olá!

    Adorei a resenha!

    E também concordo com você, pois certas partes do livro (a maioria) foram muito cansativas. Ainda achei que você leu rápido. Demorei mais de uma semana pra ler ele haha

    AP Challis

    http://acrobatadasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Ai Aline não rolou esse livro comigo sabe, aquele lance de amor a primeira vista e tudo mais, mas depois conhecendo ele vi que era diferente e cansativo kkkkkkkk
    Amiga fiquei com peninha de nao ter gostado mas continuo fã do John!!!
    Depois vou te visitar, bjkas

    ResponderExcluir
  30. OI Ana obrigada pela visita!!!
    É realmente foi uma pena né, mas ele não me conquistou!
    bjkas

    ResponderExcluir
  31. Ouço todo mundo falar tão bem de John Green que quero gostar de algum livro dele. Até agora só li A Culpa é das Estrelas, e não gostei muito... Vi em algum blog falando muito bem do Quem é Você, Alasca?, porém minha curiosidade estava toda depositada em O Teorema Katherine, desanimei um pouco...
    Se bem que Cidades de Papel me deixou um tanto curiosa... ^.^
    Eu achava que Colin iria viajar com uma amiga e que, nessa viagem, descobriria que a "Katherine" que o faria feliz de verdade (e sem pé-na-bunda no final) seria essa amiga... 8-)
    Gostei muito da resenha, parabéns!
    :*

    ResponderExcluir
  32. Deborah Aline França3 de abril de 2014 00:02

    Olha eu aqui :P

    adoro João Verde e seus livros, confesso que estava doida para ler o Teorema mas minha prima e eu temos gostos iguais e ela disse q esse era chatinho :( e que eu enjoaria. Aff e agora? kkkkkkkk

    Dani adorei sua resenha e pena que você não gostou!!!

    Beijos Deborah

    http://leitorsagaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. sidnei luis fermino15 de junho de 2014 00:24

    Ótimo texto de resenha. Meus
    parabéns! Amei a maneira que vc usou para se
    expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso...
    se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas
    religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias
    cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus
    jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa
    do livro é linda ela traz o universo como tema.

    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir
  34. Não entendi o recado, e eu li o livro. Ashuahsya enfim, eu gostei do livro, n achei cansativo e li em 1 dia, achei bem engraçado, mas pelo Hassan e pela Lindsey, mas ainda preferir Cidades de papel. ♡

    ResponderExcluir
  35. Oi querida tudo bem, apesar de não ter curtido tanto o livro, o nível de nerdice deixa ele cômico kkkkkkk
    O significado numérico é: Acho que gosto de você ou Acho que amo você... Bjkas

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥