Resenha "Em Águas Sombrias"




Classificação

Informações do livro
Titulo: Águas Sombrias
Autor/a: Paula Hawkins
Editora: Record
Gênero: Literatura Internacional/Suspense/Mistério
Livro enviado para resenha em parceria Grupo Editorial Record.


Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás.
Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos…
Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Oi amigos, tudo bem?!


 Esse é o meu primeiro contato com autora Paula Hawkins que escreveu o livro Garota no trem que foi adaptado para o cinema, portanto ler Em águas sombrias foi interessante e intenso.

A história gira em torno de duas personagens que aparecem morta no rio chamado Poço dos Afogamentos. Primeiro foi Katie uma adolescente acima de qualquer suspeita, filha exemplar, aluna dedicada e popular no colégio, não havia motivos para ela acabar com a própria vida de forma tão trágica. Sua mãe Louise Whittaker após a sua morte fica transtornada e culpa Danielle Abbott pelo incidente com sua filha.


Danielle Abbott mais conhecida como Nell também teve o mesmo fim trágico no Poço dos afogamentos. O que tem isso em comum? Katie era melhor amiga de Lena Abbott filha de Nell. No entanto algo aconteceu entre as duas adolescentes antes de Katie morrer. Nell Abbott tinha uma fixação sobre as histórias que o poço guardava, muitas mulheres tiveram fim trágicos nesse lugar, e a história desde pequena contada por sua mãe despertava um senso de curiosidade além da conta.


Após a morte de Nell, Jule sua irmã mais nova retorna a pequena cidade onde cresceu, ela ainda não acredita que Nell morreu tão tragicamente, deixando sua filha adolescente sozinha. Voltar para sua cidade lhe trouxa várias lembranças dolorosas e embaraçosas, Nell e Jules nunca foram irmãs unidas. Nell fazia de tudo para diminuir a existência de Jules, elas eram bem diferentes, Nell atraente e muito bonita, enquanto Nell era gordinha e estranha, motivo de sobra para sofre bulliyng entre os adolescentes na escola. Por anos Nell tentou entrar em contato com a irmã, porém ela ignorava solenemente.


Essa rincha entre as duas criou um buraco imenso na relação, a última mensagem que Nell deixa em sua caixa postal demonstra um certo desespero, mas não foi o suficiente para amolecer o sentimento fraternal de irmãos. E ter que voltar para Beckford parece mais uma afronta e um meio da irmã mais velha monopolizar a atenção de todos a sua volta, mesmo depois de morrer, parece uma ironia.


Em meio essa trama cheia de mistérios conhecemos outros personagens importantes na trama, Mark o professor, investigador Sean, Nickie a vidente. Todos eles aparecem de forma direta, lemos pequenos fragmentos de suas histórias que no final se interligam. Não é uma leitura fácil, a autora Paula Hawkins usa de uma linha do tempo entre o passado e presente de cada um dos personagens, descascando lentamente o comportamento misterioso e suspeito de cada um.


O cenário é tenso e sinistro o que dá a história um ar tenso, seus personagens são indecifráveis, parecem sempre esconder algo sinistro e apavorante. Tudo gira em torno de um rio que conta histórias de mulheres que morreram de forma trágica. E isso chamou atenção de Nell, que virou completamente a sua obsessão, tirando fotos, escrevendo artigos, monitorando o local mesmo quando o lugar era açoitado por tempestade e criando a antipatia de vários moradores de Beckford. Portanto era um local que exercia extrema fascinação em seu ser, e saber que ela teve o mesmo fim das outras mulheres é o que torna a história ainda mais interessante.


O livro de certa forma me surpreendeu, apesar de não criar simpatia com nenhum dos personagens, foi um livro que pela primeira vez fiquei totalmente imparcial. Beckford parece ser um refúgio de pessoas intimamente perturbadas e sinistras. Mostra o lado mais obscuro cercado de mentiras e conspirações. Portanto esse livro ganha pontos no gênero mistério e thriller psicológico. Mesmo que a trama demore para se desenvolver é o tipo de leitura que prende e surpreende no final. Recomendo.


Leia também



Nenhum comentário

Postar um comentário

Olá amigos obrigada pela visita!
Livros, a Janela da Imaginação!


Livros, a janela da imaginação - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥