Resenha "O Vilarejo


Classificação




Informações do livro
Titulo: O Vilarejo
Autor/a: Raphael Montes
Editora: Suma das letras
Gênero: Terror
Meta de leitura de outubro.

Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.
As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.

Oi amigos tudo bem?

Em clima de suspense no mês de outubro Halloween, resolvi passar na frente a leitura do livro quando na Bienal o próprio Raphael disse "Não tema O Vilarejo", e claro minha curiosidade foi acionada.






Meu primeiro contato com autor Raphael Montes foi lendo O Vilarejo, e para quem gosta do gênero terror e suspense recomendo a leitura desse livro.



Raphael Montes nos traz 7 contos de pessoas que moravam no Vilarejo relacionando com os 7 pecados capitais, mostrando o mal real de cada pessoa que são classificados com os demônios, os setes Reis do inferno, responsável por invocar um pecado capital nos seus humanos: Asmodeus (luxuria), Belzebu (gula), Mammon (ganancia), Belphegor (preguiça), Satan (Ira), Leviathan (inveja) e Lúcifer (soberba).



Partindo desse princípio podemos esperar um livro com contos sinistros, podem ser lidos fora de ordem por que não interfere na leitura, para que o final a relação de todos eles tenha um fechamento digno e surpreendente. 



As ilustrações do livro é algo que chama atenção, e deixa o livro ainda mais atrativo, fazendo com que a imaginação do leitor possa imaginar de fato o vilarejo e as pessoas que habitam o lugar. Cada capitulo retratado os desenhos mostram os personagens e as situações em que se encontra no livro, adorei esses desenhos.

 Vários contos me chamaram a atenção, mas o primeiro foi o que mais me surpreendeu na leitura, sobre Felika e seus três filhos que aguardam Anatole o pai voltar, ele havia saído em busca de comida, para que a família pudesse suportar o inverno rigoroso. 



Mas o que acontece com eles é algo que é difícil de acreditar, e logo nesse início percebi o porquê Raphael Montes me disse na Bienal “Não tema o Vilarejo”, ele não chega a ser assustador, mas é muito intrigante.

No final do livro, Raphael Montes conta como esses cadernos foram descobertos, e entrou em contato com Ana a responsável por doar ao sebo, mas ela se mostra resistente ao dar mais informações sobre sua bisavó que morava na região da Ciméria no leste Europeu, e veio fugida de guerra e assumiu o nome de Elfrida. Mas ele recebeu a foto da senhora, e que realmente intrigante e mas faz pensar quem ela realmente poderia ser. Só para instigar ainda mais a nossa imaginação...





Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥