Você Sabia? "Parceria Editora Era Eclipse"



Olá amigos tudo bem, LJI traz mais novidade literária a parceria com a Editora Era Eclipse, que contém um conteúdo de muita qualidade e autores nacionais talentosos, vamos conhecer mais sobre Era Eclipse.



A EraEclipse iniciou suas atividades no segundo semestre de 2012.
Em Janeiro de 2013, a editora publicou seu primeiro título, o livro Jardim de Escuridão, 1º volume da Trilogia das Cartas, e em Setembro publicou o 2º volume da mesma série, Versos Sombrios, na Bienal do Livro do RJ, e os dois volumes foram sucesso de vendas nesta edição do evento.
A Editora, embora ainda tenha pouco tempo de vida, já participou da Bienal de 2013, com um estande simples e arrojado. E em outubro de 2013, a autora Bianca Carvalho foi convidada a participar da 1ª Feira Literária de Valença RJ, FLIVA.
No início de 2014, mais um livro foi lançado, desta vez, abrindo o catálogo de autores da EraEclipse. Tenshi foi o título escolhido, escrito por Luciane Rangel e ilustrado por Ana Cláudia Coelho, que está ganhando o coração dos jovens e otakus do país.

O primeiro livro que resenhei dessa editora foi Horas Noturnas de Bianca Carvalho um livro que superou minhas expectativas com sua narrativa envolvente e muito suspense, resenha aqui.



Vamos conhecer mais alguns títulos da Editora





"Todo dom pode ser uma bênção ou uma maldição..."
Quando Faith Connor recebe uma carta deixada por sua avó, após a morte da mesma, contendo um último pedido, ela não esperava que sua vida ganharia um rumo inesperado.
Detentora de um dom especial de compreender as flores, cujos significados lhe fornecem visões de acontecimentos futuros, ela atende o pedido da avó, levando uma flor especial a seu túmulo e acaba conhecendo Rowan Allers, um homem atormentado pela morte da irmã, assassinada por um serial killer.
Sentindo uma estranha conexão com aquela história, Faith o ajuda a investigar, sem nem saber que seus destinos estavam ligados de forma perigosa e até fatal.




"Todo e qualquer segredo um dia precisa ser revelado..." 

Finalmente a última carta de Lolla é aberta, revelando o destino da última das mulheres DeWitt: a doce e responsável Tatianna. Há dezenove anos, Tatianna foi abandonada por sua mãe e nunca descobriu a verdade por trás desse mistério. Porém, talvez seja a hora de encontrá-la.
A carta de Lolla a leva até um restaurante em outra cidade, onde sua mãe trabalhou depois da fuga. Lá, ela arruma um emprego e conhece o belo e misterioso Sebastian Hannigan, que, ao mesmo tempo em que tenta repeli-la, a seduz, fazendo-a acreditar que ele possui um segredo muito perigoso.
Em meio à descoberta de seu próprio dom, receitas mágicas, uma paixão avassaladora e enigmas que não parecem levá-la a lugar algum, Tatianna investiga o que realmente aconteceu com sua mãe, enquanto tenta proteger sua vida de um mal contra o qual ela não sabe se é capaz de lutar.





"O bem e o mal conectados por palavras e um destino"
A segunda carta de Lolla Dewitt é revelada, com seu último desejo para Cailey DeWitt.
Cailey tem o dom das palavras. Quando escreve, ela consegue transmitir sentimentos, se conectar com a história de qualquer pessoa e até curar corações partidos. Porém, seu dom pode se tornar um pouco mais obscuro que isso.
Lolla pede que ela envie uma de suas belas poesias a Jayce Hernandez, um detetive amargurado que perdeu a mulher amada e se afundou em escuridão. Por mais que Cailey não o visse com bons olhos, atendeu ao pedido da avó, e sua mensagem trouxe uma nova esperança para o policial.
Contudo, Jayce logo tem a oportunidade de retribuir a ajuda de Cailey, que se vê perseguida por um assassino perigoso, capaz de se comunicar telepaticamente com ela através de seus textos. Tentando se salvar de um homem obcecado, Cailey precisa contar com Jayce para proteger-se. Mas o que ela não contava era que os segredos que iria descobrir poderiam mudar sua vida para sempre.



Tenshi - Seria ele um anjo?
Que outra explicação teria para aquele garoto surgir do nada em seu caminho, caído, ferido, frágil e desmemoriado, bem na noite de um tradicional festival?
Ao encontrá-lo, a possibilidade de ajudá-lo se torna um escape para Umi, uma adolescente que enfrenta no dia a dia as dificuldades de ser diferente.
E assim ela acaba, sem perceber, se envolvendo em um novo sentimento. Enquanto se esforça para descobrir quem é o misterioso garoto desmemoriado, os acontecimentos inesperados daquele verão também levam Umi a descobrir mais sobre si mesma.


Confiram as redes sociais

Facebook





Resenha "Essa Garota"


Classificação

Informações do livro
Título:Essa Garota
Slammed 3
Autora:Colleen Hoover
Editora: Galera
Gênero: Literatura Internacional-New Adult romance
ISBN:9788501047762
Livro meta de leitura 2015.



Essa Garota - O último volume da série Slammed continua e revisita a história de Will e Layken, cujo amor venceu os mais árduos obstáculos: proibições, impedimentos, ciúme, tragédia. Mas, depois de tudo isso, os dois, agora casados, começam a se sentir seguros do incrível sentimento que os une. Quando em sua lua de mel, Lake quer saber tudo sobre o marido, Will, reticente, desembaraça os nós da própria história. Revisitamos os bons e maus momentos. E aprendemos alguns fatos chocantes... O futuro de Will e Lake agora depende de como os dois lidarão com essas revelações...





Oi amigos tudo bem!

Nessa resenha de Essa Garota Slammed 3 encerramos a trilogia com lindos suspiros e com a sensação de fazer parte dessa família que Colleen nos apresentou com tanto amor.
Essa garota é o pós-relacionamento entre Will e Lake, enfim um momento só deles, que relembram o que passaram para ficar junto e superar todos os obstáculos.



O amadurecimento dos personagens é perceptível, e nessa narrativa Will se declara completamente e irrevogável pela temperamental Lake. A mãe de Lake esta presente nessa amigos, de um jeito que really... É possível chorar mais.

Mas Colleen com seu jeito amoroso e cativante escreve mais um livro para inspirar, de todos os três meu favorito é Pausa, isso mesmo a visão de will me fez compreender varias coisas e fez com que conhecemos os dois lados da historia.

Essa garota é estilo flashback com momento atual deles, sabe aquele momento em que questionamos nossos namorados ou maridos por certas atitudes e queremos sabe a qualquer custo, isso mesmo Lake vai sentir o quanto o amor que Will tem é profundo e real.


Ontem à noite sonhei com essa garota.
No meu sonho, eu estava na beira de um penhasco.
Olhando para baixo, vendo um vale extenso e infértil.
Estava sem sapatos, e as pedras se despedaçavam.
Debaixo dos meus dedos.
Teria sido tão fácil dar um passo para trás.

Recomendo de olhos fechados essa serie um livro com uma capa muito simples e ao mesmo tempo linda, que define s trajetória desses personagens que aprenderam a amar e dar amor. Que levou da vida a melhor lição para lidar com assuntos de perdas e união.
O livro é amor e poema, um romance de tirar suspiros, de sofrer, rir em cada momento, uma leitura muito simples e arrebatadora.








Resenha "Pausa"


Classificação

Informações do livro
Título:Pausa
Slammed 2
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera
Gênero: Literatura Intenacional - New Adult romance
ISBN:9788501401892
Livro meta de leitura 2015.

Pausa - Destinados um ao outro, Layken e Will superaram os obstáculos que ameaçavam seu amor. Mas estão prestes a aprender, no entanto, que aquilo que os uniu pode se transformar, justamente, na razão de sua separação. O amor pode não ser o bastante.
Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento de Layken e Will enfrenta novos desafios. Talvez a poesia desse casal acabe num verão solitário... Sem direito a rimas ou ritmo. A ex-namorada de Will retorna arrependida de ter deixado o rapaz. E está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas reações no comportamento do rapaz. E na insistência para adiar a "primeira vez" de ambos. 
Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou fruto da extraordinária situação que os uniu. Será que é amor? Ou apenas compaixão? Layken passa a questionar a base de seu relacionamento com Will. E ele precisa provar seu amor para uma garota que parece não conseguir parar de "esculpir abóboras". Mas quando tudo parece resolvido, o casal se depara com um desafio ainda maior - e que talvez mude não só suas vidas, mas também as vidas de todos que dependem deles.




Oi pessoas!

Bem no segundo livro da trilogia Slammed de Colleen Hoover, vamos entrar nos pensamentos mais profundos de Will, tem como ele ficar mais fofo?
E lendo Pausa consegui entender certas decisões e sentimentos que eram conflitantes para vida de Will e Lake.

Colleen consegue deixar ainda mais apaixonante esse livro. Vários acontecimentos no livro me deixaram em frangalhos, ela mexe com o nosso psicológico, e deixa cada personagem cativante. Uma história onde você se apega a todos, é claro que depois de Will meus favoritos Caulder e Kel, que fazem amizade com Kiersten uma menina super ligeira com comentários mordazes, ela é muito engraçada!!!


É difícil acompanhar esse menina!
- Sua mãe incentiva você a falar palavrões? – pergunta Gavin


Lake nesse livro fica muito mais responsável com relação ao primeiro livro, devido a circunstâncias ela amadureceu rápido e isso deu a ela mais destaque. Os personagens secundários também passam por conflitos e equilibram a narrativa descontraindo em vários momentos a vida do casal.


Não vou desistir.
Você não vai ceder
Essa batalha vai virar uma guerra
Antes de eu deixa-la acabar.

Colleen nesse livro, amadurece todos os personagens, e os prepara para uma nova realidade, o amor dos dois deixa de ser um simples amor de colégio, e passar ser algo bem maior. Não vou ser prolixa nessa resenha, até por que a visão de Will tem muitos elementos de métrica, e posso acabar dando spoliers.

Mas posso recomendar uma leitura super agradável, cheio de surpresas e reviravoltas, uma historia quase que real, onde Will mostra mais ainda seu lado sensível e puro através dos poemas slam, que comecei a gostar e ate mesmo escrever.








Pensando Alto: Taylor Swift Book Tag


Fala Galera!
Hoje eu venho fazer algo totalmente incomum para mim, eu vim responder uma tag que eu vi no canal da Melina Souza há um tempinho e achei muito legal! Ela se chama Taylor Swifti Book Tag e consiste em 12 perguntas que terão algo relacionado com as suas músicas.. Preparados?




1-We Are Never Ever Getting Back Together – escolha um livro ou série que você estava amando, mas que depois você decidiu que queria “terminar” com ela.

Eu escolhi Destino da Ally Condie. A minha experiência de leitura com esse livro foi meio que uma montanha russa, ele começou bom mas depois foi esfriando e deu uma aquecida no final, mas não foi um livro que tenha me deixado super satisfeita, então achei justo colocar ele nesta posoção.


2. Red – escolha um livro com a capa vermelha.

Eu não tenho muitos livros com a capa vermelha então peguei o meu Fahrenheit 451, ainda não li esse livro mas já ouvi falar muito bem dele. Confesso que já passou da hora de dar uma chance para ele!

3. The Best Day – escolha um livro que faça você se sentir nostálgica (o).


Orgulho e Preconceito é um dos meus romances favoritos da vida, sério sem exageros, eu conheci o clássico através da minha melhor a miga a Mih e sempre que leio ou assisto ao filme eu me imagino vivendo naquela época, deve ser no mínimo interessante.



4. Love Story – escolha um livro com uma história de amor proibida.

Feita de Fumaça e Osso é um livro que se encaixa perfeitamente já que o amor entre uma Quimera e um Arcanjo não é nenhum pouco visto com bons olhos não é mesmo? Eu gostei bastante do primeiro livro da trilogia. mas ainda não li o segundo, e o terceiro já está a caminho então é bom eu me apressar. 


5. I Knew You Were Trouble – escolha um livro com um personagem mau, mas que apesar disso, você não conseguiu resistir e se apaixonou (ou gostou muito) dele.


Sem dúvidas o Warner é sem dúvidas o meu vilão favorito, quando li o primeiro livro eu fiquei entre a cruz e a espada e literalmente não sabia se o amaria ou o odiaria, mas eu escolhi amá-lo e depois do segundo livro vocês verão que não é tão difícil assim vai!


6. Innocent (written b/c of Kanye West!) – escolha um livro que alguém estragou o final para você (spoiler!).


Pensem em uma pessoa extremamente ansiosa pelo final da trilogia Divergente, essa pessoa era eu! E todos os fans da série sabem o que aconteceu quando o terceiro livro foi lançado lá nos EUA, teve uns indivíduos muito sem noção que simplesmente vazaram o final da trilogia o que vamos combinar não foi nada legal! Eu li esse ano o final da trilogia, pois tinha perdido totalmente a graça do livro na época. Então povo por favor sem Spoiler!




7. Everything Has Changed – escolha um livro em que o personagem se desenvolve bastante.


Eu simplesmente amo o livro Entre o Agora e o Nunca, e a Cam personagem principal do livro evoluiu bastante no decorrer da história. Eu achava que ela seria uma personagem mimizenta, mas ela me surpreendeu bastante o que contou muito para que ela entrasse aqui nesta tag!

8. You Belong With Me – um livro que você está ansiosa (o) para que seja lançado e que você possa ler.


Eu ainda nem li o livro A Lâmina da Assassina e já estou muitíssimo ansiosa pelo lançamento de Heir of Fire ou Herdeira de Fogo, eu não sei se já tem data prevista para o lançamento aqui no Brasil, mas acredito que a capa deva ser mantida já que a editora tem seguido esta mesma linha. Eu amo a série Trono de Vidro e a autora conseguiu manter o nível da história, graças a Deus não houve aquela maldição da continuação!


9. Forever and Always – esolha o seu casal literário favorito.


Lóooogico que eu escolheria Mr. Darcy e Lizzie Bennet, já citei lá em cima que Orgulho e Preconceito é um dos meus romances Favoritos não foi? Adoro a personalidade da Lizzie, o seu jeito bem a frente da época, Jane Austen escreveu uma personagem forte e que não sente medo de falar o que pensa e agir da forma que age. O que dizer do Mr. Darcy? Queria que ele fosse real e com certeza o faria mudar de ideia com relação a casar com a Elizabeth =]. Aquele homem educado, culto, totalmente apaixonante, o homem que qualquer mulher sonhou em casar.


10. Come Back, Be Here – escolha um livro que você não gosta de emprestar por medo de nunca mais voltar.

Na verdade eu não gosto de emprestar nenhum livro meu, mas já que tenho que escolher um vou escolher a minha edição de Razão e Sentimento da editora Nova Fronteira, mo motivo? Ela é uma edição especial de capa dura lindíssima! 

11. Teardrops On My Guitar – escolha um livro que te fez chorar muito.

Não é muito difícil um livro me fazer chorar, mas com A Culpa é das Estrelas eu chorei litros, John Green foi muito cruel comigo. Ele conseguiu me surpreender em um livro que eu achava totalmente previsível.

12. Shake It Off – escolha um livro que você ama muito e não está nem aí para os haters.

Eu amei a trilogia 50 Tons de Cinza quando eu li, é claro que tiveram algumas partes que me deixaram a desejar, mas confesso que não entendo o motivo do povo odiar tanto a trilogia, o pior não é nem isso já que todos tem o direito de opinião, o pior para mim são as pessoas judiando das outras por gostarem de algo que elas não gosta! Ei haters, viva a diferença!

Antes de terminar esta Tag vou deixar aqui para vocês a playlist para vocês conhecerem também as músicas! Espero que curtam!





É isso aí meus amores! Espero que tenham gostado! Não se esqueçam de comentar, isso sempre faz o sorriso de um blogueiro mais largo do que nunca!
Um grande beijo e até sábado que vem!



Resenha "Roube como um Artista"



Classificação:
Título: Roube como um Artista
Autor/a: Austin Kleon
Editora: Rocco
Gênero: Artes/Psicologia
ISBN: 9788581222592

Roube como um artista - Verdadeiro manifesto ilustrado de como ser criativo na era digital, Roube como um artista, do designer e escritor Austin Kleon, ganhou a lista dos mais vendidos do The New York Times e figurou no ranking de 2012 da rede Amazon ao mostrar – com bom humor, ousadia e simplicidade – que não é preciso ser um gênio para ser criativo, basta ser autêntico. Baseado numa palestra feita pelo autor na Universidade do Estado de Nova York que em pouco tempo se viralizou na internet, Roube como um artista coloca os leitores em contato direto com seu lado criativo e artístico e é um verdadeiro manual para o sucesso no século XXI.


“Roube como um artista” tem um título que espanta à primeira vista. Mas não se trata de um livro que ensina como roubar, como a maioria de vocês deve estar pensando, mas sim de dicas sobre criatividade. Em 10 capítulos, Austin Kleon nos apresenta dicas incríveis de como transformar a inspiração e a criatividade em arte.


O livro é recheado de ilustrações divertidas e citações de artistas (alguns bem famosos) que nos fazem refletir e inspiram a vontade de criar algo diferente.


Roubar, no caso, seria se inspirar em coisas do cotidiano e principalmente em nossos heróis. Todo mundo tem aquela pessoa que admira, e o autor ousa dizer que todo tipo de arte é plágio, e que ninguém tira nada do nada. Originalidade para ele não existe, é apenas “plágio não detectado” (Willian Ralph Inge).


Os capítulos são curtos e diretos, mas reúnem muita informação. O autor consegue conciliar uma linguagem rápida, objetiva e divertida com a riqueza de detalhes e reflexões.


Depois que terminei a leitura, tive a certeza de que vou reler esse livro várias vezes. Não costumo marcar em livros (tenho dó haha), mas esse ficou cheio de marcações e post-it’s. Recomendo muitíssimo, e não só para aqueles da área das artes e da comunicação, já que todo mundo precisa de criatividade!




Ah, e logo no início do livro, o autor dá uma dica muito importante: criar um “arquivo de furtos” ou um “arquivo morto”, em linguagem jornalística. Esse arquivo pode reunir qualquer coisa que valha a pena roubar, e pode ajudar muito mais tarde. Adorei essa dica, e já criei um arquivo morto em um caderno. Comecei a colocar algumas coisas nas primeiras páginas, e quem sabe um dia eu mostre ele por aqui!  

xoxo






Resenha "Até que eu morra"


Classificação


Informações do livro
Título: Até que eu morra Vol.2
Autor/a: Amy Plum
Editora: Farol Literário
Gênero:Literatura Internacional/ Young Adult- Sobrenatural
ISBN:9788582770467
Meta de leitura 2015

Até Que Eu Morra - Kate e Vincent estão finalmente juntos em Paris, a cidade das luzes e do amor. Mas esse amor carrega uma questão que não pode ser ignorada: como eles poderão permanecer juntos se Vincent não resistir a se sacrificar para salvar outros mortais? A promessa de levar uma vida normal com Kate significa deixar que pessoas inocentes morram?Quando um novo e inesperado inimigo se revela, Kate descobre que há muito mais coisas em risco... e que até mesmo a imortalidade de Vincent pode estar ameaçada.


Hellooo everyboody!!!!
Animação para essa segunda-feira em clima de véspera de feriado, coisa boa né... bem pelo menos para mim será. Aqui no Rio teremos dois feriados, dia de Tiradentes 21/04 e 23/04 Dia de São Jorge um feriado muito comemorado aqui, e para minha alegria dia 22/04 não haverá aula, e pela primeira vez posso falar só que sim kkkkkkkkkkkk Chega de esnobar os amigos e vamos para resenha.


O que dizer da autora Amy Plum que criou uma história super envolvente e diferente, fazendo que eu me descabele para ler o terceiro e último livro, por que esse que estou resenhando para vocês terminou de uma forma que OMG... surtei.

Mas esse amor carrega uma questão que não pode ser ignorada: como eles poderão permanecer juntos se Vicent não resistir a se sacrificar para salvar outros mortais.


Depois da introdução que tivemos Em morra por mim, conhecemos os núcleos dos personagens principais e secundários, e colocando um clima de ação no final do filme, este livro mais uma vez me surpreendeu.

É ou não é spolier dizer que o Revenant Vincent tem uma sobrevida diferente dos mortais, que impede que tenha uma vida normal com Kate, e nesse livro o desespero de ambos em buscar uma solução para isso é de cortar o coração. Muita ação vão rechear esse romance, a coisa toda fica tensa, uma luta quase impossível. Uma luta interna de Vincent para não ter que deixar Kate, seu amor cresce a cada dia assim como a sua determinação de ser diferente para ela, e isso também pode custar a sua não vida.



É um casal que tem química sabe, já li muitos romances, e esse achei tão harmonioso, não são piegas demais, e nem indecisos demais, cada um sabe o que quer, e Kate vai vestir a camisa para tornar essa experiência mais ainda vivencial. Ela bota a mão na massa mesmo, luta para se tornar mais forte e para ser de certa maneira aceita pelo clã de Vicente.

Os Numas continuam alvo do Clã de Vincent, pois diante da profecia tudo muda, o que antes era calmo e encoberto se torna uma coisa mais escancarada, botando em risco a vida de Kate, a todo momento ela é escoltada por um dos Revenants. Sua irmã continua engraçada e um pouco ainda sem noção, mas é perceptível que elas ficam mais unidas nesse livro.

Mais que uma história de amor é uma trama bem interessante, a sobrevida de Vincent tem proposito que a autora soube conduzir muito bem, ela detalha o livro sem que ele se torne cansativo e isso que mais gostei nesse livro.

Mais falando de romance New Adult eu recomendo essa trilogia e estou muito ansiosa pelo terceiro livro, e rezando para que a autora faça um final bem digno com direito a soltar rojões, afinal eles estão em Paris a cidade do amor, por favor Amy faça essa casal dar certo.

A leitura desse livro foi tão dinâmica que levei apenas um dia para ler, e o final me deixou com uma ressaca, que não conseguia mais ler outro livro na sequencia, a Farol Literário também contribui ainda mais para essa leitura super prazerosa. A diagramação do livro é perfeita, a capa e estrutura do livro também muito bem definida.

A promessa de levar uma vida normal com Kate significa deixar que pessoas inocentes morram? Quando um novo e inesperado inimigo se revela, Kate descobre que há muito mais coisas em risco... e que até mesmo a imortalidade de Vincent pode estar ameaçada.

Trechos em destaque retirados da contra-capa do livro. 

Resenha do primeiro livro aqui.

Terceiro livro e último de Morra por mim.








Cine em Família "Insurgente"

Ficha Técnica 
Título: Insurgente
Autores:   Shailene Woodley, Theo James, Octavia Spencer
Dirigido por:  Robert Schwentke
Gênero: Distopia/Ação
Lançamento: 08/03/2013




Like a Rory Gilmore "Série A Seleção por Kiera Cass"


"A Seleção" foi uma das primeiras distopias que li, pois confesso que tinha preconceito com o gênero (vergonha de falar isso). Arrependo-me de ter começado a ler esse tipo de livro só há poucos anos, mas fico feliz por ter “quebrado” essa barreira. Esses livros mantêm nossa mente aberta, e acaba trazendo muitas questões que provavelmente nunca passaram pela nossa cabeça, principalmente por conta da situação política, social e econômica. Claro que as situações do livro são muito mais acentuadas e evidentes, mas quando olhamos para nossa atual situação, acredito que é inevitável imaginar que seria tema para uma distopia para aqueles que viveram em um passado distante.


Resolvi falar dessa série, pois o quarto volume (“A Herdeira”) tem lançamento marcado para 07 de maio, e eu não poderia estar mais ansiosa! O segundo e o terceiro volume são “A Elite” e “A Escolha”. A editora seguinte disponibilizou após o lançamento do primeiro título, um conto intitulado de “O Príncipe”, que ficou disponível no site da editora em epub. Após o lançamento do segundo volume, a editora disponibilizou “O Guarda”, e logo lançou os dois contos juntos em formato físico. Com o lançamento desse quarto volume, foi lançado o conto “A Rainha”, em formato e-book, no site da editora. Kiera Cass também já confirmou mais dois volumes: um previsto para 2016, e um volume especial que reunirá os quatro contos da série (previsto para outubro deste ano).

  

No caso de A Seleção, a história se passa em um futuro onde os Estados Unidos se transformaram no Estado Americano da China e a sociedade é dividida em oito castas, cada uma designada para um tipo de tarefa. No caso, America Singer faz parte da casta cinco, a casta dos artistas. Ela é uma garota irreverente e independente, e vive um romance secreto e proibido com Aspen, da casta seis. Nunca passou pela cabeça de America participar da Seleção, um reality show que dá chance a trinta e cinco garotas de se casar com o príncipe. Mas quando ela é surpreendentemente convocada a participar, sua mãe e Aspen praticamente a obrigam a ir e tentar uma vida melhor para ela e para a família. Quando ela conhece o príncipe, vê que ele não é nada do que ela pensou: o príncipe Maxon era uma pessoa boa, e valia muito a pena ser amiga dele. O tempo que America passa na Seleção serve também para ela descobrir como funcionam os bastidores da política, os problemas com os rebeldes e todos os problemas da divisão que a sociedade sofre, condenando as pessoas às castas. 
Gostei muito da America, apesar de ela ser muito impulsiva (às vezes até demais), mas ela acaba sendo assim de um jeito bom e cativante. O que chama atenção também, é a sinceridade e a convicção dela.

A Seleção foi adaptada para uma série de televisão que seria exibida no canal CW (EUA), mas infelizmente, as duas tentativas do episódio piloto foram rejeitadas pela emissora.

Não vou falar dos outros volumes para não dar spoilers, mas posso dizer que a autora segue o mesmo ritmo do primeiro, e nunca para de surpreender. Os acontecimentos vão ficando ainda mais interessantes, e a autora tece uma história efervescente, impossível de parar de ler. Recomendo muitíssimo!


O primeiro capítulo de “A Herdeira” está disponível no site da Editora Seguinte como uma forma de nos matar de curiosidade... haha
Ah, e quem quiser acompanhar a Kiera Cass: blog e canal no You Tube.

xoxo






Resenha "Bela Distração"


Classificação

Título: Bela Distração
Spin-off de Belo Desastre
Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus
Gênero: Literatura Internacional/Romance Young Adult
ISBN: 9788576863397
Páginas:304
Livro enviado pela editora em parceria com o blog LJI

Bela Distração - Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga.
Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora.
Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.
Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez.
Em Bela distração, o leitor vai mergulhar novamente nas emoções do universo de Belo desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby.


Oi Galera tudo bem?
Quem ai gosta do Travis Maddox... euuuuuuuuuuuuu... Não me julguem é feio... :P

Eu adoro os livros da Jamie Mc Guire, li todos de uma vez só, amo o Travis e não curto a Abby, acho ela super desnecessária no livro, anyway...

Nesse livro vamos conhecer mais um lindo do clã Maddox que será tão fofo quanto Travis, bem acho que até mais um pouco, Trenton é irmão mais velho de Travis, lindo e charmoso chama muito atenção, mas ele nutri um amor desde adolescência por Cami uma outra menina desnecessária no livro (ok vou deixar meu ciumes de lado e focar na resenha).

A narrativa de Jamie continua super envolvente e bem caracterizada, todos os personagens são bem visíveis e conseguimos entender em que tempo se passa a história desse novo casal, já que acontece no mesmo tempo que Travis e Abby, fiquei surpreendida com o gancho que autora fez no livro, relembrando alguns fatos e foi possível curti muito essa leitura.

Muitos segredos envolvem esse casal, apesar de pessoas bem resolvidas e amadurecidas, eles ainda enfrentam alguns fantasmas, Cami tem um relacionamento bem complicado com seu pai, seus irmãos também podemos dizer que alguns deles são sem noção. Ela mora com sua amiga Reagan que vive um triangulo amoroso entre Kody e Brazil e a todo momento eles serão citados na história também.

"Você me viu quase pelado, baby doll. Seu namorado a distância não chega nem perto disso.Observei enquanto ele flexionava o braço. Não era tão largo quanto o de Kody, mas era impressionante."


Eu achei que essa casal foi mais maduro, o relacionamento começa pela insistência de Treton e que no decorrer da história se torna envolvente e real, Jamie usa a sensualidade e cenas picantes características dessa série. Mas Cami ainda esconde um segredo super bombástico, que ao finalizar o livro fiquei de boca aberto, um gancho enorme para o segundo livro!!!! Pasmem!!!!

Jamie pelo amor de Deus, mata logo minha curiosidade.












Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥