Resenha "Sobre mães, filhos, esposas, e maridos"


Classificação


Informações do livro
Título: Sobre mães, filhos, esposas e maridos
Autor: Wellington S.O
Editora: Aped
Gênero: Literatura Nacional/ Drama e Romance
Livro enviado pelo autor para resenha em parceia com autor.

Esse não é um livro qualquer ao meu ponto de vista é um misto de sentimentos que faz a gente refletir sobre como vivemos para família, filhos, maridos, esposas, sobretudo como agimos quando o amor de mãe é maior que qualquer coisa nesse mundo, anulando nós mesmos para vivenciar esse amor, quando digo nós me refiro ás mães que amam incondicionalmente seus filhos.

Carmem
"Na verdade a tola da historia sou eu. Tola por ter um filho com um homem que só está em casa um fim de semana por mês. Tola por acreditar que ele será um daqueles maridos que não te deixa acordar de madrugada e se oferece para fazer o serviço. Serei eu a responsável pela tarefa árdua - todas as tarefas árduas inclusive - enquanto ele dorme sem incômodos na quietude do seu quartel general."


Carmem é uma mulher resignada a viver única e exclusivamente para seu filho Vincent, seu marido Edgar que praticamente se ausenta de suas vidas, mesmo na gravidez, ele tem uma carreira no Exercito que permite que Carmem e Vincent somente o visse nos finais de semana. Ás vezes nem com isso podem contar, e foi em um dia desses que Carmem passa mal com o bebê ainda pequeno e contado com a própria sorte ela grita por socorro, sua vizinha que mal conhecia que vem ao seu auxilio e salva ambos de uma coisa pior, Lola então liga para emergência e fica com Vicent, enquanto Carmem é levada ao hospital, e lá recebe uma noticia que a sentencia pelo resto da vida, por um descuido após o parto do bebê a equipe médica deixa resíduos de placenta em seu útero, causando uma infecção irreversível causando a remoção do seu útero.

E assim os anos se passam ela completamente sozinha criando Vincent, fazendo de tudo para criá-lo sem a presença de Edgar. Ele cresce sem a presença do pai enfrentando todo o conflito da idade, seu amigo Apolo que Carmem se sente apreensiva com o rumo dessa amizade infantil, mas como toda mãe sua intuição é confirma anos mais tarde.

Vincent
"Quando Apolo e eu temos 15 anos é hora de revermos nossas prioridades, nossos meios de diversão. Logo as tardes no fliperama e páginas da revista Playboy folheadas em segredo no seu quarto, já não é mais o bastante."

Wolfgang é um conhecido de seu marido que ela nutriu um ódio mortal, também pudera, ele é totalmente inconveniente com seu jeito asqueroso, seu filho Colin que se assemelha ao pai fisicamente, anos mais tarde fará parte da vida de Carmem. Após a morte repentina de seu marido seu mundo virá de cabeça para baixo, uma revelação chocante a deixa mais ainda abalada, ela sai daquele apartamento que passou anos e anos sozinha com Vincent, e começa uma nova vida, e para esse amor imenso que ela tem dentro de si ela adota Alicia um ano mais nova que Vincent, ela também tem seus conflitos internos, após ser deixada em um orfanato, ela foi traumatizada pela senhora Garland, que a pega para devolvê-la meses depois.

Alicía
"Aquilo faz zero sentido para mim. Ela não age toda gentil como senhora Garland agiu. Não conta piadinhas bobas para tentar me fazer rir, nem conta historinhas. Ela diz tudo de uma vez. Como se explicasse a coisa mais séria desse mundo. E ela disse mesmo a palavra "idiota"?


O livro é divido entre a narração dos três personagens principais Carmem, Vincent  e Alicia que se torna uma família que tenta ser feliz a medida do possível, outros personagens vão adentrar a historia, conflitando e fazendo a vida deles um misto de sentimentos contraditórios.

Eu não tenho como resumir nessa resenha o que o livro pode representar para quem vai ler, eu poderia contar toda a história, mas é um livro que considero a leitura obrigatória, o autor Wellington é muito detalhista em cada parte do livro e seus personagens, Carmem a mãe lutadora, após anos de solidão se torna uma pessoa fechada, com humor negro a postos a todo momento, ela cria uma barreira após anos de sofrimento ressentido, criando seus filhos severamente.

Nas 428 páginas do livro conhecemos cada personagem no ponto de vista deles, como convivem, os amores, os amigos, as descobertas, medo, desafios e escolhas, sexualidade.

É um livro emocionante preparem os lenços, quando Wellington entrou em contato oferecendo o livro para resenha em parceria com o LJI, eu não fazia idéia do que esperar, o livro de capa simples publicado pela editora Aped, superou todas as minhas expectativas, a riqueza de detalhes, a ambientação da história que não é explicitamente definido no livro, mas que leva você a imaginar que a família típica americana vive.
Não sei se consegui transmitir nessa resenha toda a alma do livro, pois se continuasse a escrever seria bem possível cometer vários spoliers, é um livro que merece ser lido e sentido, por isso recomendo a todos vocês.

Um livro que faz a gente pensar em como levamos a vida, a anulação dos nossos sentimentos, para viver um amor de mãe, esposa, filhos e maridos.




13 comentários

  1. Bom dia Danielle,

    Mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog,achei bem interessante e gostaria de ler um dia....parabéns pela resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não faz muito o meu estilo, mas gostei da resenha ;)
    Acho que a capa poderia ser mais bem trabalhada...


    Bjs, Kel - www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa Dani, esse livro parece ser perfeito *-*

    Bom, eu tenho muito sentimento materno e morro de vontade de ter um filho (não um, mas quatro). Acho que deve ser difícil para alguém perder o útero, mesmo já tendo um filho. Esse livro parece ser um lição de vida. Depois da sua resenha eu quero ler ele para já.

    Beijinhos

    Segredo de um Mundo

    ResponderExcluir
  4. Estou pra receber esse livro através de book tour, bom saber que é uma boa leitura porque não tinha lido resenhas dele ainda!


    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Dani, adorei a resenha. Realmente o livro parece ser melhor (e mais triste e dramático) do que tinha entendido pela nossa conversa no face. E realmente, a capa passa uma ideia diferente, porque pode nos levar a pensar que o foco fica no período da gravidez, rs


    com certeza vou incluir na minha listinha do skoob, para o ano que vem, rs


    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Dani!

    O livro parece ser realmente muito bom, aqueles que nos fazem refletir!

    Espero ter a oportunidade de lê-lo um dia... Não está no topo da minha lista, mas pretendo lê-lo em breve!

    Beijos,

    Ana M.

    http://addictiononbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do livros Kel, mas tbm falei sobre a capa podia ser mais retro por conta da data que se passa a história né!
    bjkas

    ResponderExcluir
  8. O livro sem dúvida é muito bom, pois ele retratou a família no seu estado mais sincero!
    bjkas

    ResponderExcluir
  9. Cada um dos personagens tem sua vez no livros e a história se interliga é bem legal!
    bjkas

    ResponderExcluir
  10. Eu tbm tinha outra idéia do livro por conta da capa, por isso até pensei que a capa poderia ser diferente para chamar mais atenção, mas ele escreve bem!
    bjkas

    ResponderExcluir
  11. Oi Amiga

    Adorei a resenha e amo livros que passam uma lição de vida, engraçado que pela capa achei que fosse auto ajuda mas é uma história e pelo jeito linda de se ler.

    Incluido na minha lista de desejados!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá Marco, tudo bem, obrigada, eu gostei muito desse livro pois Wellington aborda muito bem os conflitos de família!
    bjkas

    ResponderExcluir
  13. Tudo bem Dani e você?
    Interessante, acho vai ajudar algumas pessoas...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥