Resenha "Adultério"




Classificação

Título: Adultério
Autor: Paulo Coelho
Editora: Sextante
Gênero: Literatura Nacional/Drama
ISBN:9788543100456
Páginas:240
Livros enviado pela editora para resenha em parceria com o LJI.


Paulo Coelho autor nacional, mundialmente conhecido tem um uma narrativa densa e excêntrica, não podemos deixar de mencionar a bagagem que esse autor tem em seu currículo literário. Alguns aos atrás eu li em sequência vários de seus livros, Onze minutos, Veronika decide morrer, O Alquimista, Brida, As Valquírias, Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei, O Demônio e a Srta. Prym e entre outros que não me recordo agora. Não sou fã de carteirinha, mas algo na sua escrita que me chama muita a minha atenção.

No livro Adultério conhecemos a personagem Linda, 31 anos que faz jus ao nome, uma pessoa que tem um vida confortável e feliz... Marido que a ama muito, filhos lindos e saudáveis, estabilidade financeira e um emprego de Jornalista que era muito bem conceituada. Moram na Suíça na cidade de Genebra, conhecida como a cidade mais segura do mundo.

Mas alguns pensamentos começam a abalar a tranquilidade da sua rotina diária, assim como ela descreve um pensamento nefasto sobre a sua vida é posto em cheque-mate... "Então é isto"?! 
Ela tem tudo do bom e do melhor, marido que a ama perdidamente, viagens para qualquer lugar, uma casa linda, filhos com saúde. Por que ela se permitia a ter esses pensamentos, de que algo faltava em sua vida plenamente perfeita.

Linda descreve como ela começa a pensar seriamente na possibilidade de uma depressão, conversa com sua amiga que depois de procurar ajudar e tomar as pilulas da felicidade tem sua alegria de volta, mas ela nega que necessita de ajuda, ela tenta compartilhar esses sentimento que a assombra com seu marido, que se mostra solidário a ela, mas mesmo assim prefere ignorar esse amor.

E para piorar a situação ela entrevista um antigo ex-namorado dos tempos de escola, que hoje se tornou um politico de muito respeito e casado. Após ouvir atentamente tudo que ele tem a dizer sobre sua carreira Jacob  Konig, algo nela desperta de repente, um monstro que estava adormecido e que estava pronto para escapar a qualquer momento, e assim ela termina a entrevista realizando sexo oral dentro do gabinete sem sentir culpa pelo que acaba de acontecer.

Ela não se contenta com esse pequeno encontro, ela torna-se amante de Jacob, da forma mais baixa que uma mulher poderia se submeter, mas ela não liga, ela mesmo de define como Jekyll e Hyde. 

A história se passa em Londres, no século XIX, o médico e pesquisador Henry Jekyll acredita que o bem e o mal, coexistem em todas as pessoas. Após trabalhar incansavelmente em seu laboratório, consegue elaborar uma fórmula e usa em si mesmo como cobaia, como resultado, o seu lado demoníaco que ele chama de Mr.Hyde é revelado. Ele pensa que pode controlar ambas personalidades, porém ele descobre que o lado do mau ofusca por completo o que há de melhor em nós.

Em nome da sua libertação Linda coloca em prática todo o seu lado negro, para extravasar o Mr.Hyde que havia dentro dela, um mostro incapaz de racionar que as pessoas poderiam sofrer com sua atitudes impensada e irresponsável, e o que isso causaria nela mesmo.
Ela tinha planos de se livrar de tudo que pudesse impedir seu caminho, até mesmo a esposa de Jacob que entre aspas falando "achava o ciúmes um sentimento ridículo", mas que se sentiu ameaçada quando percebe o envolvimento de seu marido com a Linda.

Linda é uma personagem muito imatura, que não consegue encarar a sua própria vida, que ela mesmo define como perfeita, alguém que a veria de fora a julgaria como egoísta e insensível, confesso que pensei assim, revendo tudo que ela tem em sua vida, seria algo de uma mente fraca. Nesse livro não vamos encontrar uma história comum, é um livro onde ela descreve seu modo de encarar seus próprios problemas.

Esse livro tem uma leitura bem densa e muito forte, um drama psicológico que acontece em famílias que simplesmente ligam o piloto do relacionamento e não se comunicam. O sorriso falso, a felicidade falsa torna as pessoas frias e robóticas. E isso foi o que aconteceu com essa protagonista, que ao invés buscar ajuda ela decide ir de cabeça em um relacionamento extraconjugal sem medir as consequências.

Paulo Coelho sempre aborda temas de extrema polêmica, o adultério é um assunto íntimo e que desencadeia muita discussão e julgamento, o homem e a mulher que traí está em busca de um solução temporária para suas vidas consideradas fracassadas, na grande parte é assim que ocorre, li alguns artigos a respeito para poder resenhar e entender este livro.

O que me chama atenção nos livros de Paulo Coelho é a mentalidade e intelectualidade que o autor tem para discutir diversos assuntos, ele tem propriedades em aborda certos assuntos, a narrativa desse livro chega ás vezes ser bem técnica, mas nada que deixa e leitura ruim como em certos livros. O livro tem partes com conteúdo bem fortes, não é uma simples leitura hot, e não recomendo para menores de 18 anos.






15 comentários

  1. Eu nunca li nada desse escritor, tenho até um livro para ler, mas não tenho animo, não sei se um dia pego para ler, pois o livro nem é meu!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, não sei se eu leria, porém é sempre bom ver livros novos!


    amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto dos livros do Paulo Coelho, pelo menos dos dois que eu li rsrs. Gostei da resenha deste mesmo tenho um título que eu não gosto muito.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani,
    Os únicos livros que consegui terminar de ler do autor foi O Alquimista e O Aleph, os outros nunca consegui concluir, a intelectualidade é admirável, mas os personagens do autor são irritantes e imaturos em sua maioria. Reconhecido, o autor lançou mais este livro, que não desejo ler =/

    http://www.viajenaleitura.com.br/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida tudo bem, foi exatamente que pensei, os dois livros desse mês foram de autores que não lia a muito tempo, e resolvi escalar, eu gostei do livro mesmo sendo uma leitura bem pesada!bjkas

    ResponderExcluir
  5. Olá Danielle,

    Eu não gosto do estilo de livro e muito menos do autor, então vou passar esse livro....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. oi Dani, adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler o livro. parece ser realmente muito forte. Eu nunca li nada do autor, mas foi por uma preguiça por tabela, rs. Minha mãe comprou uma coleção de livros dele, e quando chegou no 3º empacou e tomou tanta preguiça do autor, que transferiu pra mim! rs
    Mas vou ver se pego um aqui (tem alguns aindas estão na embalagem, rs) e dou uma chance. Mas o ideal seria Adultério, porque chamou mesmo minha atenção
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Van/Blog do Balaio9 de abril de 2014 08:48

    Tem muito tempo que não leio nada do Paulo Coelho, já li uns 3 livros dele e confesso que gostei...não entendo porque tanta crítica com um autor que inegavelmente vende muito bem!

    Este livro está na lista de desejados, talvez seja o meu próximo da Sextante, estou mesmo com vontade de conferir.

    Beijo, Van - Blog do Balaio

    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca li nada desse autor e confesso que também nem tenho vontade, não faz muito o meu gosto. Mas enfim, a sua resenha ficou ótima, eu adorei <3

    Beijos.

    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Marco realmente Paulo Coelho não é todo mundo que gosta! bjkas

    ResponderExcluir
  10. Bruna a complexidade do autor assusta um pouco, as histórias são bem complicadas! bjkas

    ResponderExcluir
  11. Oi Van da uma lida sim, tenho por mim que leituras assim é bom para variar os gêneros! bjkas

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Larissa, realmente tem que curtir muito pra ler! bjkas

    ResponderExcluir
  13. Oi Dani!
    Como você já sabe, eu não gosto dos livros do autor mas adorei sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Dani, tudo bom? Eu nunca li nada do Paulo Coelho e já é a segunda resenha desse livro que leio essa semana. Confesso que a premissa do livro me deixou curiosa porque quero saber o que leva uma pessoa a ter uma atitude dessas. Enfim, só lendo para saber.

    Beijos!

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Paulo Coelho converge imaturidade em aprendizado, ao longo da leitura, vamos percebendo a sua perspicácia em desajustar o nosso antagonismo, mesmo em assuntos polêmicos...Gosto do estilo dele! Ótima resenha!

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥