Resenha "A outra chance"




Classificação

Informações do livro
Título: A outra chance
Autor/a: Afonso Brandão de Sá
Editora: Chiado
Gênero: Nacional - Romance - Drama
Livro enviado para resenha em parceria autor Afonso Brandão.


Nem sempre o homem é o senhor de suas decisões. Há certas circunstâncias em que o sentimento supera a razão e para todo o sempre há uma voz superior. O homem é o senhor do seu destino, mas ele deve responsabilidades a um ser superior.
Um vírus mortal ataca a humanidade e coloca-a em risco de extinção. Um homem, designado por uma força superior para salvá-la descobre, afinal, a razão da existência dessa ameaça e porque fora escolhido para tal missão. No entanto, um preço muito alto terá que ser pago para conseguir esse objetivo. Mesmo sem querer, ele tem uma missão que terá que cumprir a qualquer custo, independentemente de sua vontade. Descubra os desígnios da humanidade, por estamos aqui e se merecemos estar aqui.



Em parceria com autor Afonso Celso Brandão de Sá, recebi o exemplar do livro A outra chance, que tem uma capa singela para a intensidade da narrativa que o leitor se depara. Um livro de poucas páginas que tem muito a dizer, que deixa o leitor estarrecido com os acontecimentos que são narrados por Gabriel para seus dois amigos Cesar e Paulo, com foco em um personagem chamado Luís Radiani que inicia em 1985.

Luiz Rodrigues Radiani é um homem muito determinado, que após conseguir com louvor uma carreira como promotor, ele se casa com Sonia uma médica renomada, e assim constituem uma linda família com seus filhos Pablo e Elisa. Mas ao mesmo tempo que a família evolui feliz, financeiramente e com suas carreiras promissoras, uma doença misteriosa começava a preocupar a população, pois quem aparecia com os sintomas não tinham a mínima chance de sobreviver.


O mundo todo luta para combater um vírus mortal que a cada dia fazia mais vítimas fatais, a cura estava longe de conseguir êxito, e o que era uma vida feliz se torna um caos diante de vários acontecimentos catastróficos que a família de Luiz Radiani irá passar.


Luiz Brandão nos transportar para uma história aterrorizante, com um vírus mortal a solta, assolando a todos no mundo, criando conflitos, o caos, a falta de humanidade nas pessoas, e a falta de esperança em um futuro melhor. A narrativa é direta, e descreve os acontecimentos sem rodeios, e a medida que os anos se passam, concluímos que a não há qualquer esperança da história mudar, se eu estava torcendo por um final feliz, me surpreendi com a forma que o autor conduz os fatos com Luís Radiani como personagem central, é triste e surpreendente.

No decorrer da leitura desse livro, lembrei de vários filmes que tem como tema um cenário apocalíptico onde uma doença devastadora varre a humanidade. 
A leitura desse livro não foi fácil, em poucas páginas somos transportados para um cenário de perdas e caos sem qualquer chance de esperança, e ao mesmo tempo nos faz refletir nos próprios atos. Pois nesse livro ele chama atenção para o fato de como tratamos o nosso planeta, e de como essas consequências pode acarretar na própria destruição por nossa ignorância e ganancia.


O título do livro nos faz refletir, e é impossível não comparar com fatos que acontecem no nosso dia a dia, e concluímos o quanto estamos desunidos e desacreditados, violência, catástrofes, epidemia de dengue, aquecimento global, intolerância entre as pessoas e falta de humanidade. O livro é emblemático e reflexivo, e de forma direta mostra ao leitor como nossas atitudes pode refletir no nosso futuro. Recomendo!!!!





Nascido numa tarde de outubro em Morros, Maranhão, Brasil, Afonso Celso Brandão de Sá formou-se em Engenharia Mecânica em Belém do Pará tendo exercido essa profissão durante vinte e dois anos. É compositor e dedica-se também à literatura tendo, atualmente, três romances publicados: “KANSHIR – O Duelo dos Guerreiros Dourados, “A Outra Chance” e “O Limpador de Quintais”.
Ainda em 2016 lançará o volume II da trilogia KANSHIR, intitulado “Os doze destinos”, seu primeiro livro de contos da coleção “Eu conto um conto” e os dois primeiros livros infantis cujos títulos são “Amelinha e a bruxa malvada” e “As cores do arco-íris”, todos já concluídos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥