Top 10 livros "Diga não ao Bullying"



Olá migos, tudo bem!!!

O top 10 de hoje é sobre livros que falam sobre Bullying, indicações de amigos que leram e gostaram muito do livro, e também indicação minha a respeito. Li recentemente um livro que se tratava de uma menina que sofria bullying, e infelizmente não gostei do conteúdo do livro, pois ele não foi tratado da forma correta e simplesmente foi mais uma história que nada acrescenta. Para entender melhor a definição dessa palavra, leia abaixo.


Bullying (IPA: [ˈbʊljɪŋ]) é um anglicismo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos, causando dor e angústia e sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder. Bullying é um problema mundial, sendo que a agressão física ou moral repetitiva deixa sequelas psicológicas na pessoa atingida.
O termo com esta definição foi proposto após o Massacre de Columbine, ocorrido nos Estados Unidos no ano de 1999, pelo pesquisador sueco Dan Olweus, a partir do gerúndio do verbo inglês to bully (que tem acepção de "tiranizar, oprimir, ameaçar ou amedrontar") para definir os valentões que, nas escolas, procuram intimidar os colegas que trata como inferiores.
Embora o termo tenha seu uso bastante recente, o fenômeno é bastante antigo e encontra relatos na literatura que datam de mais de cem anos; a prática tem um grande poder de destruir a auto-estima da vítima, pois esta precisa permanecer no ambiente escolar e enfrentar todos os dias as humilhações diante de todos os colegas.
Em 20 por cento dos casos, o praticante de bullying também é vítima. Nas escolas, a maioria dos atos de bullying ocorre fora da visão dos adultos e grande parte das vítimas não reage ou fala sobre a agressão sofrida.





Top 10 "Livros sobre Bullying"

1- Extraordinário de R. J. Palacio Ed. Intrínseca - Skoob

O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Raquel Araujo do blog Por uma boa leitura: "Marcante, um dos melhores livros que eu li"






2- Lua de larvas de Sally Gardner Ed.WMF Martins Fontes - Skoob



Standish Treadwell é um jovem disléxico que vê o mundo de maneira diferente da maioria. Graças a essa visão, ele percebe que o mundo lá de fora não tem que ser necessariamente cinzento e opressor. Quando seu melhor amigo, Hector, é de repente levado embora, Standish percebe que cabe a ele, a seu avô e a um pequeno grupo de rebeldes enfrentar e derrotar a opressão permanente das forças da Terra Mãe.
Com o pano de fundo de um regime implacável, disposto a tudo para vencer seus rivais na corrida para chegar à Lua. Este impressionante Lua de larvas é o novo livro da premiada autora Sally Gardner.







3- A playlist de Hayden de Michelle Falkoff Ed. Novo Conceito - Skoob



Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.
Thaisa Lima do Blog Minha contra capa: "A playlist de Hayden é um leitura intensa, inquietante e ao mesmo tempo muito bonita. Voce não vai conseguir parar de ler até chegar ao final. Assim como eu, voce vai querer descobrir se Sam está louco ou se tudo aquilo pelo qual ele está passando é real."



4- Três coisas sobre você de Julie Buxbaum  Ed.Arqueiro - Skoob



Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante. 



5- A lista negra de Jennifer Brown Ed. Gutemberg - Skoob



E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.
Flavia Gonçalves colunista do LJI: "Eu acho que a leitura desse livro deveria ser estimulada nas escolas, pois mostra de forma realista as consequências dessas brincadeiras nada engraçadas, e nos fazem refletir sobre os limites que os adolescentes e jovens costumas não respeitar, e que a diferença não é um ponto negativo, e sim natural da nossa mera existência..."
Andressa Menezes do Blog Livros e chocolate quente: Achei A Lista Negra um livro bem forte , e mostra o outro lado que o bullying tem que é onde pode despertar a raiva,o rancor e isso que leva alguns estudantes a fazer um massacre e acabar matando pessoas inocentes junto. Esse livro deveria ser lido em todas as escolas.



6- Os treze porquês de Carolyn Mackler Ed. Ática - Skoob



Hannah Baker cometeu suicídio. Um dia ela esta na escola e no outro não estava mais. Nunca mais. E não é como se todo mundo sentisse falta dela. Clay Jensen sente. E ele não consegue entender o que aconteceu, o que pode ter levado Hannah a acabar com a própria vida. Mas isso não vai durar muito tempo, porque a garota armou uma forma de fazê-lo entender o que houve. Ele e todos os outros envolvidos. Quando Clay volta da escola, em um dia aparentemente comum, encontra à sua espera um misterioso pacote com sete fitas cassetes com cada lado numerado de 1 a 13. Ao apertar play na número 1 se dá conta que quem está falando é Hannah, e que ela quer compartilhar os motivos que a levaram à morte.
Lili Dantas do blog Leitura e Fofuras: Você não precisa ser vítima de bullying ou sofrer de depressão, para ter empatia por  Hannah Baker, e como está no livro, "Acho que essa é a questão central, ninguém sabe ao certo o impacto que tem na vida dos outros. Muitas vezes não tem noção. Mas forçamos a barra do mesmo jeito."


7- A Extradordinaria garota chamada estrela de Jerry Spinelli Ed. Gutemberg - Skoob


A garota chamada Estrela. Ela é tão mágica quanto o céu do deserto. É tão estranha quanto seu rato de estimação. É tão misteriosa quanto seu próprio nome. Com um simples sorriso, ela captura totalmente o coração de Leo Borlock. Com sua alegria, ela incendeia uma revolução de liberdade e autenticidade no espírito de sua escola. No começo, os colegas encantam-se com ela por tudo o que a faz ser diferente. Mas isso começa a mudar, e Leo, apaixonado e apreensivo, percebe que a única coisa que pode salvá-la das críticas é a mesma que pode destruí-la: ser alguém comum. Nesta celebração do inconformismo, o premiado Jerry Spinelli tece um conto tenso e emocional sobre os percalços de precisar ser popular e da emoção e inspiração do primeiro amor. Patty Santos do blog Coração de Tinta: Quantas vezes nós já julgamos uma pessoa pela roupa? Não serei hipócrita a ponto de dizer que nunca fiz isso.
Quantas vezes não desejamos que as pessoas mudem, para se adaptar aos nossos padrões?
É difícil nos despirmos do "pré-conceito" e enxergarmos a essência de uma pessoa.





8- Minha Metade Silenciosa de Andrew Smith Ed.Gutemberg - Skoob



Stark McClellan tem 14 anos. Por ser muito alto e magro, tem o apelido de Palito, mas sofre bullying mesmo porque é “deformado”, já que nasceu apenas com uma orelha. Seu irmão mais velho, Bosten, o defende em qualquer situação, porém ambos não conseguem se proteger de seus pais abusivos, que os castigam violentamente quase todos os dias. Ao enfrentar as dificuldades da adolescência estando em um lar hostil e sem afeto – com o agravante de se achar uma aberração –, o garoto tem na amizade e no apoio do irmão sua referência de amor, e é com ela que ambos sobrevivem. Um dia, porém, um episódio faz azedar terrivelmente a relação entre Bosten e o pai. Para fugir de sua ira, o rapaz se vê obrigado a ir embora de casa, e desaparece no mundo. Palito precisa encontrá-lo, ou nunca se sentirá completo novamente. A busca se transforma em um ritual de passagem rumo ao amadurecimento, no qual ele conhece gente má, mas também pessoas boas. Com um texto emocionante, personagens tocantes e situações realistas, não há como não se identificar e se envolver com este poético livro.



9- Antes Que Eu Vá de Lauren Oliver Ed. Intrínseca - Skoob


Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente.
O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.





10- Valentões, fofoqueiros e falsos amigos Torne-se à prova de bullying  de J. Alexander Ed.Rocco - Skoob


Quem nunca sofreu uma agressão na escola ou passou ao menos por uma situação constrangedora causada por aquele colega metido a valentão? Ou sofreu as consequências de um fofoqueiro pronto para espalhar para toda a escola um segredo seu? Ou ainda quem nunca se decepcionou com aquele (falso) amigo que, quando está perto de outro grupo, vira as costas e finge que nem conhece o colega? Esses e outros problemas recorrentes no dia a dia de crianças e jovens, especialmente no ambiente escolar, são abordados com clareza e objetividade no livro Valentões, Fofoqueiros e Falsos Amigos: Torne-se à Prova de Bullying, da inglesa Jenny Alexander, que chega ao Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores.
Escrito em linguagem acessível e direta, Valentões, Fofoqueiros e Falsos Amigos é um guia prático que apresenta dicas para a garotada aprender a enfrentar o bullying de forma efetiva e saudável. O livro traz casos tirados do cotidiano para exemplificar os vários tipos de agressão praticadas por crianças e jovens na escola, nos clubes e outros locais de convívio social, além de testes e ilustrações divertidas que ajudam o leitor a reconhecer o bullying e reagir a ele de forma correta, mostrando a importância de falar sobre o assunto, por mais que isso seja difícil para muitos meninos e meninas.
Com dicas que levantam a autoestima, estimulam os jovens a reconhecer os próprios sentimentos - como, por exemplo, a diferença entre estar zangado e magoado - e os incentivam a assumir a responsabilidade por esses sentimentos, ajudando-os a se valorizar e enxergar o outro de forma realista, a autora mostra que toda vítima de bullying pode reagir às agressões, reconhecer o ponto fraco de cada valentão e dar a volta por cima sem se tornar, ela própria, um agressor. 




Chega de Bullying!!!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥