Resenha "Proibido"


Classificação 

Título: Proibido
Autor/a: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Gênero: Literatura Internacional/Romance e Drama
ISBN: 139788565859363
Meta de leitura 2015

Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.
Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.



Olá amigos tudo bem!

Essa é a resenha mais intensa que já escrevi até hoje no blog, depois de ler muitas resenhas e opiniões divergentes sobre esse livro, resolvi tirar a prova e ter minhas próprias impressões!
F
O livro é narrado em primeira pessoa intercalado entre Maya e Lochan os irmãos mais velhos da "família Whitely que vivem em Londres e tem mais três irmãos mais novos Kit, Tiffin e Willa e uma mãe que para mim é totalmente irrelevante citar o nome, tamanha minha indignação sobre esse personagem no livro.

A vida dessas crianças é regada de completo descaso e sofrimento, Maya e Lochan tentam manter a sanidade que resta em suas mentes para manter a família unida e suportando uma mãe displicente e totalmente irresponsável, o pai pulou desse navio o mais rápido que pode, evitando os filhos como se nunca tivessem existido.

Eles vivem para manter os estudos em ordem, e cuidar dos irmãos, educando, ensinando, alimentando e mantendo fora de perigo, pois a mãe vive em um mundo onde ela ignora totalmente a existência dos seus filhos, vive bêbada pelos cantos, em um estado de puro desleixo e  vergonha correndo atrás de Dave um homem casado.

Com todos esses percalços da vida um amor surge entre Maya e Lochan, um amor proibido e impossível, onde cada dia mais cresce unindo essas duas almas aflitas de carinho e amor, um sentimento que ultrapassa qualquer romance banal.

Lochan é um adolescente de 17 anos que carrega a responsabilidade de um pai, cuidando de seus irmãos, sofre de transtorno de ansiedade e não tem um bom convívio com seus colegas de colégio, fazendo que se torne retraído e hostilizado pelos demais. Maya tem 16 anos e também carrega a responsabilidade de mãe, amando e mantendo seus irmãos sempre unidos, por sua vez ela tem mais consciência da vida e um amadurecimento maior. Kit tem 13 anos e como todo pré-adolescente faz de tudo para ser o centro das atenções, fazendo que seus irmãos fiquem sempre em alerta com suas confusões e comentários mordazes. Tiffin de 9 e Willa de 5 anos são os mais novos e que mantem ainda a inocência da infância, crianças puras que ainda não sabem o que esperar do futuro incerto.

Como uma coisa tão errada, pode parecer tão certa?

Tabitha nesse livro nos transporta para uma história intensa e dolorosa, o foco do incesto deixa de ser algo impressionante, quando percebemos que o descaso para com essa família é muito mais grave, a falta de estrutura moral e psicológica é imensa, arranca boas lágrimas no decorrer da leitura, e vários fatos no livro nos faz refletir em certas atitudes egoístas e mesquinhas de nossas vidas.

Eu pensei que fosse ficar chocada, ou até mesmo imaginar que pudesse acontecer com meus filhos, como muitos falaram para mim, mas passou longe esse tipo de sentimento. Primeiro por que a família dessa história tem uma convivência atípico, e que a sucessão de acontecimentos levam a terem esse tipo de aproximação.

Muito preconceito pode rolar a respeito do tema principal que é o incesto, por ser uma situação extremamente delicada, mas que carrega consigo uma estrutura familiar sem qualquer atenção e conscientização, os personagens nunca se olharam como irmãos e isso facilitou a união.

Leia esse livro sem medo, ele foge totalmente da zona de conforto de qualquer leitor, é um desafio enorme chegar ao fim, mesmo sabendo que existe somente um final para esse tipo de relação. Ele me deixou com uma ressaca enorme, nunca uma leitura exigiu tanto a minha atenção, mesmo sendo tão simples e ao mesmo tempo tão complexo.

É uma história de um amor proibido, cheio de obstáculos, incertezas, dúvidas com personagens que sofrem conflitos internos intensos e que fazem o possível para tentar apenas sobreviver.




32 comentários

  1. Andressa Menezes4 de maio de 2015 11:36

    Oi Dani

    Ai eu amei demais esse livro, tinha horas que torcia para ficarem juntos, tinha hora que dizia que era errado a a frase que mais gosto no livro é "Como uma coisa tão errada, pode parecer tão certa?" os dois moram no meu coração queria muito continuar tendo noticias dessa família queria muito um segundo volume porque o final dilacerou meu coração, como vc mesma disse o final não tinha como ser difirente.



    O livro fala sobre o amor entre duas pessoas e ponto, nada de questionar se é certo ou errado ou em que condições seria possível isso mostra como entender o amor em sua essência seja ele entre dois irmãos, dois homens , duas mulheres e até mesmo homem e mulher esse livro mudou minha maneira de pensar e acho que quebrou preconceitos dentro de mim por isso amo demais ;)



    Beijos



    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani, tudo bem?
    Adorei a sua resenha e fiquei com ainda mais vontade de ler esse livro.
    Acho que pela situação da família ser complicada, o incesto acaba ficando em segundo plano - para aqueles que não se chocam tanto.
    Já coloquei ele na minha lista de leituras e espero poder ler logo!
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani, tudo bem? Sempre vejo as pessoas falando o quanto ficaram desvatadas com essa leitura e quero muito ler. Quero muito conhecer a história dessa família, e principalmente da Maya e do Lochan que desde cedo já receberam tantas responsabilidades, cuidaram dos irmãos quando a única obrigação deles eram de ser adolescentes... acho que por causa disso nem dá para julgar a aproximação deles dessa forma.

    Acho que um livro excelente para fugir da zona de conforto e nos fazer questionar o que é certo ou errado. Para mim é um amor entre duas pessoas, ponto, mas é lógico que a sociedade não vê assim. Também é um livro que nos trás várias reflexões.

    Enfim, quero muito ler e me emocionar tanto quanto já vi várias pessoas dizendo que ficaram.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    http://vamosfalarlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani...
    Vi muitas opiniões sobre este livro também, mas confesso que só vi resenhas positivas, principalmente da Dressa e Bruna. Estou muito curiosa de tanto que elas falam e agora depois de sua resenha.
    É um desafio ler com certeza essa obra, que deve fugir de todos os padrões. Esse quote escolhido ficou bem conhecido rs
    Queria saber todos os acontecimentos que levaram eles a se gostarem assim. Ótima resenha.


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Dani!!
    Ai, falar desse livro é tão difícil pra mim.
    Pra você ter uma ideia, eu nem ao menos consegui escrever uma resenha dele de tanto que mexeu comigo.
    Sei que são desses sentimentos que saem as melhores resenhas, mas foi demais pra mim. Simplesmente não consegui me permitir reviver todas as emoções e sentimentos que senti durante essa leitura.
    Eu também achava que fosse ficar chocada ou até mesmo horrorizada com esse livro, por ele ser incesto, mas o sentimento entre Lorchan e Maya é tão puro, tão ingênuo e verdadeiro que é impossível sentir algo que não seja amor, não é?
    Fico feliz por você ter gostado e ter mantido a mente bem aberta durante essa leitura =)

    Beijos, Dani!
    Garota Liber

    ResponderExcluir
  6. Esse com toda a certeza foi o melhor livro que eu li esse ano, acredito que em 2015 não vai ter outro pra me deixar tão devastada quanto este me deixou.
    Esse livro mexeu demais comigo,eu conseguia sentir tudo que os personagens passaram, e se bobear só de pensar nele eu choro..
    eu chorei, chorei, chorei.. fiquei por um bom tempo em estado de choque..
    mandei mensagem para uma amiga que também curte livros e acredito que ela me achou meio louca, porque eu não podia contar muita coisa e não estragar a surpresa quando ela ler..


    Em muitos momentos o livro me fez duvidar de mim mesma, quanto ao que eu acho certo e errado.. o livro fala de amor.. e é lindo..

    ResponderExcluir
  7. Quero muito ler esse livro. Quero saber como se desenrola toda essa história. Essa questão do incesto, da negligencia dos pais. me parece que se trata de uma família, o que existe aos monte por aí.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Dani, proibido foi a minha melhor leitura do ano até agora.
    Fiquei apaixonada, terminei de lê-lo num turbilhão de sentimentos e completamente
    mexida, o livro me fez refletir e mexer nos meus conceitos.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  9. Catharina Mattavelli5 de maio de 2015 16:11

    Olaaa
    Eu sou louca para ler o livro, faz tempo e sempre leio resenhas do livro e fico cada vez mais curiosa, a capa é linda e sua resenha esta ótima.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  10. Angélica Felix Lima5 de maio de 2015 17:42

    Oi Dani, tudo bem?

    Quero ler este livro para tirar minhas próprias conclusões a respeito dele.

    Imagino como deve ter sido para a Maya e o Lochan criar os irmãos.
    E quanto ao incesto pode até ser chocante e um tanto polêmico, mas todo mundo assiste/lê GOT e acha normal certo? Então não há motivos para deixar de ler o livro.

    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Dani, olhando a capa eu nunca imaginaria a história que se esconde dentro dessas páginas, quando você falou da intensidade dela eu não levei muito a serio, bem, até ler sua resenha. Eu entendi muito bem todos os seus sentimentos mesmo sem ter lido o livro! M encheu de vontade!

    Otima resenha

    beijos

    cheireiumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Dani! Sempre leio opiniões muito intensas sobre o livro, já tive vontade de ler, passou, e agora estou curiosa de novo. O tema não é dos melhores para mim, não consigo imaginar como esse tipo de amor pode nascer entre irmãos, é alem do meu entender! talvez seja mesmo o descaso da mãe e o excesso de responsabilidade deles, mas... Sei lá, não me parece crível!! Bom, não vou julgar sem ler antes e realmente sai da zona de conforto de qualquer leitor!

    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Fernanda Zanetti5 de maio de 2015 19:42

    Sou louca por esse livro!!!1
    Amo a editora sempre com ótimas historias ,bjus

    ResponderExcluir
  14. Oii Dani...
    Amei a sua resenha menina... Quando me sugeriram para ler esse livro eu fiquei com os dois pés atrás, maldito preconceito né... mas eu estou muito curiosa com a historia e pensando seriamente em lê-la


    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    A algum tempo atrás eu li uma resenha incrível sobre esse livro que na verdade eu tinha muito receio de ler, mas que depois que li essa resenha eu simplesmente tinha que realizar essa leitura.
    Comprei o livro a algum tempinho e estou só esperando um tempinho para ler pois sei que é uma leitura que deve exigir um pouco da gente.

    Beijão :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  16. Roberta Ferreira5 de maio de 2015 23:32

    Olá =)

    Tenho visto muitos comentários sobre esse livro, mas não sei se quero ou não lê-lo. O tema é bem polêmico, isso me interessa e chama atenção. Mas acho que irei ficar impressionada demais sabe? Enfim, parabéns pela resenha. Adorei, mas continou em cima do muro. HAHHAHA

    Beijos,
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Dani,
    Este livro está na minha wishlist faz um tempinho!
    O q m incentivou a ler foi uma das resenhas q li, q falava assim q nem a sua, um livro instigante, q nos tira da nossa zona de conforto!! Um amor forte e duros obstáculos.
    Bjos
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  18. Just Chapter One6 de maio de 2015 15:52

    Olaaa, tudo bem?
    Eu sou maluco por esse livro,ainda tenho de o ler mas fico sempre com muita curiosidade, a capa é linda e sua resenha esta muito informativa e muito boa :) Muitos parabéns

    ResponderExcluir
  19. Eu li duas resenhas muito boas desse livro. Uma da Kris e agora a sua. Eu tinha meio o pé atrás com a estória. Não tanto por ter preconceito com o tema, mas porque achei que a narração podia me deixar incomodada de alguma forma.
    Depois dessas resenhas, vou deixar de lado a dúvida e ler! ;)

    ResponderExcluir
  20. Definitivamente preciso ler esse livro, só de ler a resenha fiquei comovido pela história desses dois. E preciso saber como vai terminar isso. Irmãos que se apaixonam! Esse livro tem que ser mesmo muito bem escrito… agora estou curioso… amei a resenha

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu fiquei curiosa com esse livro desde quando o vi pela primeira vez, pois a capa é muito linda, então começou uns comentários super positivos sobre ele na blogosfera e dai eu fiquei louca por ele, sabe? kkk Mas infelizmente ainda não tive a chance de ler, espero que um dia eu tenha e goste tanto quanto você.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Aline Gonçalves7 de maio de 2015 22:57

    Oi Dani, tudo bom?

    Esse livro já está na minha wishlist há um certo tempo e sei que os irmãos vão me cativar e emocionar. Antes de ler todo mundo só fala no incesto, mas acho que o livro é mais que isso. É sobre um amor que foge às refras e que tem que passar por muitas provações. Espero ler em breve e quero ser conquistada pela narrativa da autora.

    Beijos,

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Dani! Eu sempre achei incesto algo errado e inaceitável, mas este livro me fez viver algo contrário a opinião que sempre tive, não vi a relação dos irmãos como algo impuro, eles seguiram o único caminho que a vida lhes deu e aquilo não era errado, era amor, surgido da dor e da necessidade de manter manter a família unida. Um livro inteligente e que levanta questões morais importantes.

    Bjos!! Cida

    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  24. Maria Cecília Vieira10 de maio de 2015 20:09

    Morrendo de vontade de ler esse livro, porque todo mundo fala que ele é maravilhoso e que por mais que aborde um tema denso, é uma leitura prazerosa e inesquecível. Pena que já descobri um spoiler monstro desse livro, mas enfim. Acho que vou gostar muito da leitura. Adorei a resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Bom, não curti huahuahuahuahua e você já sabe porque. O casal não me convenceu e, como vc disse, o final era um só e eu já sabia desde muito, muito cedo. Não chorei, não fiquei de ressaca, mas, realmente, é um livro bem difícil de ler.


    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  26. Olá.

    Bom este livro é meio polêmico, tem gente que gosta tem gente que não gosta, eu estou no time dos que não prefere arriscar, pois a temática abordada é bem pesada, pois fala de amor entre irmãos incestos, e esse tema não me agrada, nem mesmo na literatura.

    Parabéns pela resenha.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi Dani... minhas estruturas ficaram bem abaladas com a leitura deste livro, também tive uma bela ressaca e em muitas partes me emocionei e fiquei completamente consternada com por essas crianças... o abandono que a "mãe" delas causou é totalmente sem comentários tive vontade de estrangulá-la.... mas enfim... entendi os fatores que levaram os mais velhos se olharem de forma diferente... eles tiveram que tomar a rédia da situação que era totalmente inviável para eles... enfim foi uma leitura bem intensa... densa e que causou um aperto no meu coração... xero!!!

    ResponderExcluir
  28. Não tinha visto resenha desse livro ainda, mas sempre percebi a divergência de opiniões em alguns comentários... Eu não sabia exatamente qual era o tema da estória, mas agora entendo o porquê do livro dividir tanto as opiniões; é um assunto polêmico. Eu leria numa boa, de mente aberta, e talvez seja por isso que muita gente não gostou, pois não têm a mente aberta. Ainda mais polêmico que o incesto é o preconceito dessa gente...
    Mas enfim, deve ser uma leitura muito intensa mesmo, me imagino tendo ressaca também depois de fazer a leitura do livro e espero poder lê-lo o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  29. Oie Dani!!!

    Nooooossa!! Já tinha visto essa capa, achado a capa linda e tal... mas nao tinha lido nem sinopse e nem nenhuma resenha... nunca me passou pela cabeça q incesto seria seu tema...
    Sinceramente, me assustou no início... é uma abordagem muito complexa q mexe com um instinto natural de achar muito estranho...
    Mas, sua resenha fez com q eu ficasse pensando no porque esse sentimento cresceu entre os irmãos. Qdo vc fala da mãe de maneira bem repudiante, já da pra perceber q ela tem uma boa parcela de "culpa".
    Fiquei curiosíssima pra saber como termina e certamente o lerei.
    Ótima dica!

    ResponderExcluir
  30. Já avia lido a resenha desse livro em diversos blogs, e quando li fiquei super curiosa para poder ter esse livro em minhas mãos. Estou super ansiosavpara poder ler a sua narrativa, conhecer os personagem e saber o decorrer dessa história que parece ser incrivel. Mas enfim, estou super curiosa e entusiasmada para poder ler essa historia que parece ser super envolvente e um tanto peculiar.

    ResponderExcluir
  31. Oi Dani, eu só li até hoje resenha positivas sobre este livro e logicamente muitas críticas nos comentários. Eu ainda não li, tenho curiosidade, mas também um pouco de receio. Como você disse, esse livro é bem fora da zona de conforto. Eu já sei o final então sei que se um dia eu ler, provavelmente também vou ficar com uma boa ressaca.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥