Resenha "A caminho do altar"



Classificação

Informações do livro
Titulo: A caminho do altar
Autor/a: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/Romances de época
Livro enviado para resenha em parceria Ed.Arqueiro.


Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

Resenha A caminho do altar

Não creio que esse é o último livro dos Bridgerton, eu sei que ainda teremos um chorinho em Felizes para sempre onde teremos em destaque a matriarca Violet, e os epílogos de cada um dos 7 irmãos. Pretendo reler essa série em breve, é notável a evolução dos personagens, com o passar dos anos, os costumes, porém nunca deixaram de ser uma família unida. Nesse livro vamos ter o prazer de ler a história de Gregory, desde o último livro Um beijo inesquecível onde Hyacinth se casa com Gareth já se passaram 4 anos e Gregory ainda está solteiro.


Gregory é o mais novo dos irmãos que aos 26 anos ainda não tinha se casado, sua característica mais forte era que ele acreditava no amor verdadeiro, o maior exemplo que ele tinha em sua vida era seus irmãos que já estavam casados e com filhos, e todos eles muito felizes e amavam seus cônjuges incondicionalmente, portanto ele almejava que seu primeiro amor seria aquele com quem casaria e teria uma vida feliz.

Em uma recepção organizada por Kate esposa de Antony, Gregory está presente, e ao percorrer a festa ele se depara com Hermione Watson, mas a princípio a única coisa que ele vê é seu pescoço, o que ele sentiu ao vê-la foi o suficiente para crer que ela era a pessoa que faria seu coração apaixonar, e depois de contemplar a real beleza de Hermione ele teve a certeza que ela seria a pessoa certa.
Lucinda Abernathy era a melhor amiga de Hermione, e estava acostumada com a reação que ela causava em seus pretendentes, ela tinha uma beleza notável, porém era completamente apaixonado por outro homem que seus pais jamais permitiriam que ela se casasse, mas sua fixação era tão forte que as investidas dos homens eram em vão, até mesmo para Gregory.

 Gregory ao conhecê-las começa a demonstrar  interesse em cortejá-la, o que seria uma tarefa difícil, Lucinda conta a ele o segredo de Hermione, de um modo inesperado ela dá conselhos de como conquistar Hermione, por que para ela, Gregory era o pretende perfeito para Herminone se casar.

O que ambos não contavam é que essa aproximação, e toda convivência nos dias que se passaram na casa de Antony, é que Lucinda iria se apaixonar por Gregory, mesmo sabendo que seu casamento já estava arranjado a muito tempo, com uma pessoa que ela nunca tinha tido contato.


Nesse livro podemos contar com muita confusão e reviravolta entre os personagens, além de uma trama recheada de mentiras e manipulação que deixaram os personagens Lucinda e Gregory cada vez mais próximos. Gregory é um personagem muito cômico, leve e despretensioso, e conta muito com o carinho da sua irmã Hyacinth e sua mãe Violet. E Lucinda é uma pessoa inteligente e em certos pontos ingênua, sua relação de amizade com Hermione é sincera e forte. O que acontece com esses três personagens no decorrer do livro é algo inesperado, mas inevitável, e gostei muito da forma que o rumo da história conduziu os personagens, eu realmente esperava por esse desfecho.


A trama é bem envolvente, mas demorei um pouco para me apegar ao Gregory, mas depois no decorrer da leitura, foi um personagem que me cativou muito, até por que ele é o mais apaixonado de todos na minha opinião.


Julia Quinn foi muito maravilhosa nessa série, sou suspeita para elogiar de outra forma, amei cada livro, cada personagem e cada história, que ao seu modo se encaixaram de forma harmoniosa, o romance presente é sucinto e deixa o leitor ansioso em casa acontecimento.

 Nesse livro além de dar boas risadas, ela mesclou momentos de tensão no final do livro e um desfecho engraçado e diferente.

Nos romances de Julia ela destaca o poder do amor entre famílias, a superação de pessoas de outras classes sociais, e até mesmo a dificuldade das damas da época com sua personalidade forte e a imposição da sociedade em ser submissa com seus maridos, mas é claro que a família Bridgerton foi criada com muito amor e carinho, e fica impossível não se apaixonar por cada um deles.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥