Resenha "Escândalo de cetim"




Classificação

Informações do livro
Titulo: Escandalo de cetim livro 2
Autor/a: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/Romance época
Livro enviado para resenha em parceria Ed.Arqueiro.

Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação.
Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro.
Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.



Vou começar a resenha recapitulando a história das irmãs Noirot proprietárias da Maison Noirot na rua Fleet. A única coisa que ameaçava as três irmãs era a inveja de Hortence Downes (a horrorosa) proprietária da Loja Downes que ainda detinha o comércio de moda de Londres. Cada uma com físico e personalidade diferente, mas um mesmo ideal, serem as melhores costureiras do mundo.

Elas eram filhas dos falecidos Catharine e Edward Noirot, que se casaram por interesse em suas respectivas heranças, mas após essa união descobriram que não havia absolutamente nada, fazendo que suas três filhas viveram como nômades, sem um lar fixo e sempre fugindo, e aprendendo as maiores falcatruas para viver.

No primeiro livro uma reviravolta transforma a vida de Marceline e o Duque de Clevedon, e entra em cena nesse livro Lady Clara Fairfax, uma cliente de extrema importância para Maison Noirot, e claro seu irmão o conde de Longmore. Lady Clara se mete em uma enrascada quando é seduzida pelo Lord Adderley, um homem totalmente falido e mal-intencionado que coloca a reputação de Clara em jogo, e infelizmente ela se vê obrigada a aceitar o noivado.


No meio dessa confusão surge uma pessoa capaz de resolver essa situação, Sophie Noirot uma das irmãs, linda e inteligente ela era capaz de vender o que fosse para alta sociedade londrina, sua sagacidade para conseguir se infiltrar nos mais importantes eventos de Londres se dava pela sua brilhante atuação e disfarces convincentes. Ela não passa despercebido pelo irmão de Clara o conde Longmore que se junta com ela e seu plano brilhante para salvar a melhor cliente de Maison, sendo assim a aproximação desses dois personagens acaba surgindo uma atração inevitável, como diz na sinopse...

“Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las”



O título faz jus a essa história cheia de disfarces, trapaças e aventuras, Sophie e Longmore são personagens cativantes e convincentes, um casal que foram feitos um para o outro, em meio a diálogos engraçados e sarcásticos entre os dois, vamos conhecendo a personalidade de cada um deles e a evolução do romance, onde a narrativa de Loretta continua bem sensual, mas sem exageros.


Dessa vez conseguir torcer para que esse casal ficasse juntos, em Sedução da seda não foi assim, demorei para me conectar com o casal Marceline e Clevedon que nesse segundo livro mesmo aparecendo esporadicamente, foram feitos um para o outro também. É uma divertida história de época, bem detalhada e com uma narrativa persuasiva.

O livro é bem rápido de ler, deixei o melhor para leitura e claro para não soltar spoiler, coisa que eu abomino, mas para quem gosta de romances de época, vai amar a escrita de Loretta, as mocinhas são fortes e objetivas, a frente de uma época tão repressora, ela usa o humor nos diálogos o que deixa a história dinâmica, muitas conspirações para deixar o vilão da história de cabelos em pé.

 Aguardando ansiosamente a continuação dessa quadrilogia, o terceiro livro Volúpia de veludo que tem lançamento previsto para junho de 2017.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥