Resenha "A Coroa"



Classificação



Informações do livro
Título: A Coroa
Autor/a: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Gênero: Romance

 Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava. America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

“A Coroa” é o quinto e último volume da série “A Seleção”, e parte de onde parou no último livro, “A Herdeira”, que tem como protagonista a filha de América Singer e do Príncipe Maxon, Eadlyn.
Em “A Herdeira”, Edalyn se mostrou uma garota mimada, fria e exigente, que repudiava a Seleção com todas as suas forças. Mas a insistência dos pais para que ela sele a paz com seu reino e encontre um pretendente se torna maior do que suas próprias vontades. Nesse último volume, a protagonista se mostra mais madura e menos detestável, e confesso que até gostei dela em algumas partes.
O livro continua parte após o momento em que Ahren fugiu para a França para se casar, e America se recupera de um infarto. Eadlyn se prepara para escolher encerrar a Seleção e finalmente escolher seu futuro marido. Entretanto, além dos problemas óbvios que sua família enfrenta, e o momento difícil que Illéa se encontra, mais obstáculos surgem no seu caminho, dificultando ainda mais suas escolhas.


Um ponto positivo do livro é o amadurecimento da protagonista. Isso contribuiu muito, já no primeiro livro foi bem difícil de lidar com ela. Outra coisa que me agradou foi poder conhecer um pouco mais os garotos que restaram na reta final da Seleção. Kiera Cass soube construir a personalidade deles muito bem, como sempre, apesar de que ela poderia ter dado mais espaço para o desenvolvimento da relação de Eadlyn com eles.


Mas os pontos positivos param por aí. O quinto volume encerrou a série muito rápido, e não gostei do jeito como tudo se resolveu nas últimas páginas, deixando muitas pontas soltas. Senti falta de uma participação maior de America e Maxon, e até de Aspen. Eles mereciam uma parte bem maior na história. Outra coisa que me incomodou bastante foi a escolha de Eadlyn. Não necessariamente o garoto que ela escolheu, mas a forma como o fez. Foi muito rápido, precipitado e artificial. Os acontecimentos não se mostraram consistentes, na minha opinião. Foi muito frustrante descobrir que o final não faz jus à série, principalmente pela história emocionante que America e Maxon viveram.


Kiera Cass escreve muito bem, mas acho que ela prolongou demais a história e quis encerrar muito rápido. Na minha opinião, ela poderia ter escrito mais um livro para finalizar a história de Eadlyn, ou ter encerrado tudo com “A Escolha”, o terceiro volume da série.
Enfim, não consigo deixar de ler a continuação de uma série sabendo que ela está disponível, mas não recomendo a leitura dos dois últimos volumes. A história de America e Maxon é suficiente e tem um final mais do que satisfatório.

xoxo

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥