Resenha "Wayne de Gotham"




Classificação

Informações do livro
Titulo: Wayne de Gotham
Autor/a: Tracy Hickman
Editora: Leya
Gênero: Literatura Internacional/Suspense/Policial


Por trás de toda máscara existe um homem de verdade. Ainda criança, Bruce Wayne testemunha o assassinato dos pais – e o mistério sobre o motivo o impulsiona a fazer uma busca pelo seu passado. É quando descobre um diário secreto de seu pai Thomas, um médico rebelde que parece finalmente revelar o seu lado obscuro. Sua identidade é seriamente abalada quando um convidado levanta, inesperadamente, questões sobre o evento que acabou com a vida de sua amada mãe e seu admirável pai – caso que provocou para sempre sua vontade insaciável de proteção e vingança. Para descobrir a história real da família, Batman precisa confrontar o antigo inimigo, como o perverso Coringa, seu próprio mordomo Alfred, além do passado que assombra o Asilo Arkham, para assumir o novo fardo de um legado sombrio. 


Wayne de Gotham foi lançado em 2013 pela editora Leya, e estava na minha lista já há algum tempo. No começo da leitura, já notei que seria uma narrativa densa e que precisava de toda a atenção possível, por isso deixei para ler com calma nas férias.

O enredo traz Bruce Wayne mais velho e experiente, e os capítulos se cruzam entre histórias do passado e do presente para contar a verdadeira história de sua família. Ao contrário do que Bruce pensava, seu pai, Thomas Wayne, escondia um passado obscuro que envolvia a empresa da família e um projeto científico com fundamentação duvidosa. À medida que os acontecimentos se desenrolam e Batman descobre cada vez mais sobre a verdade, a história vai ficando mais intrigante e tomando rumos surpreendentes.

O personagem é muito bem construído, e semelhante ao das HQ's. Existem muitas referências durante o livro, e o que mais me agradou foi o fato de que o autor não fugiu da história do Batman, apenas acrescentou um lado mais obscuro e que poderia muito bem fazer parte do passado dessa família.

O autor descreve minuciosamente cada cenário, cada cena de ação e tudo o que o personagem vê, como se fosse um roteiro. Algumas vezes isso se torna cansativo, mas acredito que a narrativa dessa forma combinou com o enredo e fez com que se tornasse mais "real". A única coisa que senti falta foi um pouco mais de presença da personalidade de Bruce. Muitas vezes o autor ficou preso ao detalhes físicos, mas acredito que faltou um pouco de drama psicológico. Entretanto, o final é surpreendente e perfeito para a história. A leitura vale muito a pena até para quem não conhece muito a história de Batman, já que o livro é completo.







Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥