Resenha "O perfume da folha de chá"




Classificação



Informações do livro
Titulo: O Perfume da folha de chá
Autor/a: Dinah Jefferies
Editora: Companhia das letras
Gênero: Literatura Internacional/ Romance histórico
Skoob
Livro enviado para resenha em parceria Editora Companhia das letras.

Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurencek no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império. Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos. Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita.


Quando vi a capa desse livro e a sinopse, logo fiquei interessada na leitura, e adianto, foi além das minhas expectativas.

A jovem Gwendolyn Hooper é a protagonista dessa linda história, após se casar com Laurence Hooper, ela parte para seu novo lar no Ceilão que fica localizado na Ásia, um país exótico e bem diferente da Inglaterra onde nasceu e foi criada. Ela estava completamente apaixonada e esperançosa com a sua nova vida. Laurence seu marido, um grande produtor de chá se mostrava muito amoroso e ela tinha a certeza que seria feliz. A caminho do Ceilão ela conhece Savi um cingalês simpático e muito atraente, ele a ajuda assim que eles desembarcam enquanto esperava por Laurence, porém ele não era uma pessoa bem vista por seu marido.

Ao chegar na sua nova casa logo percebe as dificuldades que iria enfrentar. Os empregados parecem alheios a sua presença, a língua é uma outra barreira que ela teria que ultrapassar, metade eram Tâmis e outros Cingaleses. Impor a sua presença seria um trabalho árduo, e colocar em ordem as atividades corriqueiras da propriedade também. Mas uma presença seria ainda mais penosa, Verity a irmã mais nova de Laurence, uma pessoa que mostrava sua simpatia forçada e que a todo o momento monopolizava a presença do irmão, seria uma pedra no sapato ao longo da sua convivência.

Gwen passou os dias se adaptando aos novos costumes, encontrando na aia chamada Naveena um certo apego maternal, ela parecia a única empregada da casa que sentia alguma simpatia por ela. Laurence, era um marido apaixonado e presente, no entanto ela sentia que ele escondia algo do seu passado, principalmente quando ela descobre algo sobre primeira mulher Caroline que morreu em circunstâncias misteriosas.


Seu consolo era sua prima e melhor amiga Fran, sua presença a deixava mais confiante, mas Fran com sua personalidade marcante e independente destoava da passiva e calma Gwen. Ela começa a frequentar o círculo social dos amigos de Laurence, e dá de cara com Cristina, uma americana viúva dona de um banco e que era apaixonada por Laurence, ela se insinuava descaradamente sempre que tinha oportunidade, deixando Gwen morrendo de ciúmes, ela não queria demonstrar isso para seu marido, mas ela sabia que mais cedo ou mais tarde algo viria à tona.


Tempos depois ela descobre que estava grávida, e a nova rotina muda na casa, a arrumação para a chegada do novo membro da família, deixaram todos agitados. Até descobrir o quarto do bebê de Caroline e coisas escondidas no depósito, despertaram em seu marido memórias tristes e perturbadoras. Tudo corria bem com a gravidez, mesmo enfrentando a acidez de sua cunhada e problemas com os empregados da casa, tudo indicava uma gravidez de gêmeos, então a alegria era notável.



Chegando a data do parto, algo inesperado ocorre, Laurence e Verity estavam fora, então somente Gwen e Naveena presenciaram algo que mudaria o rumo de todos na casa, um segredo que faria tudo que ela construiu se desfazer. Ela teria que enfrentar um turbilhão de sentimentos aliados a desconfiança da fidelidade do marido, a implicância implacável de Verity, a dúvida sobre Savi e a mudança repentina de comportamento de sua prima Fran.


Toda história é contata em quatro partes, e ao longo dos anos Gwen enfrentara diversos obstáculos na vida, a narrativa é detalhada de forma primorosa criando uma atmosfera real entre os personagens, dando um ar pitoresco ao Ceilão e a produção de chá. Cada personagem tem um papel importante na vida de Gwen, onde ela desvendará segredos mais profundos e dolorosos.


A leitura desse livro despertou totalmente a minha curiosidade, o sofrimento da Gwen é palpável, e o que ela passa e ainda ter que manter sua sanidade é algo quase impossível diante da situação que se encontra, logo de cara criei empatia por essa personagem que sempre se mostrou amorosa, forte, esperançosa. O mesmo cabe para os demais que tiveram presença marcante cada qual com sua personalidade, dando ao livro um clima misterioso e interessante.

A época em que se passa é outro fator que deixou esse romance histórico ainda mais crível, com fatos descritos sobre a colheita do chá, as diferenças raciais, e a grande ascensão de estrangeiros em terras distantes, cercados de crenças e costumes diferentes. O final é arrebatador, fiquei emocionada com os fatos que a autora desenvolveu no decorrer do livro, finalizando de forma emocionante e singela.
Se você é uma pessoa que gosta de romances, esse livro eu garanto que irá marcar a sua leitura, é o tipo de história que envolve, emociona e arrebata seu coração com a sinceridade do amor, livro muito recomendado.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥