Resenha "Ligeiramente pecaminosos"




Classificação

Informações do livro
Titulo: Ligeiramente pecaminosos
Autor/a: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/Romance de época
Livro enviado para resenha em parceria Ed.Arqueiro.


Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia.
Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos.
Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão.
Neste quinto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh apresenta um romance repleto de humor, com personagens carismáticos que o leitor não conseguirá abandonar ao fim da história.


 Recapitulando... essa série conta a histórias dos Bedwyn, irmãos conhecidos pela característica austera e sisuda, mas que ao conhecer durante a história percebemos personalidades distintas e cativantes de cada um deles, eles são O Duque Wulfric, Aidan, Rannulf, Lady Freyja, Alleyne e Morgan.

Na resenha anterior tentei ao máximo focar na personagem Lady Morgan a caçula da família Bedwyn e não detalhar tanto os acontecimentos com irmão Alleyne que estava em missão na batalha de Waterloo e que de repente desaparece sem deixar vestígios, esse acontecimento causa comoção familiar. Fiquei muito satisfeita com o livro Ligeiramente seduzidos e agora com Ligeiramente pecaminosos, vamos conhecer um rumo totalmente diferente para o personagem Alleyne.

Com a batalha em Waterloo ficamos sem notícias do personagem Alleyne para o desespero dos Bedwyn, percebemos que algo fica suspenso no ar, e nesse livro ele foca totalmente na razão do seu desaparecimento.


Como ele foi dado como morto, a família Bedwyn desconhece totalmente o apuro que ele está passando, em meio a batalha ele é encontrado ferido gravemente e sem memória pela Rachel York, uma dama que está passando por um momento de muita dificuldade, mas que teve amparo pela sua antiga ama Bridget que agora vive em um bordel, elas são Bridget Clover, Flossie Streat, Geraldine Ness e Phyllis Leavey.

Essas mulheres infelizmente estavam passando por dificuldades por conta de um golpe, todas suas economias são roubadas quando Nigel Crawley se passa por um reverendo, e com sua lábia convence a dar suas economias para depositar em uma conta em Londres, e ajudar nas obras da caridade. Rachel se sente culpada por que foi através dela que Nigel se infiltra entre elas, e quando percebe o golpe fica extremamente transtornada.


Para poder se arranjar elas elaboram um plano um tanto sórdido, claro que algumas não concordam, mas a missão era ir ao campo de batalha e subtrair os pertences dos mortos em combate, e foi assim que Rachel localiza Alleyne, leva para o bordel correndo todos os riscos, e aos poucos enquanto ele vai se recuperando, ele acorda com a memória em branco, não sabe seu nome, quem é sua família ou onde mora.


Mas as mulheres do bordel tinham uma certeza absoluta. Ele era um nobre, e assim que ele começa a recuperar o suficiente para conversar fica mais nítido em seu comportamento. Rachel logo percebe uma atração irresistível entre eles, e mesmo tentando mantê-lo afastado essa atração é crescente e bilateral. No entanto seu foco no momento é recuperar o que perdeu com Nigel, e recuperar o que suas amigas perderam também, localizar o paradeiro dele era questão de honra.


Rachel depois da morte de seu pai, está entregue a própria sorte, seu tio irmã de sua mãe parece manter distância, ela tentou recuperar sua herança deixada por sua mãe, mas ele se recusa a dar. Então esses anos de afastamento, essa relação de ódio com o tio, faz crescer nela um sentimento de mágoa, e ela aceita um plano mirabolante para reaver as joias de sua mãe, com o objetivo de pagar as amigas e poder viver com dignidade.


Nesse livro o que mais achei interessante foi o foco total em Rachel e um foco em Allyene que perde a memória e passa a usar um nome diferente, e se vê em débito com Rachel por ter salvo sua vida. Juntos eles partem para a missão de resgate a herança, com um plano um tanto previsível, mas engraçado.


Adorei a encrenca que eles se metem, todos juntos, inclusive as faladeiras donas do bordel, e aos poucos o romance se desenvolve, a história fica cada vez mais enrolada e divertida. Os demais personagens do Bedwyns só irão dar o ar da graça no final, e eu adorei esse fato, portanto teremos uma história completamente diferente, um Alleyne repaginado e uma Rachel que é uma personagem cativante.

O final não deixa a desejar, gostei muito do desfecho e de como as coisas evoluem de forma sutil, gradativa e apaixonante, Allyene com certeza rouba a cena com seu jeito acolhedor e galante.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥