Resenha "Onze leis a cumprir na hora de seduzir"




Classificação

Informações do livro
Titulo: Onze leis a cumprir na hora de seduzir
Autor/a: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Internacional/Romance de época
Livro enviado para resenha em parceria Ed.Arqueiro.


Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.
Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.
O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.
Oi amigos, tudo bem!


Essa trilogia é bem interessante, eu comecei a ler pelo segundo livro (Dez formas de fazer um coração se derreter) e não tive dificuldade em acompanhar a história. Para recapitular no primeiro livro (Nove regras a ignorar antes de se apaixonar) temos a história de Calpúrnia Hartwell com Gabriel St.John o marques de Ralston que é irmão gêmeo do lorde Nicholas St.John e que tem história com Isabel Townsend no segundo livro.


E no terceiro e último o inesperado acontece, sabemos que os irmãos St.John tem um passado relacionado a mãe de muito escândalo na sociedade Londrina, no entanto Juliana Fiori seria o alvo das fofocas e julgamentos da aristocracia, meia irmã dos St.John, ela era a memória que a Marquesa de Ralston deixou ao abandonar a família e ir em busca de aventuras.


E nesse livro Juliana Fiori será uma personagem de personalidade forte, determinada e sem papas na língua com um sotaque Italiano e uma beleza que não passa despercebida aos olhos de cobiça de vários homens, inclusive o arrogante Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.

E assim as histórias se entrelaçam, Simon é amigo de longa data dos irmãos St.John e são eles que compartilham um segredo da família de Simon que irá sacudir a sociedade Londrina caso venha à tona. Juliana Fiori e Simon Person serão dois personagens interessantes, caricatos que fazem parte de uma realidade bem distante. Juliana não está nem aí para sua reputação, já que sendo meia irmã e Italiana é o suficiente para a aristocracia Londrina recriminá-la e o famoso Duque de Leighton a reputação está acima de tudo em sua vida e sua imagem não pode ser atrelada a uma pessoa que foge de todas as regras imposta da época.

Nesse livro percebi uma influência cruel da aristocracia, viver em uma época cercada de preconceitos. Juliana era julgada por ser meia irmã e parte de um escândalo que ela se quer teve culpa e por ser de uma nacionalidade que eles hostilizavam sem piedade. Com certeza eu não viveria bem nessa época, e seria uma dessas mocinhas progressistas e autêntica da época. (risos)


O desfecho dessa trilogia é cercado de diálogos ferinos e sarcásticos e recheado de confusão, unindo duas pessoas completamente diferente, mas predispostas a se meterem em grandes acontecimentos criando momentos engraçados e inusitados. Uma parte que não posso deixar de destacar é que a autora Sarah inclui uma personagem inusitada, Lady Penélope Marbury. A noiva do Duque de Leighton, para quem não leu o livro Entre o amor e a vingança Penélope é a personagem principal, portanto leiam também a série O clube dos canalhas.


A narrativa da autora é fluída, inteligente e sagaz, pois acompanhamos a determinação de Juliana para fugir dos padrões e enquanto isso Simon lutando para deixar a sua reputação intacta, não pude deixar de comparar com o livro que tinha lido recente Ligeiramente Perigosos onde o personagem tinha a mesma postura arrogante e austera que me conquistou, o famoso Wulfric.


Portanto quem curtiu a leitura da série os Bedwyns vão adorar a confusão da trilogia Os números do amor, o desfecho foi satisfatório incluindo todos os personagens, a autora trabalha todos destacando cada um na trama e isso é um ponto importante e necessário para criar uma história convincente e que torcemos para o embate dar certo!



Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥