Resenha "Princesa de Papel"


Classificação

Informações do livro
Titulo: Princesa de papel
Série The Royals
Autor/a: Erin Watt
Editora: Planeta
Gênero: Literatura Internacional/Young Adult
Livro enviado para resenha em parceria Ed.Planeta.

O primeiro livro da série The Royals, a nova sensação new adult dos EUA. Ella Harper é uma sobrevivente. Nunca conheceu o pai e passou a vida mudando de cidade em cidade com a mãe, uma mulher instável e problemática, acreditando que em algum momento as duas conseguiriam sair do sufoco. Mas agora a mãe morreu, e Ella está sozinha. É quando aparece Callum Royal, amigo do pai, que promete tirá-la da pobreza. A oferta parece tentadora: uma boa mesada, uma promessa de herança, uma nova vida na mansão dos Royal, onde passará a conviver com os cinco filhos de Callum. Ao chegar ao novo lar, Ella descobre que cada garoto Royal é mais atraente que o outro – e que todos a odeiam com todas as forças. Especialmente Reed, o mais sedutor, e também aquele capaz de baixar na escola o “decreto Royal” – basta uma palavra dele e a vida social da garota estará estilhaçada pelos próximos anos. Reed não a quer ali. Ele diz que ela não pertence ao mundo dos Royal. E ele pode estar certo. 





Leitor é movido pela curiosidade, e Princesa de Papel foi uma indicação de uma amiga que sempre acerta nas leituras, temos algo em comum e isso já é um fato. Erin Watt para quem não sabe é pseudônimo usado pelas escritoras Elle Kennedy da trilogia Amores Improváveis (resenha no blog) e Jen Frederick da série Woodlands e Gridiron que ainda não conheço e será minha próxima leitura.

Ella Harper é a personagem principal desse livro, uma garota de dezessete anos com uma vida bem conturbada, sua vida com sua mãe era penosa. Viviam se mudando e passando por situações difíceis e cheio de perigos. Mas sua mãe nunca a deixou desamparada, no entanto quando ela fica doente, ela toma uma decisão complicada para custear a internação da mãe.


Sozinha, agora que a mãe morreu, ela tenta se virar. Sua mãe chegou a falar de seu pai, mas as únicas coisas que ela sabia era seu primeiro nome e um relógio que ele deixou. Sua vida muda drasticamente quando Callum Royal aparece, e revela ser amigo de seu pai e seu tutor. Agora ela sabe que realmente está sozinha, sem a mãe e o pai que nem conheceu e que morreu recentemente. 

Callum aparece para tirá-la da pobreza, prometendo tudo que ela jamais teve na vida. Ela fica desconfiada, mas ela se vê obrigada a aceitar, ela já não tinha nenhuma perspectiva, e essa ajuda veio a calhar.


Chegando no seu destino ela percebe a mudança da realidade que ela estava acostumada, começando pela ostentação do lugar onde irá morar, e os filhos mimados de Callum, cinco filhos lindos, porém arrogantes, Gideon, Reed, Easton e os gêmeos Sebastian e Sawyer. Sua chegada é carregada de hostilidade, e eles farão de tudo para ofendê-la, inclusive contando os seus segredos aos amigos, dificultando muito sua adaptação, além disso ela percebe que os filhos guardam uma grande mágoa do pai.




Pode ser um tanto clichê, porém a narrativa da história é jovem e espontânea. Ella Haper terá que enfrentar muitas dificuldades com seus novos “irmãos”, especialmente Reed que parece dominar o território, além das pessoas esnobe do colégio que insistem em jogar na cara o seu passado, como ela se fosse uma pessoa qualquer.


Ella é uma personagem forte e decidida que não tem nada a perder, no livro ela tenta superar as divergências, mesmo se metendo em confusões. Reed é um personagem forte na trama, que me deixou em conflito muitas vezes, e ainda não consegui criar simpatia. Easton e Callun são personagens participativos ao decorrer da história, tem seus momentos e aos poucos me cativou pela sua vulnerabilidade.


A leitura desse livro partiu de uma curiosidade quase que polêmica sobre algumas passagens desse livro, no entanto não vi nada demais na trama, algo que passou quase que batido, por que não vi nada que pudesse desfavorecer a história. Mas não posso deixar de ressaltar que a capa engana, à primeira vista pensei ser uma história leve e romântica, a narrativa é extremamente sensual, envolvente e provocante e carregada de testosterona.



O final desse livro me deixou chocada, a ponto de mandar mensagem para uma amiga as 1:30 da madrugada e questionar a reviravolta tão repentina. Eu adoro quando o livro me envolve na leitura e me deixa 100% satisfeita. Curei a ressaca do livro Mil beijos de garoto que é um livro maravilhoso, mas que me deixou devastada. Quero urgentemente a continuação dessa trilogia, preciso saber o que vai acontecer na vida de Ella, torcendo para que a publicação saia ainda esse ano. 





Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥