Resenha "Para todos os garotos que já amei"



Classificação



Informações do livro
Titulo: Para todos os garotos que já amei
Autor/a: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.



Jenny Han me encantou com a trilogia Verão, publicada pela Galera Record, e desde então, eu me perguntava quando teríamos novos livros da autora por aqui. Em 2013, a editora Novo Conceito lançou "Olho por Olho", uma parceria da autora com Siobhan Vivian que ainda não tive a oportunidade de ler.


Ano passado, durante a Turnê Intrínseca, fiquei sabendo que a editora lançaria "Para todos os garotos que já amei", e fiquei contando os dias até o lançamento. Gosto muito do trabalho da Intrínseca, e eles não decepcionaram com a divulgação do livro e até já lançaram a continuação neste mês. 
Em "Todos os garotos que já amei", conhecemos Lara Jean, de 17 anos, que tem o hábito de escrever cartas a todos os garotos que já amou e guardar em uma caixa de chapéu. Em sua cabeça, sua vida amorosa foi muito agitada, mas nenhum desses garotos corresponderam o amor dela ou ao menos ficaram sabendo de seus sentimentos. Para o seu desespero, um dia ela descobre que suas cartas foram enviadas aos destinatários, incluindo Josh, seu melhor amigo e namorado de sua irmã mais velha.


Lara Jean tem duas irmãs, a caçula Kitty, e a mais velha Margot. As três dizem que juntas são as irmãs Song. Elas perderam a mãe quando eram mais novas, e desde então, Margot cuida da casa e tem as responsabilidades de um adulto. As três são inseparáveis, mesmo tendo personalidades completamente diferentes. Mas tudo está prestes a mudar, já que a irmã mais velha está prestes a ir para a faculdade. No meio de toda essa confusão, Lara Jean encontra a solução em uma grande mentira, e com a ajuda do insuportável Peter Kavinsky, ela pretende restaurar sua reputação e reparar seus erros.

A trama parece bem clichê, mas a autora consegue transformar a história de Lara Jean em um romance leve, divertido e cheio de questões que levam o leitor a pensar. Gostei muito da relação das irmãs, que mesmo com os problemas e eventuais brigas, sempre colocam a outra em primeiro lugar. Não pude deixar de pensar na minha irmã também que no fim das contas, é minha melhor amiga também, assim como as irmãs Song. Todos os personagens são muito bem construídos, e dá até pra sentir raiva de alguns deles. 


Quero confessar também que esse foi o primeiro e-book que li na vida. Eu sei, antiquada. Pretendo ler mais no iPad, pois acabei não achando tão ruim assim. Mas não dá pra negar que ler em papel é muito melhor e mais divertido. Gostei muito da narrativa, digna mesmo de Jenny Han, e mal posso esperar para ler "Ps: eu ainda amo você".


Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥