Resenha "A Filha do norte"


Classificação



Informações do livro
Titulo: A filha do norte Vol.1
Autor/a: Luisa Soresini
Editora: Novo Século
Gênero: Literatura Nacional/Fantasia
Livro enviado para resenha em parceria autora Luisa Soresini.


Tudo começa quando Michelle e Meredith saem para ver as flores. Uma tempestade faz com que a bruxa perca Michelle de vista. A menina, desnorteada, sai em busca de ajuda e avista uma mansão enorme e antiga. Pensando que não mora ninguém na casa, Michelle entra no local para se abrigar e é surpreendida ao ser recebida por uma governanta tão sinistra quanto a casa, que a deixa com medo. Seu instinto lhe diz que há algo de errado, mas essa sensação passa quando entra na casa e se depara com um ambiente completamente diferente daquela fachada macabra que vira. O interior da mansão é maravilhoso, bonito e sofisticado, assim como os seus donos: os irmãos Vergamini.
O que Michelle não imagina é que às vezes é necessário ouvir nossos instintos. Ela está em perigo e talvez nem suas amigas, Elza e Meredith, as bruxas do Leste e do Sul, consigam salvá-la.



Ao receber esse livro para resenha de autora Luisa Soresini, levei em consideração a linda dedicatória no livro “Essa história é de arrepiar os cabelos e arrebatar corações, por isso não leia com cautela, quem sabe ela não arrebate o seu? ”.

A premissa do livro conta a história de Michele uma menina de 16 anos sozinha na vida em busca do seu lugar no mundo, em uma das suas jornadas ela encontra abrigo na casa de Meredith e Elza as bruxas do Leste e do Sul, por motivos óbvios elas escondem a verdadeira identidade de Michelle que passam a conviver como uma família, mas um passeio pela floresta e uma tempestade inesperada sela de vez o destino de Michelle.

Desesperada Meredith se culpa pelo sumiço de Michelle, e junto com Elsa elas saem em busca da sua amiga, e ao constatar que ela está presa na mansão elas sentem um grande perigo. Perdida e desesperada para achar um abrigo, Michelle avista uma mansão abandonada, um misto de curiosidade e receio estão em conflito dentro de sua cabeça, o que não impede de adentrar a mansão e conhecer os irmãos Vergamini.


É aí que começa o mistério do livro, os irmãos Vergamini são pessoas totalmente misteriosas e que escondem um segredo que aos poucos serão revelados no decorrer da narrativa, Michelle é uma menina que esconde uma história muito dolorosa e ainda terá que superar muitos obstáculos e acontecimentos surpreendentes vivendo na mansão.


Nesse livro Luisa Soresini usa a imaginação usando elementos sobrenaturais como lobos, bruxas e magos, múmias horripilantes, Frankenstein para deixar a história envolvente e sinistra. O toque desses elementos usando a sua escrita foi algo que gostei no livro, apesar de previsível ela consegue nos envolver na história de Michelle.



O passado de Michelle é outro elemento que equilibra a história, sua peregrinação que começa quando ela tinha somente 4 anos de idade faz com que essa personagem cative o leitor, sua personalidade ainda é algo que está em construção, algo que somente nos demais livros será revelado, mas da para ter uma noção do que está por vir. Para quem leu o Mágico de Oz vai perceber uma leve relação com a personagem principal Michelle e os irmão Vergamini, Danton, Ethan, Wolf, Luke, Frank, Carl e Christofer. Esses irmãos também escondem uma história obscura e muito curiosa e bem formulada. Cada um tem seu temperamento explosivo e ameaçador que deixa a história dinâmica, revelando o dia a dia e a convivência e a mudança de cada um, deixando uma mensagem que faz o leitor refletir.


A escrita de Luisa é realmente muito boa, os elementos para criar a história e desenvolver um livro de fantasia foi algo que me surpreendeu, o desenvolvimento de todos os personagens é um ponto favorável no livro, o que vai ganhando a curiosidade do leitor sobre o destino de cada um deles. A única coisa que me deixou frustrada foi a ausência de capítulos e da narrativa em primeira pessoa, como são muitos personagens que tem voz ativa no livro, em algumas partes fiquei na dúvida de qual pessoa se tratava e isso atrapalhava o clímax do livro. Por que muitas das partes onde a história estava no ápice ele era quebrado por essa troca de diálogos.


Com certeza é um ponto que pode ser melhorado para deixar a história ainda mais envolvente, a ideia central é algo que tenho que destacar nesse livro, pois mesmo chegando no final do livro é o tipo de história que fica na mente do leitor. E como um bom livro de fantasia o desfecho é algo que deixa o leitor tenso e carente do próximo livro, a capa é linda e demonstra o que vamos esperar, pois a escrita de Luisa nos surpreende com sua simplicidade e a capacidade de reinventar.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥