Resenha "Enquanto Bela dormia"


Classificação 



Informações do livro
Titulo: Enquanto a Bela dormia
Autor/a: Elizabeth Blackwell
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/Romance
Skoob
Livro enviado para resenha em parceria editora Arqueiro.


Nos salões de um castelo, uma confidente leal guardou por muitos anos os segredos de uma rainha linda e melancólica, uma princesa que só queria ser livre e uma mulher que sonhava com a coroa. Esta é sua história.
Ambientada em meio ao luxo e às agruras de um reino medieval, esta releitura de A Bela Adormecida consegue ser fiel ao clássico ao mesmo tempo que constrói uma narrativa recheada de elementos contemporâneos. Nessa mescla, os dramas de seus personagens – um casal infértil, uma jovem que não aceita viver em uma redoma e uma família despedaçada pela inveja – tornam-se atemporais.
Quando a rainha Lenore não consegue engravidar, recorre aos supostos poderes mágicos da tia do rei, Millicent. Com sua ajuda, nasce Rosa, uma menina linda e saudável. No entanto, a alegria logo dá lugar às sombras: o rei expulsa de suas terras a tia arrogante, que então jura se vingar. Seu ódio se torna a maldição que ameaça a vida de Rosa. Assim, a menina cresce presa entre os muros do castelo, cercada dos cuidados dos pais e de Flora, a tia bondosa e dedicada do rei que encarna a fada boa do conto original.
Mas quando todas as tentativas de proteger Rosa falham, é Elise, a dama de companhia e confidente da princesa, sua única chance de se manter viva. E é pelos olhos dessa narradora improvável que conhecemos todos os personagens, nos surpreendemos com o destino de cada um e descobrimos que, quando se guia pelo amor – a magia mais poderosa do mundo –, qualquer pessoa é capaz de criar o próprio final feliz.



Esse livro já tinha em encantado pela capa, mas ele me surpreendeu muito pela sua releitura do conto de fadas da Bela adormecida, um livro narrado de uma perspectiva totalmente inusitada!

A história atemporal de Bela adormecida é conhecida por pessoas de todas as idades, a menina indefesa que busca conhecer o lado diferente que ela leva no reino, e a ameaça iminente de Millicent a famosa bruxa má, é recontada com um novo pano de fundo, uma narrativa tão intensa que se torna crível aos olhos do leitor.

Mas nesse livro iremos conhecer Elise, uma pessoa que teve uma participação ativa e importante na história do reino. Com idade já avançada ela volta no tempo quando sua neta encontra no meio de seus pertences um objeto curioso e importante, e resolve compartilhar com ela toda a sua vida desde a infância. Vinda de uma família pobre, ela viu sua mãe trabalhar resignada e morrer por conta de uma doença devastadora, restando apenas seu pai que nunca demonstrou nenhum afeto e seu irmão, que sobreviveram a doença.
Sua mãe em seus últimos momentos diz o nome de sua tia a quem ela pode recorrer e se manter em segurança, tia Agna teve um destino diferente da mãe de Elise e seu afastamento dessa parte da família demonstrava a sua superioridade. Elise parte para o castelo de St. Elsip com objetivo de ser aceita como empregada e não cometer os mesmos erros de sua mãe. O apoio de sua tia e sua determinação criou uma personalidade recatada e respeitosa, o suficiente para conseguir uma colocação de respeito perto da família real. Mas ela não esperava que seu coração fosse bater mais forte por Marcus filho do sapateiro que tinha o comércio no andar de baixo da casa de sua tia, e que aos poucos os pequenos encontros fosse marcar de vez a vida dos dois.

Mas sua vida no castelo era mais importante, rapidamente ela ganha confiança da rainha Lenore que era assombrada pela sua infertilidade deixando a sucessão do reino em perigo. Elise acompanha de perto todo o sofrimento da família real em ter um herdeiro, a tia do rei Millicent era uma pessoa dominadora e com uma personalidade forte e inconveniente, e a parti daí que começam todas as mudanças no reino. O milagre do nascimento da princesa Rosa é cercado pelo medo pela jura de morte feita por Millicent. A vida no reino nunca mais foi a mesma. O mal é sentido em cada detalhe que ela descreve no livro, o medo também faz parte das escolhas erradas que os personagens tomam para conseguir aquilo que almeja, essa parte do livro me deixou tensa, e gostei da sensação de altos e baixos que a história é levada.

Essa releitura nos traz uma narrativa de uma pessoa inusitada que não faz parte direta da família real, Elizabeth intercala o relato pessoal de Elise e seu convívio com o reino de forma crível, sua narrativa detalhista, porém sucinta permite que o leitor seja transportado para a história. Foi a melhor releitura que fiz desse conto de fadas, uma narrativa madura, dramática, romântica e sofrida. Conhecer a história com outro ponto de vista, foi que fez o livro sensacional, não posso economizar elogios para esta obra que de forma inteligente recria o universo de Bela adormecida, mas de uma forma madura e convincente. Ela cria uma heroína que cuida da vida princesa como se fosse a dela mesma. Mesmo passando por todas as provações da maldição e perigos iminentes, ela ganha destaque com sua simplicidade.

O desfecho dessa história é arrasador e comovente, impossível não esperar as finalmente felizes para sempre, o que ela faz de forma convincente e encantadora. Todos os conflitos vividos pelos personagens nesse livro permitem que criamos uma afeição com cada um deles, deixando a nossa imaginação vagar por cada canto do castelo. É uma história que me surpreendeu de todas as formas onde Elizabeth usa sua criatividade para recriar um novo conto de fadas para nos encantar e emocionar.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥