Resenha "Desaparecida"


Classificação


Informações do Livro
Titulo: Desaparecida
Autor/a: Catherine Mckenzie
Editora: Leya
Gênero: Literatura Internacional/Drama
ISBN: 9788544100615
Páginas: 320
Livro enviado para resenha em parceria editora.

Oi galera tudo bem, quando solicitei esse e-book para resenha fiquei curiosa pela capa, mas a história correspondeu as minhas expectativas e  me fez pensar nas mudanças que a vida exige de nós, mesmo de modo brusco ou simples mudança de atitude.

O livro começa com Emma relatando o velório da sua mãe, filha única ela contava com amizade de infância de Stephanie e Sunsinhe amiga de sua mãe. Craig seu namorado também estava presente findando assim as poucas pessoas que Emma tinha mais contato, os primeiros dias sem sua mãe não foi fácil, mas era preciso seguir em frente.

"Ela me beija na testa e se vai, flutuando para longe de mim como fez muitas vezes antes. Sinto-me triste como sempre, mas, pela primeira vez, também um pouco esperançosa."

Depois de dias ela se reúne com advogado da empresa onde trabalha para lidar com herança da sua mãe, infelizmente com todos os gastos médicos o espolio não era grande, mas algo curioso foi informado a ela, sua mãe havia deixado um envelope com uma passagem aérea para Tswanaland na África ela tinha reservado essa viagem para Emma antes de falecer.

E ao recordar que havia prometido a mãe que faria essa viagem, o único empecilho seria deixar de lado sua promoção em ser sócia da firma de advogados que ela trabalhava e que tanto lutou para conseguir, mas ela toma decisão, e Matt chefe do departamento resolve liberá-la nessa viagem, seria somente um mês de ausência que tardaria em um ano sua promoção, mas ela precisava fazer essa viagem pela sua mãe.

Sunshine acompanha Emma até o embarque, apoiando a decisão e encorajando nessa empreitada, de forma a descobrir o que sua mãe queria com essa mudança tão radical. Mas algo aconteceu o que era para ser um mês duraram longos seis meses, sem qualquer comunicação com seus amigos e Craig. Ela tinha apenas como companheiros Karen e Peter funcionários da ONG que foram seus melhores amigos nessa turbulência.

Assim que ela chega ao destino ela fica muito doente, e incapaz de procurar qualquer tipo de ajuda ou comunicação, Karen e Peter cuidaram dela como uma filha. E quando o retorno dela enfim chega ela volta para sua vida em Londres, o que ela não esperava era que sua vida já não estava mais lá.

Ela tenta avisar do aeroporto Stephanie e Craig, mas se depara com sua conta de e-mail bloqueada, ninguém está a sua espera no aeroporto, e seu carro não está mais na vaga do estacionamento do aeroporto, mas não para por aí, seu apartamento foi alugado e todas suas coisas e lembranças foram perdidas, Dominic o novo morador mesmo contrariado fica penalizado e resolve ajudá-la. E assim ela passa a morar no apartamento junto com ele. Ao procurar a polícia ela descobre que haviam dado como morta, após verem que aconteceu uma catástrofe na África impossibilitando qualquer comunicação com seus amigos.

Muita coisa será vivida por ela, lutar para ter de volta tudo que perdeu Dominic a cada dia que passa com ela aumenta a afinidade, mas seu passado recente com sua ex impossibilita qualquer aproximação, por que Craig era coisa do passado e ela descobre isso da pior maneira possível.

Bom amigos a narrativa desse livro é bem tranquila e muita coisa acontece na vida de Emma que deixaria qualquer pessoa totalmente confusa e sem chão, literalmente ela junta seus cacos e tentar ter novamente a vida que deixou para trás a seis meses atrás, mas essa mudança trouxe consequências que seria difícil ela seguir em frente como se nada tivesse acontecido.

Tentar justificar a todos os seus motivos, se fazer entender por pessoas que achavam que ela havia simplesmente deixado todos por livre espontânea vontade, Craig é uma dessas pessoas que ao saber que ela tinha dado como morta segue sua vida, apenas sua amiga acreditava que algo estava errado e jamais desistiu de saber a verdadeira história.

A capacidade de resiliência dessa personagem é inacreditável, ela mesma tem certas resistência ainda em mudar e perceber que sua vida nunca mais será a mesma. Questionamentos que insistem em aparecer, lutar para ter sua vida profissional de volta, pois era algo em que ela sabia fazer muito bem, e que ajudaria a ter pelo menos um vestígio que sua vida ainda estava sobre controle.

Sua recente amiga Karem, assim como Step e Sunshine a orientam e dão a maior força nessa etapa de sua vida. Dominic também é uma peça que é acrescentada em sua vida, mas tudo demora de forma estranha, causando em mim dúvidas das suas verdadeiras intenções.

Sobre sua mãe fiquei sem entender quais eram suas reais intenções em querer que Emma fosse enfrentar essa viagem, ela mudou sim, ela não era mais a mesma Emma da sua vida antiga, mas senti falta do aprofundamento da autora nessa parte.

Recomendo a leitura do livro, é diferente e ao mesmo tempo dinâmico, a construção da trama em que ela envolve a personagem é perfeita, o final é corrido, mas a leitura me cativou!




7 comentários

  1. Oi Dani!
    Também fiquei curiosa quando vi a capa de Desaparecida,mas parece que ela não tem muito a ver com a história... Fiquei pensando sobre o desespero da personagem ao chegar em casa e descobrir que foi considerada morta! Sua resenha me deixou bem curiosa!
    Beijos
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Realmente é intrigante a situação de Emma no livro, eu gostei da narrativa. Espero que goste! Bjkas

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani



    Acabei lendo esse livro no final de semana passado e gostei muito da narrativa da autora, mas eu esperava mais do livro achava que teria mais momentos de reflexão e o livro acabou se tornando um chick lit com cara de filme de sessão da tarde rsrs



    Beijos


    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aline Gonçalves de Oliveira9 de outubro de 2014 19:03

    Oi Dani, tudo bom?

    Eu achei a proposta desse livro bem diferente e curiosa, mas não entendi porque a mãe dela quis que ela fizesse essa viagem. Nossa, nem imagino o que faria se isso acontecesse comigo e toda a minha vida fosse praticamente apagada. Acredito que a narrativa e a história me fariam gostar da leitura.
    Beijos!

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Luiza Elias Barbosa9 de outubro de 2014 19:45

    Que capa fofaaa desse livro, acho que é a primeira resenha que leio e já me interessei.

    Bjs

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Dani!
    Nossa, a história é bem diferente do que eu imaginava haha
    Gostei :)

    ResponderExcluir
  7. Ele já me ganhou de cara!Só pela capa!
    Mas depois de ler a sinopse quis mais ainda!Adoro livros desse tipo(Chick-lit né?!sempre me confundo com os gêneros,mas li em algum lugar que esse livro era mais pra chick-lit do que outra coisa rsss)
    A históra deve ser bem intrigante!Fiquei me imaginando nessa situação!
    Quero mto ler!
    Bjus
    suelenmendes27@hotmail.com

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥