Resenha "Billy e Eu"


Classificação

Informações do livro
Titulo: Billy e Eu
Autor/a: Giovanna Fletcher
Editora: Phorte
Gênero: Romance
Livro resenha por Carol Piazarolli.

Billy e Eu - Quando você tem o namorado dos sonhos tudo deve estar perfeito, certo? Então, por que não está? Questiona Sophie May. Quando Sophie e Billy se conheceram e se apaixonaram, ela pensou que estava vivendo em um conto de fadas. Afinal de contas, Billy é um ator, um galã adorado por adolescentes em todo o mundo - e ele ama Sophie. Ela é a única garota para ele. Mas estar nos braços de Billy tem um preço. Este relacionamento tem deixado Sophie no centro dos holofotes, após anos mantendo-se afastada de atenção. Será que ela poderá lidar com todo o assédio resultante de estar com Billy? Mas acima de tudo, estaria ela preparada para que sua mágoa seja descoberta por toda a nação? Charmoso, emocionante e super-romântico, Billy e Eu irá capturar completamente o seu coração.

Billy e Eu é o primeiro livro da autora lançado no Brasil, e também sua obra de estreia como escritora. Giovanna é casada com Tom Fletcher, vocalista da banda McFly. A sinopse já nos dá uma ideia de ter referências auto-biográficas, mas ela conseguiu contornar sua imagem muito bem e criar uma história independente, apesar de que é inevitável pensar em muitos momentos se Giovanna passou por isso ou aquilo, o que tornou a leitura bem interessante.

Giovanna anunciando que o livro seria lançado no Brasil

Sophie May é uma garota típica do interior, toda desajeitada, meiga e inteligente, e que não sonha com nada mais do que ser uma confeiteira para sempre e ter sua própria casa de chá. Quando a produção do filme “Orgulho e Preconceito” se instala na pequena cidade, ela tem de conviver com o burburinho e empolgação dos moradores devido à ilustre presença de um tal de Billy Buskin, uma estrela teen atual.

Quando um rapaz atraente e charmoso começa a frequentar a casa de chá que Sophie trabalha, ela fica toda mexida e completamente atraída por ele, sem saber que se trata do próprio Billy Buskin. Sophie e Billy se apaixonam e começam a namorar. Ela acredita que está vivendo um verdadeiro conto de fadas, mas as coisas começam a ficar complicadas quando ela se torna o centro das atenções e alvo de críticas ao se mudar com ele para Londres. A verdadeira questão é se ela irá suportar toda essa pressão em nome de seu relacionamento, ou irá desistir de tentar ser feliz.

No início, a história não me prendeu, principalmente por que Sophie me irritou em muitos momentos. Ela se mostrou imatura e chorona demais, o que me deixou extremamente desanimada com a leitura. A partir da parte 2 (o livro é dividido em 4 partes), as coisas começam a ficar mais interessantes, pois até então, apesar de a história ter se desenvolvido rápido (até rápido demais), a autora ficou presa em alguns assuntos que não tinham muito a ver com a história e ainda não conseguiu desenvolvê-los direito. Tive a impressão de que ela abandona uma reflexão de forma muito abrupta, justamente quando está bem no meio do desenvolvimento.

Outra coisa que me incomodou muito foi o romance clichê demais. É bem no estilo “amor a primeira vista”, e não tem nenhuma complexidade ou profundidade nesse sentido. As coisas aconteceram rápido demais, de uma forma pouco convincente. A personalidade dos personagens não condizem com as atitudes e o rumo da história, na minha opinião.


Apesar disso tudo, consegui acompanhar o amadurecimento de Sophie e acabei me apegando a ela. Giovanna conseguiu passar as emoções que a personagem sentia de uma forma bem intensa, e muitas vezes me coloquei no lugar dela e entendi perfeitamente o que ela estava sentindo naquele momento. Os personagens (principalmente Sophie) são muito bem construídos, e a estrutura da narrativa é muito boa, apesar das falhas. Por ser uma obra de estreia, temos uma ideia do que a autora irá se tornar, e Giovanna escreve muito bem e me surpreendeu muitas vezes. Gosto muito da escolha de palavras dela, que torna a narrativa doce e profunda ao mesmo tempo, difícil de explicar. É impossível não imaginar se ela passou por tudo aquilo que Sophie passa no livro, ou se ela retratou de uma forma mais dramática. Acredito que ela retratou muito bem essa situação de garota do interior se apaixonando por uma celebridade justamente por ter experiência nesse meio. 

Giovanna e McFly (Harry, Tom, Danny e Dougie)

A capa é a mesma da edição britânica, o que eu adorei por ele ser mais leve e fácil de carregar. Recomendo para quem procura uma leitura leve e quer conhecer a Giovanna!

xoxo

Top comentarista Junho







30 comentários

  1. Oi Carol tudo bem ?

    Achei a capa do livro muito fofa , não conhecia ele o livro parece ser até legal mas acho que não passa muito disso né , talvelz seja bom para sair de uma leitura mais pesada e relaxar a mente.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol!
    Achei a capa bem lindinha e corri pra conferir a resenha. Nunca ouvi falar dessa editora. A premissa do livro me interessou demais, sonhar em ser uma confeiteira e ter uma casa de chá *-*
    Alguns pontos me desanimaram um pouco, mas já que a personagem vai amadurecendo ao longo da história, fiquei curiosa pra ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! ;)
    Nunca tinha visto o livro..
    Achei daquelas histórias que são boas para serem lidas quando não temos nada pra fazer e estamos com preguicinha.. haha Me parece um livro super leve,talvez um pouquinho de drama pela parte da personagem,mas sem muitas surpresas..
    Bjos *--*
    Ps: sorte a dela ter amigos gatões igual a esses.. :D

    ResponderExcluir
  4. Essa capa é perfeita! Tanto que se eu visse o livro numa livraria compraria só pela capa!
    Mais falando sobre a historia, não gosto de historias que se desenvolvem rápido demais, até porque acho que a gente perde detalhes, mais ainda sim leria o livro pois me interessei na historia de Sophie.

    ResponderExcluir
  5. Adoro histórias clichês, principalmente aquelas em que o autor explora muito bem e a torna única e maravilhosa. Se esse clichê se encaixa nesse conceito? Só eu lendo pra saber! Mas pelo que li, talvez me surpreenda. Romance a primeira vista é tão... Lindo de se ler. Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Achei a capa uma graça, e um bom tema de livro também (experiência na área acho que a Giovanna tem né? haha). Tirando o lado clichê e romance automático, eu fiquei bem curiosa com a trama devido ao pano de fundo da história, por acontecer durante uma gravação de filme.

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?!

    Como assim o Tom é casado?! E com uma escritora?! Ai que amor! To ficando velha, hahaa. Já adicionei o livro na minha TBR e na minha wishlist, simplesmente preciso ♥


    Bjs,
    www.respirelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Aventuras No Mundo Literário14 de junho de 2015 22:09

    Oi Carol... Mais uma vez arrasando nas resenhas! Concordo com os comentários, que a capa é muito fofa. Parece ser um livro muito meloso, não sou fã de histórias assim! Alguns pontos que você mencionou me desanimam ainda mais, não que seja ruim só por não gostar de livros assim, mas tenho amigas que gostam e vou mostrar sua resenha para elas, com certeza elas vão ler.bjim...

    ResponderExcluir
  9. Maria Cecília Vieira15 de junho de 2015 23:06

    Essa capa é linda demias. E eu não sabia que essa autora era casada com ele, nossa. Mas enfim, gostei da resenha e acho que a leitura me agradaria bastante, por mais que a protagonista seja uma chatinha no começo. Vou colocar na minha lista!

    ResponderExcluir
  10. Ahhh, que linda!

    Essa capa está uma fofura <3

    Eu também ficaria imaginando se tais situações aconteceram com ela, aliás provavelmente muitas coisas aconteceram mesmo, né? Principalmente essa questão de ficar sob os holofotes e tal

    Mas deve ser muito gostoso ter uma convivência tão próxima com eles, também

    Beijos,

    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol, tudo bem?

    Eu não conhecia esse livro, mas eu gosto deste tipo de história. Fiquei mais interessada ainda por saber que a personagem provavelmente tem um pouco da autora.

    Uma pena a primeira parte ser arrastada, eu detesto quando isso acontece, mas como o restante é uma leitura rápida eu acho que vale a pena dar uma chance ao livro :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiee Carol!!!!
    Amei essa capa!! Fofa demais!!
    Mas a história não me encantou... mesmo sendo clichê q eu adoro, parece q não desenrola direito.. nao sei. A mocinha me pareceu beeeem boba!

    Ficar só no achismo é ruim, né? Mas, realmente mesmo vc levantando alguns pontos positivos, não fiquei muito interessada. Será q já tô me cansando desse estilo? rsrsrsr

    ResponderExcluir
  13. Gostei da autora Giovanna, uma fofa ne!?
    Sei do clichê desse tipo de romance, ainda mais sendo amor a primeira vista, mas eu até gostei da sinopse sobre garota do interior se apaixonando por uma celebridade e tendo que pagar o preço de ficar com alguém famoso.
    Por ser o primeiro livro da autora pode não ter se aprofundado tanto nos personagens e no desenvolvimento da estória, mas pelo estilo do livro eu leria, gostei dele no geral.
    A capa é linda!

    ResponderExcluir
  14. O Carol!
    Particularmente, esse livro não me atraiu nenhum pouco. Acho que foi mais pq eu passei já dessa fase de romances juvenis. Se eu tivesse com 14 ou 15 anos era provável que ele me atraísse mais. Ou talvez não pq com essa idade eu lia O homem Da Máscara de Ferro e Os Três Mosqueteiros, mas eram anos 2000, outros tempos. Hoje eu não vejo as meninas se interessarem pelos bons clássicos como na minha época. Enfim, outros tempos.

    ResponderExcluir
  15. A capa é linda, mas a história em si não me chamou a atenção pois acho que não conseguiria sair dos primeiro capitulos, poiscomo voce disse a personagem no começo a chata e eu sei que eu desistiria de tentar continua.

    ResponderExcluir
  16. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:50

    Oi Andressa, realmente é uma leitura bem leve e só haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:52

    Oi Nati, também não conhecia essa editora até o lançamento do livro. Apesar de algumas coisas a leitura vale a pena!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:54

    Oi Tainara, é isso mesmo, uma leitura leve e sem muitas expectativas haha
    E coloca sorte nisso! hahaha
    Beijos ^^

    ResponderExcluir
  19. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:55

    Oi Mirian, a capa chama muito a atenção né? haha
    O mais estranho é que a Sophie estragou e salvou o livro ao mesmo tempo hahaha (vai entender), mas vale a pena (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:56

    Oi Ramiro, pelo jeito vai gostar bastante do livro então! haha
    abraços!

    ResponderExcluir
  21. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:56

    Oi Giovana, acho que a história ficou mais interessante pela experiência da autora mesmo haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Carolina Piazzaroli2 de julho de 2015 23:58

    Oi Maira, pois é! Muito simpática ela né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:02

    Que amor *-* muito obrigada hahaha
    O livro é bem meloso mesmo e se eu soubesse antes, acredito que não teria lido :x mas valeu a experiência, deu pra conhecer um pouco mais desse muito e ter outras perspectivas. E indique sim, acho que agrada muito quem gosta de histórias assim (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:04

    Oi Maria Cecília, as vezes a protagonista acaba surpreendendo haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:05

    Oi Kemmy, acho que a leitura é muito mais interessante por isso mesmo! Fiquei me perguntando a todo momento se aquilo realmente aconteceu haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:19

    Oi Ana! Dê uma chance sim, aposto que no fim você vai acabar gostando (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:21

    Oi Thaís! Muito fofa mesmo haha
    Cada época acabamos gostando de alguma coisa, quando penso no que gostava acabo me perguntando o motivo hahaha acho que é assim mesmo ;p
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:22

    Oi Suzzy, fofa mesmo!
    A premissa é muito boa mesmo, apesar dos clichês haha e os deslizes acredito que é por conta de ser o primeiro livro mesmo (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:24

    Oi Ju! Clássicos são clássicos mesmo... é bom diversificar com leituras mais leves, mas no fim eles são indispensáveis haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  30. Carolina Piazzaroli3 de julho de 2015 00:25

    Oi Brenda, nesse caso a Sophie é beeem chata... é só para aqueles leitores pacientes e persistentes mesmo hahaha ainda bem que no fim vale a pena (:
    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥