Pensando Alto "Passeando Pelos Livros da Amiga"



Fala galera, tudo bem?

Não sei se vocês sabem mas eu passei uma semana no Rio de Janeiro fui matar a saudade que tinha da minha cidade natal. Sim, eu sou carioca!

A minha viagem foi muito legal, inclusive eu conheci pessoalmente a Dani, e pude dar uma bisbilhotada na estante dela, além é claro de conversar por horas a fio sobre vários assuntos, tendo uma tarde muito agradável com minha querida amiga! Conheci também outras amigas blogueiras em um encontrinho na Starbucks adorei o bate-papo legal com a Kel do Por Uma Boa Leitura e a Mari do Cantinho de Leituras da Mari.


Mas os livros que vou mostrar aqui não são delas, mas sim da minha querida amiga Michelle (que a Dani conheceu e ficou carne e unha) onde eu fiquei hospedada (obrigada amiga!), ela sempre me incentivou muito a ler, mas os nossos gostos são completamente diferente, ela curte livros mais clássicos e são totalmente diferentes do que eu estou acostumada ler e sinceramente não sei se um dia eu leria, mas achei legal mostrá-los aqui, por isso eu convidei a própria Michelle (ou Mih para os mais íntimos) para contar um pouquinho sobre eles para vocês!


Com Vocês... Michelle!

Olá. Bom dia. Boa tarde. Boa noite. Depende da hora que você está lendo. Gosto de ser democrática. Meu nome é Michelle e Flávia, autora do blog e também minha melhor amiga, resolveu me convidar para falar um pouco sobre o meu gosto literário, sabe, para variar um pouco já que temos gostos opostos. Tão diferente que as vezes é tachado de chato e metido. Mas eu não sou metida! A não ser medita a engraçadinha...

Bom, comecei a ler bem cedo. Meus pais dizem que foi aos 2, mas não tem como eu lembrar. O que eu lembro foi de ter começado com gibis e contos de fada (ahá Flavinha! Já li estórias de princesas e por essa você não esperava!), Turma da Mônica e blá. A real é que sempre gostei de ler qualquer coisa, até surgir a internet para me deixar mais seletiva. Cheguei na pré-adolescência e continuei nos gibis, porém passaram a ser de super-heróis, mas também me aventurei em alguns autores brasileiros como Machado de Assis, Fernando Sabino e até Paulo Coelho.

Na adolescência, de fato, o tempo começou a ficar mais curto, as distrações só aumentavam e livros foram ficando de lado. Mas ainda insisti nos gibis. Na época, eu era frequentadora de bancas e sebos e vivia persuadindo as minhas amigas a me acompanharem nesse hobby. Foi em vão. E agora, quem é que fica ansiosa (além de mim, é claro) pelo próximo filme da Marvel a estrear hein?

Agora estamos aqui, na fase adulta (risos). Eu estou na universidade e o único tempo que tenho para ler é durante as minhas viagens até ela. Mas a paixão pela leitura parece que só aumenta, sabe? Os livros me divertem, me distraem, me desafiam e me dão conhecimento, nem que seja sobre BSDM, mas a minha queda mesmo são por clássicos, ficção científica e Homem-Aranha para não perder o hábito.

A Flávia recentemente veio me fazer uma breve, mas muuuito breve, visita e se interessou por alguns e pediu para eu contar sobre eles.

Eu geralmente compro meus livros pela internet, mas admito que sou uma traça e adoro um sebo. Como eu disse, gosto de clássicos, então a maioria dos livros que eu compro são aqueles que todo mundo já ouviu falar alguma vez na vida. Mas também gosto de me atualizar e assim mantenho uma lista de livros desejados em que acrescento todo mês 1 ou 2 ou 3 livros.

Enfim, vamos ao que interessa: os livros que estão aqui na minha escrivaninha.

1- Zazie no Metrô de Raymond Queneau.

Ed. Cosac Naify

Havia bastante tempo que queria comprar, não só pela historia, mas por todo o trabalho gráfico que a editora teve e foi uma promoção da própria editora que me deu essa oportunidade. Paguei só 10 reais.

É em papel bíblia e com cartazes da década de 50 entre elas que é contada a história de Zazie que vai visitar o tio em Paris que tem como sonho andar de metrô e usar uma calça jeans pela primeira vez! Mas o metrô esta de greve e ela se aventura sozinha na cidade-luz dos anos 50.




2- O verão perigoso de Ernest Hemingway.

Ed. Bertrand Brasil

Depois que li Paris é uma festa do Hemingway, declarei que apesar de o único dele que havia lido, já era um dos meus autores favoritos. Desde então tento fazer a minha coleção do Papa Hemingway. Assim como em Paris é uma festa, esse livro também vai contar uma parte da vida de Hemingway, só que dessa na Espanha em 59. Ele relata sobre as touradas e correlaciona a vida pessoal dele com esse esporte.

Aproveitei uma Black Friday da vida nas Lojas Americanas e paguei uns 7 reais por ele.




3- Grandes Esperanças de Charles Dickens

Ed. Landmark

Grandes esperanças é um dos romances mais conhecidos de Dickens. Nele é contado a estória de Pip, órfão e pobre que tem sua vida mudada por causa de um “patrocinador” anônimo. Pip não é herói, e humano e o livro conta seus erros e acertos, suas relações amorosas e fraternas ao longo de sua vida. Um novelão, mas que é incrível de acompanhar!

Essa edição da Landmark é bilíngue o que me deixou mais animada assim consigo treinar o inglês. Paguei 10 reais no Submarino.




4- Crime e Castigo de Fiódor Dostoiévski

Ed. Editora 34

Neste livro, Raskólnikov, um jovem estudante, pobre e desesperado, perambula pelas ruas de São Petersburgo até cometer um crime que tentará justificar por uma teoria - grandes homens, como César ou Napoleão, foram assassinos absolvidos pela História.

Comprei esse livro por um grupo de vendas de livros no Facebook. Só 15 reais! Novinho!

Ps: Copiei a sinopse por motivos de: ainda não li!




5- Persuasão de Jane Austen

Ed. Zahar

Sou fã da Jane e não nego, tenho quase todos os livros e adoro tudo o que ela escreveu. Apesar de Orgulho e preconceito ser meu xodó, essa edição é especial pois é comentada e ainda contem 2 novelas da Jane!

O livro conta a estória de Anne e Frederick e do amor deles. É isso, não tem muito mistério, os livros da Sra. Austen falam sobre estórias de amor e sobre os costumes do século 18 e 19. Mas é a escrita que faz a diferença, toda a ironia contida que da o charme especial em seus romances. Jane Austen diva! Levei ele com 50% de desconto na Travessa!



6- Mrs. Dolloway de Virginia Woolf

Ed. Cosac Naify

O livro conta a estória de um dia na vida de Clarissa Dolloway. Fala sobre sua família, seus amigos, suas convicções, seus questionamentos e todo seu contexto londrino do início da década de 20.

Woolf muda a continuidade e o narrador a todo o momento, fazendo com que se demore para pegar o ritmo do livro. A leitura é desafiadora, porém riquíssima.






7- Vinte mil léguas submarines de Jules Verne

Ed. Zahar

Jules Verne é simplesmente o pai da ficção científica! Ele conseguiu predizer alguns avanços científicos e até a viagem à Lua.

O livro fala sobre o capitão Nemo e sua tripulação em um submarino e sua relação com um monstro marinho que vem destruindo embarcações e assombrando os oceanos. No meio desse conflito esses homens descobrirão mais sobre a flora e fauna marinha, passarão por grandes emoções numa viagem de 20 mil léguas.

Comprei na Estante Virtual por 8 reais!!


8- Os irmãos Karamazov também do Fiódor

Ed. Martin Claret

"Taí", uma leitura complicada! Não por ser grande e talvez difícil, mas por causa do momento que me encontro. Enfrentar um calhamaço desse vai uma tremenda dor na consciência.

A narrativa põe em foco três protagonistas irmãos, representantes dos mais diversos aspectos da realidade russa - o libertino Dmítri, o niilista Ivan e o sublime Aliocha, a fim de alumiar as profundezas insondáveis do coração entregue ao pecado, corrompido por dúvidas ou transbordante de amor.

Foi só 16 reais na Sub.


9- Os Embaixadores de Henry James

Ed. Cosac Naify

O livro mais lindo da minha pequena coleção e outro calhamaço para me tirar o sono.

Na busca do “romance perfeito”, onde a composição vale mais que a história, Henry James nos apresenta uma história banal, escrita em primeira pessoa. Louis Lambert Strether é um circunspecto americano de meia idade que viaja à Europa com uma missão: resgatar Chadwick, o filho desencaminhado de Mrs. Newsome. O jovem Chadwick deve voltar a Woollett, Massachusetts, para assumir os negócios da família. Nessa empreitada, entretanto, é Strether quem quase acaba se perdendo, primeiro em Londres, depois em Paris, seduzido pelo glamour e pela sofisticação do mundo europeu.

"Cês" podem acreditar, paguei 25 reais na Livraria Cultura.

Bom, é isso. Um pouquinho do meu gosto literário. Espero que tenham gostado! Beijos de luz.

Meus queridos eu (Flávia) espero muito que vocês tenham gostado deste post diferente, é sempre bem legal dar aquela vasculhada nas coisas "dazamigas" e poder ver as coisas diferentes que temos, acredito que o que faz a amizade durar cada vez mais é saber apreciar as diferenças, há muito tempo atrás eu não lia quase nada, e a Mih (só para os íntimos) vivia me pentelhando para ler os gibis dela (como ela falou mais acima) e hoje sou apaixonada pelos filmes da Marvel e sinceramente espero poder ler em breve as HQs (preciso ter uma grana para isso já que as edições mais bonitas são caras) e podem ter certeza que assim que ler contarei em detalhes para vocês. A mensagem que quero passar para vocês hoje é: Incentivem seus amigos a ler, procurem mostrar algum livro que se encaixa na personalidade dele, a Mih nunca exigiu que eu lesse livros que ela sabia que eu não gostaria, mas nunca deixou de me incentivar a ler, e hoje não só leio como escrevo sobre o que leio.Então é isso, um grande beijo e até a próxima!

PS: Vocês gostaram da escrita da Michelle? Eu sempre incentivo essa cabeçuda a ler e ela sempre se recusa, e por um milagre ela aceitou, se vocês acham que ela deve continuar a escrever deixem um comentário bem legal pra ela aqui embaixo!
Top comentarista Junho

25 comentários

  1. Eu também comecei dessa for, lendo gibis e contos de fadas, principalmente contos de fadas, não sei com que certa idade comecei a ler mais sei que esta paixão vem desde cedo crescendo em mim.
    Foi um post bem legal, adorei! E sinceramente nada melhor que se encontrar com as amigas.

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei conhecer o gosto e um pouco da história da Michelle. Ler gibis é clássico para nós, crianças do início dos anos 2000 kkkk. Adorava e ainda tenho algumas que amo ter como objeto de coleção. Eu lendo o post imaginei uma conversa bem informal e super legal. Amei de coração. *-*

    ResponderExcluir
  3. Eu não tenho o costume de ler clássicos, mas estou acompanhando umas séries da bbc1 que são baseadas e estou querendo ler muito, como Sherlock, Rei Arthur e Os Três Mosqueteiros. Dom Quixote é um clássico que eu preciso tomar vergonha na cara e ler completo!
    Eu tenho curiosidade em ler Vinte Mil Léguas Submarinas (e toda obra do Júlio Verne de preferência) e pretendo ler algo da Jane Austen ainda esse ano!

    ResponderExcluir
  4. Oii Flávia, oi Michelle! Tudo bem?!

    Apesar de eu ter um grande apego por YA, diversos dos escritores que vc citou simplesmente me encantam!! Eu pretendo começar a ler Charles Dickens o mais rápido possível. Na série "As Peças Infernais" da Cassandra Clare, tem tanta referência ao livro "Um Conto de Duas Cidades" que eu não consegui não ficar curiosa, você já leu este? É bom?! Ah, esta capa de "Grandes Esperanças" é tão linda ♥.

    Bjinhoos,

    www.respirelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Maria Cecília Vieira15 de junho de 2015 23:11

    Olá, meninas! Adorei conhecer mais um pouco sobre a Michelle. Mas então, adorei o post diferente, porque por mais que eu conheça alguns desses livros, ainda não li nenhum deles, então isso me deu vontade de mudar esse detalhe. E sim, Michelle, você deve continuar a escrever!

    ResponderExcluir
  6. Olá Mirian! É verdade, nada melhor. Ainda mais se ela morar beeen longe rs. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Ramiro! Acho que a turma da Mônica formou parte do meu caráter de tanto que eh lia! Hahahah. Ultimamente tem saido edições colecionáveis de historias já publicadas. Vale a pena ter na estante!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Giovana, segura essa forninho e vá ler dona Jane Austen que é puro amor!!! :P

    ResponderExcluir
  9. Oi Maira!! Esse eu ainda não li, mas pq ainda não encontrei pra comprar :( Tô querendo muito!!! Hehe
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá Tainara! Então, em Belém também é luxo ter sebo, uma pena. Mas hoje em dia tem o site estante virtual. Sempre que posso compro por lá, aliás a minha edição de Orgulho e Preconceito achei no site e foi bem baratinha :)

    ResponderExcluir
  11. Oi Maria! Pode parecer contraditório, mas sair da zona de conforto faz a gente definir melhor o nosso estilo. Eu leio de tudo, mas no final acabo preferindo ficção cientifica principalmente sobre robôs hahahaha
    pois é!

    ResponderExcluir
  12. Oi Kemmy!
    Deixa eu compartilhar que ontem eu peguei o ônibus errado (porque dá mais voltas) e por causa da demora terminei de ler as 200 e poucas páginas que faltava pra eu terminar meu último livro hehehehhe


    Bjs!!

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia este site,compro sempre pelo Submarino ou Saraiva,só que o frete tá um absurdo,então torna inviável a compra.
    ;)

    ResponderExcluir
  14. Aventuras No Mundo Literário17 de junho de 2015 22:54

    Oi meninas, eu acho muito legal esses laços de amizades. A própria bíblia diz que, tem amigo que se apega mais que um irmão. E isso é verdade, e nada mais gostoso do que se reunir com nossos amigo, principalmente para conversar sobre livros!hahahaaa...
    Também comecei a ler cedo, mas minha mãe não gostava muito, então eu batia recorde de pegar livros na biblioteca na escola!
    Não tenho hábito de ler clássicos, mas confesso que tem alguns que tenho curiosidade de ler. Sua seleção está bem interessante. Infelizmente minhas amigas não gostam de ler, mas minha filha é minha companheira de leitura!! Gostei muito do seu post, deveria escrever mais vezes! E parabéns pela amizade de vocês!! bjus

    ResponderExcluir
  15. Oi Flávia, tudo bem?

    Adorei conhecer um pouco da estante da sua amiga Michele e realmente o gosto dela é bem voltado para os clássicos. O que eu acho bem interessante, mas também não sei se um dia lerei. Acho que os únicos que eu realmente quero ler é Grandes Esperanças e Persuasão.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Que legal a sua filha te acompanhar na leitura! Queria que a minha mãe gostasse de ler rsrs
    Obrigada pelo elogio. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi Ana Caroline!
    Jane Austen é sempre um bom começo para quem quer começar a ler clássicos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Flávia, Oi Michelle!!
    Eu tb sou carioca e moro em Brasília há 5 anos. Amo o Rio, mas confesso q cada vez menos tenho vontade de ir pra lá. A única coisa q me faz ir é a minha família.
    Bem, não sou tãaao fã de clássicos, mas tb não os deixo totalmente de lado. Leio de vez em qdo pra não perder o costume. Dos q vc citou, li apenas alguns de Jane Austen (claaaaro, diva é diva!)
    Ah!!! Michelle!! Vc escreve super bem!! Vamos colocar esse exercício como rotina!! rrsrs Adorei!!!
    bjo procês!!!!

    ResponderExcluir
  19. Oi Thaís!! Comigo acontece a mesma coisa. Amo Belém, mas só tenho vontade de ir por causa da minha família e dos meus amigos (especificamente a Flávia!!).
    Obrigada pelo elogio, tô começando a acreditar! hehehhe
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Nossa, eu tb to numa vida corrida que so tenho tempo de ler qdo estou no bus e metro! Bom ate que a viagem passa mais rapido ne?
    Eu comecei a ler nem sei qdo tb, mas sempre gostei demais, hoje em dia leio mais livros, mas antes lia mtos gibis, na epoca era mais barato ne?!
    Adorei a coluna e conhecer outras blogueiras, os livros da sua estante eu nao conhecia, foi bom ler um pedacinho sobre oq fala cada um!
    Bjaooo

    ResponderExcluir
  21. Adorei a estante da Michele!!! O gosto dela é bem parecido com o meu!! ^^ apesar de adorar muitos dos livros atuais, ainda gosto de ter um pezinho nos clássicos pois foram eles que me acompanharam durante a infância e adolescência, principalmente Jules Verne e o meu querido Alexandre Dumas!! Meus paia contavam que eu aprendi a ler cedo, antes mesmo da minha irmã mais velha. XD Bjoo

    ResponderExcluir
  22. Eu nunca li gibis, quando eu era mais nova eu odiava ler, peguei o costume pela leitura quando tinha uns 14 ou 15 anos

    ResponderExcluir
  23. Os gibis estão muito caros!!! :(

    ResponderExcluir
  24. Adoro "O conde de Monte Cristo"!!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Meu irmão só tá pegando gosto agora também, com 13!! Mas eu dou uma insistida! Hahahah

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥